Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12760
Title: Avaliação de inibidores verdes microemulsionados na inibição à corrosão do aço carbono AISI 1020
Authors: Almeida, Cássia Carvalho de
Keywords: Inibidores verdes de corrosão. Microemulsão. Ixora coccinea. Croton cajucara;Green corrosion inhibitors. Microemulsion. Ixora coccinea. Croton cajucara
Issue Date: 25-Oct-2012
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: ALMEIDA, Cássia Carvalho de. Avaliação de inibidores verdes microemulsionados na inibição à corrosão do aço carbono AISI 1020. 2012. 85 f. Dissertação (Mestrado em Processamento de Materiais a partir do Pó; Polímeros e Compósitos; Processamento de Materiais a part) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.
Portuguese Abstract: Em linhas gerais, dentre os inibidores de corrosão mais utilizados se encontram os tensoativos, que são significantemente eficazes por formarem películas protetoras sobre áreas anódicas e catódicas. No presente trabalho, utilizou-se o tensoativo biodegradável óleo de coco saponificado microemulsionado (SME-OCS) para aplicabilidade como inibidor verde de corrosão. Para tanto, o extrato metanólico de Ixora coccinea Linn (IC) e uma fração polar rica em alcaloides (FA) obtida de Croton cajucara Benth, solubilizados no sistema SME-OCS, foram avaliados na presença do aço carbono AISI 1020, em meio salino (NaCl 3,5 %). Desta forma, as eficiências de inibições à corrosão de IC e FA foram avaliadas nas seguintes microemulsões: SME-OCS-IC e SME-OCS-FA. O sistema microemulsionado SME-OCS na presença e na ausência de IC e FA foi avaliado por medidas de perda de massa e pelo método eletroquímico de resistência à polarização, com variação da concentração dos vegetais IC e FA (50 400 ppm), tendo sido obtidos resultados significativos de inibições à corrosão (83,6 % SME-OCS, 92,2 % SME-OCS-FA e 95,3 % SME-OCS-IC)
Abstract: In general, among the corrosion inhibitors surfactants are the most commonly used compounds, because they are significantly effective by forming protective films on anodic and cathodic areas. In this study, microemulsions containing he biodegradable saponified coconut oil as surfactant (SME-OCS) was used as green corrosion inhibitors. With this purpose, methanolic extracts of Ixora coccinea Linn (IC) and a polar fraction rich in alkaloids (FA) obtained from Croton cajucara Benth solubilized in the SME-OCS system were examined in the presence of AISI 1020 carbon steel, in saline solution (NaCl 3,5 %). The efficiency of corrosion inhibition of IC and FA were evaluated in the following microemulsions: SME-OCS-IC and SME-OCS-FA. The microemulsion system SME-OCS in the presence and absence of IC and FA was assessed by measurements of weight loss and the electrochemical method of polarization resistance, with variation in the concentration of IC and FA (50 - 400 ppm), showing significant results of corrosion inhibition (83,6 % SME-OCS; 92,2 % SME-OCS-FA; and 95,3 % SME-OCS-IC)
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12760
Appears in Collections:PPGCEM - Mestrado em Ciência e Engenharia de Materiais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AvaliacaoInibidoresVerdes_Almeida_2012.pdf2,13 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.