Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12942
Título: Avaliação ecológico-econômica do manguezal de Macau/RN e a importância da aplicação de práticas preservacionistas pela indústria petrolífera local
Autor(es): Rocha Junior, Josenberg Martins da
Palavras-chave: Meio Ambiente;Créditos de carbono;Economia ambiental;Ecologia
Data do documento: 25-Jan-2011
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: ROCHA JUNIOR, Josenberg Martins da. Avaliação ecológico-econômica do manguezal de Macau/RN e a importância da aplicação de práticas preservacionistas pela indústria petrolífera local. 2011. 116 f. Dissertação (Mestrado em Pesquisa e Desenvolvimento em Ciência e Engenharia de Petróleo) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2011.
Resumo: This work presents the results of a survey in oil-producing region of the Macau City, northern coast of Rio Grande do Norte. All work was performed under the Project for Monitoring Environmental Change and the Influence of Hydrodynamic forcing on Morphology Beach Grass Fields, Serra Potiguar in Macau, with the support of the Laboratory of Geoprocessing, linked to PRH22 - Training Program in Geology Geophysics and Information Technology Oil and Gas - Department of Geology/CCET/UFRN and the Post-Graduation in Science and Engineering Oil/PPGCEP/UFRN. Within the economic-ecological context, this paper assesses the importance of mangrove ecosystem in the region of Macau and its surroundings as well as in the following investigative exploration of potential areas for projects involving reforestation and / or Environmental Restoration. At first it was confirmed the ecological potential of mangrove forests, with primary functions: (i) protection and stabilization of the shoreline, (ii) nursery of marine life, and (iii) source of organic matter to aquatic ecosystems, (iv) refuge of species, among others. In the second phase, using Landsat imagery and techniques of Digital Image Processing (DIP), I came across about 18,000 acres of land that can be worked on environmental projects, being inserted in the rules signed the Kyoto Protocol to the market carbon. The results also revealed a total area of 14,723.75 hectares of activity of shrimp production and salting that can be harnessed for the social, economic and environmental potential of the region, considering that over 60% of this area, ie, 8,800 acres, may be used in the planting of the genus Avicennia considered by the literature that the species best sequesters atmospheric carbon, reaching a mean value of 59.79 tons / ha of mangrove
metadata.dc.description.resumo: A presente Dissertação de Mestrado apresenta os resultados da pesquisa realizada de março de 2008 a julho de 2009 na região produtora de Petróleo do município de Macau, litoral setentrional do Estado do Rio Grande do Norte. Todo trabalho foi realizado no âmbito do Projeto Cooperativo de Monitoramento das Mudanças Ambientais e da Influência das Forçantes Hidrodinâmicas na Morfologia Praial nos Campos de Serra- Macau na Bacia Potiguar, com apoio do Laboratório de Geoprocessamento, vinculado ao PRH22 Programa de Formação em Geologia, Geofísica e Informática no Setor de Petróleo e Gás Departamento de Geologia/CCET/UFRN e ao Programa de Pós- Graduação em Ciência e Engenharia de Petróleo (PPGCEP) UFRN. Dentro do contexto econômico-ecológico, este trabalho avalia a importância do ecossistema manguezal na região de Macau e adjacências, bem como segue investigativo na prospecção de áreas com potencial para projetos que envolvam Reflorestamento e/ou Restauração Ambiental. No primeiro momento foi confirmado o potencial ecológico das florestas de manguezais, com funções primordiais como: (i) proteção e estabilização da linha de costa; (ii) berçário da vida marinha; (iii) fonte de matéria orgânica para os ecossistemas aquáticos; (iv) refúgio de espécies; entre outras. Na segunda fase, utilizando imagens de satélite LandSAT e técnicas de Processamento Digital de Imagem (PDI), foi possível encontrar aproximadamente 18.000 hectares de terras que podem ser trabalhadas em projetos ambientais, sendo inseridas nas normas firmadas no do Protocolo de Kioto para o mercado de carbono. Os resultados encontrados revelaram ainda uma área total de 14.723,75 hectares de atividade de carcinicultura e produção salineira que podem ser aproveitadas para o desenvolvimento social, econômico e ambiental da região, tendo em vista que mais de 60% dessa área, ou seja, 8.800 hectares, podem ser aproveitados no plantio do gênero Avicennia, considerada pela literatura a espécie que melhor seqüestra carbono atmosférico, atingindo valor médio de 59,79 toneladas/hectare de mangueza
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/12942
Aparece nas coleções:PPGCEP - Mestrado em Ciência e Engenharia do Petróleo

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
JosenbergMRJ_DISSERT.pdf2,23 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.