Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12977
Título: Avaliação térmica dos resíduos da destilação atmosférica das blendas - biodiesel/diesel
Título(s) alternativo(s): Thermal evaluation of atmospheric distillation residues of blends - biodiesel / diesel
Autor(es): Campos, Letícia de Oliveira
Palavras-chave: Biodiesel de girassol. Resíduos. Análise térmica;Sunflower biodiesel. Waste. Thermal analysis
Data do documento: 28-Nov-2012
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: CAMPOS, Letícia de Oliveira. Thermal evaluation of atmospheric distillation residues of blends - biodiesel / diesel. 2012. 236 f. Dissertação (Mestrado em Pesquisa e Desenvolvimento em Ciência e Engenharia de Petróleo) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.
Resumo: The worldwide concern regarding the use of sustainable energy and preserving the environment are determining factors in the search for resources and alternative sources of energy and therefore fuel less aggressive nature. In response to these difficulties Biodiesel has emerged as a good solution because it is produced from renewable sources, produces burns cleaner and is easily reproducible. This work was synthesized with biodiesel oil, sunflower via homogeneous catalysis in the presence of KOH, with and without the use of BHT and subsequently added to the blends BX (a proportion of biodiesel X = 5, 10, 15 and 20 %). Atmospheric distillation of the analysis, performed in blends with and without BHT were collected residue generated by each sample and performed a study heat from the thermogravimetric analysis at a heating rate of 10 °C*min-1, nitrogen atmosphere and heating to 600 °C. According to the specifications of Resolution N 7/2008 for biodiesel, it was found that the synthesized material was in accordance with the specifications. For blends showed that the samples are in accordance with the Resolution of ANP N 42/2009. From the TG / DTG curves of the samples of biodiesel, blends and waste can be seen that these show a single loss of thermal decomposition concerning constituents present in each sample. The blends without BHT with ratios of 5%, 10% and 15% biodiesel showed a lower amount of waste (1,07%; 1,09% e 1,10%) to mineral diesel (1,15%). Therefore, it is concluded that the addition of biodiesel with diesel mineral can improve some physico-chemical parameters, but also, depending on the added amount, decreasing the amount of waste generated. This fact is of great importance because the carbonaceous residue can cause problems in mechanical equipment and parts for vehicles, causing more frequent maintenance, and this is not desirable
metadata.dc.description.resumo: A preocupação mundial com relação ao uso sustentável de energia e a preservação do meio-ambiente são fatores determinantes na busca por meios e fontes alternativas de energia e, consequentemente, de combustíveis menos agressivos à natureza. Em resposta a essas dificuldades o Biodiesel tem se apresentado como uma boa solução, pois é produzido a partir de fontes renováveis, produz queima mais limpa e é de fácil reprodutibilidade. Neste trabalho, foi sintetizado biodiesel com o óleo de girassol, via catálise homogênea na presença de KOH, com e sem o uso de BHT, e posteriormente, adicionado às blendas BX (com proporções de biodiesel de X = 5, 10, 15 e 20%). Da análise de Destilação Atmosférica, realizada nas blendas com e sem BHT, foram coletados o resíduo gerado por cada amostra e efetuado um estudo térmico, a partir da Análise Termogravimétrica, na razão de aquecimento de 10 °C.min-1, atmosfera de nitrogênio e aquecimento até 600 °C. De acordo com as especificações da Resolução Nº 7/2008 para o biodiesel, verifica-se que o material sintetizado encontra-se em conformidade com as especificações. Para as blendas observa-se que as amostras estão de acordo com a Resolução da ANP Nº 42/2009. A partir das curvas TG/ DTG das amostras de biodiesel e resíduos pode-se observar que estas apresentaram uma única perda de decomposição térmica referentes aos constituintes presentes em cada amostra. Já para as blendas, observam-se duas perdas de decomposição térmica, comprovadas pela DTG, referentes aos componentes do óleo diesel e do biodiesel. As blendas sem BHT com proporções de biodiesel de 5%, 10% e 15% apresentaram uma quantidade de resíduo (1,07%; 1,09% e 1,10%) inferior ao diesel mineral (1,15%). Sendo assim, conclui-se que a adição de biodiesel ao diesel mineral pode contribuir para melhorar alguns parâmetros físico-químicos, como, também, dependendo da quantidade adicionada, diminuir a quantidade de resíduo gerado. Este fato é de grande relevância, pois o resíduo carbonáceo pode causar problemas mecânicos em equipamentos e peças dos veículos, causando manutenções mais frequentes, e este aspecto não é desejável
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/12977
Aparece nas coleções:PPGCEP - Mestrado em Ciência e Engenharia do Petróleo

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LeticiaOC_DISSERT.pdf1,91 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir    Solictar uma cópia
LeticiaOC_DISSERT_PARCIAL.pdf1,11 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.