Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13045
Title: Estrutura da população de Coleodactylus natalensis Freire, 1999 (Squamata: Sphaerodactylidae) no Parque Estadual Dunas de Natal, Rio Grande do Norte, Brasil
Authors: Lisboa, Carolina Maria Cardoso Aires
Keywords: Lagarto;Coleodactylus natalensis;Ecologia;Mata Atlântica;Densidade;Dieta;Lizard;Coleodactylus natalensis;Ecology;Atlantic forest;Density;Diet
Issue Date: 26-May-2008
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: LISBOA, Carolina Maria Cardoso Aires. Estrutura da população de Coleodactylus natalensis Freire, 1999 (Squamata: Sphaerodactylidae) no Parque Estadual Dunas de Natal, Rio Grande do Norte, Brasil. 2008. 73 f. Dissertação (Mestrado em Biodiversidade; Biologia Estrutural e Funcional.) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2008.
Portuguese Abstract: Coleodactylus natalensis Freire, 1999, espécie endêmica de remanescentes de Mata Atlântica do Estado do Rio Grande do Norte, Brasil, tem como localidade-tipo o Parque Estadual Dunas de Natal (05º48 S a 05º53 S e 35º09 W a 35º12 W), um dos maiores remanescentes associados a restingas, cercado por zona urbana, situado no limite setentrional da Mata Atlântica. Foram realizadas estimativas de densidade populacional, distribuição espacial, preferências de hábitat e microhábitat e aspectos da ecologia alimentar, tais como variações sazonais e entre sexos de dieta, eletividade de presas e largura de nicho. Amostramos aleatoriamente 96 quadrantes de 50m2 em cada um dos quatro hábitats identificados na área. Foram coletados 49 exemplares, que tiveram seus conteúdos estomacais analisados; os itens de presa encontrados foram correlacionados com amostras de invertebrados edáficos obtidas no ambiente. Encontramos uma densidade média de 98,5 ± 75,5 indivíduos/ha, com distribuição agrupada nos hábitats de maior densidade e randômica nos demais. A espécie habita preferencialmente o folhiço de hábitats de mata, em pontos mais úmidos, temperaturas mais amenas, folhiço mais denso e menores elevações em relação ao nível do mar do que a média da área de estudo. As categorias de presa mais importantes na dieta foram Isopoda e Aranae. A largura de nicho foi média e variou sexualmente e entre os hábitats. Não houve correlação entre medidas morfométricas e tamanho das presas consumidas. A população de C. natalensis estudada parece ser oportunista em termos de dieta, embora selecione presas relativamente maiores. O Parque das Dunas é uma área que sofre diversos tipos de pressão antrópica que podem afetar a população de C. natalensis. Deste modo, a fragilidade desta espécie na área denota urgência por medidas conservacionistas
Abstract: Coleodactylus natalensis Freire, 1999, an endemic species of Atlantic Forest fragments around the Natal municipality, Rio Grande do Norte State, Brazil, has as type locality the Parque Estadual Dunas de Natal (05º48 S to 05º53 S and 35º09 W to 35º12 W), one of the largest restinga (herb and shrub association on sand dunes along the Brazilian coastline) associate fragment, surrounded by urban zone, placed on setentrional Atlantic Forest limits. We made estimates on populational density, spatial distribution, habitat and microhabitat preferences and feeding ecological aspects like sazonal and sexual variations on diet, prey electivities and niche breadth. We randomly sampled ninety-six 50m2 quadrants in each of the four habitats identified in the study area. Were collected 49 specimens and their stomach contents were analyzed; prey items found were correlated with leaf-litter invertebrates from habitat samples. We found a 98,5 ± 75,5 individuals/ha density, in grouped distribution pattern on densest habitats and random distribution on others habitats. This species lives mostly on leaf-litter in forest habitats, in higher humidity points, with lower temperatures, deeper leaf litter and lower sea level elevations than the randomly chosen points in the study area. Isopoda and Aranae were the most important prey categories in numeric, frequency and volumetric terms. Niche breadth has an intermediate value and was variable in sexual and in habitat terms. There was no correlation between morfometric measures and prey size on diet. The C. natalensis population studied seems to be diet opportunist, although selects larger prey items. The Parque Estadual das Dunas do Natal has several indications of anthropic pressure from the surrounding urban area that may affects the local C. natalensis population. Thus, the fragility of this species calls for urgent conservation efforts
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13045
Appears in Collections:PPGCB - Mestrado em Ciências Biológicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EstruturaPopulacaoColeodactylus_Lisboa_2008.pdf689.35 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.