Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13115
Título: Efeitos biológicos in vitro de agentes físicos utilizados em fisioterapia
Autor(es): Meyer, Patrícia Froes
Palavras-chave: Escherichia coli;DNA;Luz intensa pulsada;Radiofreqüência;Magnetoterapia;Ondas sônicas;Constituintes sanguineos;99mtecnécio;Escherichia coli;Genotoxic;DNA;99mtechnetium
Data do documento: 13-Mai-2008
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: MEYER, Patrícia Froes. Efeitos biológicos in vitro de agentes físicos utilizados em fisioterapia. 2008. 64 f. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2008.
Resumo: The uses of radiobiocomplexes labeled with technetium-99m contributed to health science advances. Stannous chloride (SnCl2) has been used as a reducing agent for the labeling process. Cytotoxic and genotoxic effect of the SnCl2 have been described in several studies and with this experimental models alterations in molecular and cellular level can be evaluated. In the last years the physicals therapists acquired new devices which emits electromagnetic radiation such us Extremely Low Frequency Pulsated Electromagnetic Fields (E.L.F. P.E.M.F.), radiofrequency, Intense Pulsed Light (I.P.L.) and others which emits sonic waves such us Biorresonance. Scientific evidence of the effects and dosage is important to protect public health and to reach exposition levels that result in significant biological effects. The aim of this project is to verify the effects of these physical agents in plasmid DNA and E. coli AB1157 cultures in presence or absence of SnCl2 and the effects in blood constituents labeled with technetium-99m. Wistar rats blood was exposed to the cited sources and the labelling of blood constituents with 99mTc was carried through. Cultures of E. coli AB1157 and plasmidial samples DNA had been also exposed the physical agents. The results suggest that these agents are capable of altering neither the survival of E. coli cells or plasmid DNA electrophoresis mobility. The multidiscipline character was clearly in this study due the interaction between Nuclear Medicine department of the UERJ and the Laboratory of Physical Agents of the Maimonides University in Argentina until the union between the teacher (biomedical and physiotherapist) and student (physiotherapist), besides collaborators of the area of Physics and Biology, promoting new ideas and perspectives and also adding the knowledge of different areas and origins
metadata.dc.description.resumo: O uso de radiobiocomplexos marcados com 99mtecnécio tem contribuído para avanços em Ciências da Saúde. Na marcação desses radiobiocomplexos utiliza-se o redutor cloreto estanoso (SnCl2). Efeitos citotóxicos e genotóxicos do SnCl2 têm sido descritos. Através de modelos experimentais em nível molecular, celular e sistêmico estas alterações podem ser avaliadas. Entre os novos agentes físicos sugeridos para a prática da Fisioterapia Dermato-Funcional, há os que são de natureza eletromagnética (campos eletromagnéticos pulsados, a radiofreqüência e a luz intensa pulsada) e os de natureza mecânica (ondas sônicas). A literatura a respeito dos agentes físicos gera dúvidas quanto aos seus efeitos. Seu uso correto é importante não só para proteger a saúde pública, mas também para justificar níveis de exposição que resultem em efeitos biológicos significativos. Dessa forma, o objetivo desse estudo é verificar os possíveis efeitos destes agentes físicos em plasmídios bacterianos e em culturas bacterianas na presença e na ausência de cloreto estanoso e na marcação de elementos sangüíneos com o 99mtecnécio. Sangue de ratos Wistar foi exposto às fontes citadas e a marcação de células sanguíneas com 99mtecnécio foi realizada. Culturas de E. coli AB1157 e amostras DNA plasmidial também foram expostas aos agentes físicos. As consequências biológicas associadas a esses agentes não foram capazes de interferir em algumas propriedades dos constituintes sanguíneos, nem na sobrevivência de E. coli ou na mobilidade eletroforética do DNA plasmidial. O caráter multidisciplinar ficou claro neste estudo desde a interação entre o Setor de Medicina Nuclear da UERJ e o Laboratório de Agentes Físicos da Universidade Maimonides na Argentina até a união entre um orientador (biomédico e fisioterapeuta) e uma orientanda (fisioterapeuta), contando com colaboradores da área de Física e Biologia, possibilitando novas idéias e perspectivas, agregando o conhecimento de diferentes áreas
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13115
Aparece nas coleções:PPGCSA - Doutorado em Ciências da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PatriciaFM_tese.pdf295,95 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.