Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13144
Título: Desenvolvimento de Sistemas Microparticulados Superparamagnéticos Gastro-resistentes para Diagnóstico e Terapêutica
Autor(es): Silva, Amanda Karine Andriola
Palavras-chave: Xilana;Sistemas magnéticos;Campo magnético;Via oral.;Xylan;Magnetic systems;Magnetic field;Oral route
Data do documento: 16-Dez-2008
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: SILVA, Amanda Karine Andriola. Desenvolvimento de Sistemas Microparticulados Superparamagnéticos Gastro-resistentes para Diagnóstico e Terapêutica. 2008. 43 f. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2008.
Resumo: This work aimed to develop a suitable magnetic system for administration by the oral route. In addition to that, it was intended to review the current uses of magnetic systems and the safety related to magnetic field exposure. Methods: Coprecipitation and emulsification/crosslinking were carried out in order to synthesize magnetite particles and to coat them, respectively. Results: According to literature review, it was found that magnetic particles present several properties such as magnetophoresis in magnetic field gradient, production of a surrounding magnetic field, and heat generation in alternated magnetic field. When the human organism is exposed to magnetic fields, several interaction mechanisms come into play. However, biological tissues present low magnetic susceptibility. As a result, the effects are not so remarkable. Concerning the development of a magnetic system for oral route, uncoated magnetite particles did undergo significant dissolution at gastric pH. On the other hand, such process was inhibited in the xylan-coated particles. Conclusions: Due to their different properties, magnetic systems have been widely used in biosciences. However, the consequent increased human exposure to magnetic fields has been considered relatively safe. Concerning the experimental work, it was developed a polymer-coated magnetic system. It may be very promising for administration by the oral route for therapy and diagnostic applications as dissolution at gastric pH hardly took place
metadata.dc.description.resumo: Realizar um trabalho multidisciplinar a fim de revisar os usos biomédicos de sistemas magnéticos, analisar os aspectos sobre a segurança relativa à exposição de organismos vivos a campos magnéticos e desenvolver um sistema magnético apropriado para administração por via oral. Metodologia: Inicialmente, partículas magnéticas foram produzidas pela coprecipitação de sais de ferro no meio alcalino. A etapa seguinte consistiu no processo de emulsificação/reticulação interfacial realizado a fim de produzir partículas magnéticas revestidas por xilana. Resultados: Constata-se que as partículas magnéticas apresentam diversas propriedades tais como mobilidade magnetoforética em gradiente de campo magnético, produção de um campo magnético capaz de influenciar a região em sua volta e geração de calor em campo magnético alternado. A exposição a campos magnéticos implica em diversos mecanismos de interação, mas os efeitos tendem a ser mínimos em virtude da baixa susceptibilidade magnética dos tecidos. Quanto ao uso de partículas de magnetita por via oral, os dados sobre a caracterização das amostras e os resultados do teste de dissolução in vitro em pH gástrico demonstraram a viabilidade do método de revestimento apresentado para proteger as partículas de magnetita da dissolução gástrica. Conclusões: Devido às suas diferentes propriedades, os sistemas magnéticos têm encontrado ampla aplicabilidade em ciências biomédicas, sendo o conseqüente aumento da exposição humana a campo considerado relativamente seguro. Experimentalmente, foi desenvolvido um sistema magnético promissor para administração por via oral, que poderá encontrar aplicabilidade como marcador de motilidade intestinal, contraste para ressonância nuclear magnética ou para a vetorização de fármacos
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13144
Aparece nas coleções:PPGCSA - Doutorado em Ciências da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AmandaKAS_TESE.pdf428,41 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir    Solictar uma cópia
AmandaKAS_TESE_PARCIAL.pdf328,55 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.