Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13211
Título: Alterações no metabolismo de zinco relacionadas ao envelhecimento
Autor(es): Medeiros, Anna Cecília Queiroz de
Palavras-chave: Zinco;Proteína plasmática;Idosos;Zinc;Plasmatic protein;Elderly
Data do documento: 20-Jun-2008
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: MEDEIROS, Anna Cecília Queiroz de. Alterações no metabolismo de zinco relacionadas ao envelhecimento. 2008. 53 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2008.
Resumo: Although many studies point to alterations in the organic concentrations of zinc in elderly patients, the mechanisms by which aging might cause changes in the metabolism of this nutrient remain unclear. Thus, we assessed the changes in plasma zinc, Zinc Binding Capacity to Plasma Protein (ZnBCPP) and Saturation Index (SI), comparing elderly individuals and young adults. The zinc analyses were performed by atomic absorption spectrophotometry. A statistically significant difference (p < 0.001) was found between the two groups, in relation to plasma zinc and SI, but the ZnBCPP did not differ between the younger and older subjects. In agreement with this result, it was shown in the young group that 76% (R2 = 0.760) of the ZnBCPP variations are explained by the variations in plasma zinc and SI. In the elderly group this measure decreased to 30.5% (R2 = 0.305). We conclude, therefore, that aging may be a factor associated to changes in control mechanisms and in zinc homeostasis, and could even alter ZnBCPP response patterns and other zinc-related indicators of nutritional status.
metadata.dc.description.resumo: Embora muitos estudos apontem alterações nas concentrações orgânicas de zinco em pacientes idosos, os mecanismos pelos quais o envelhecimento poderia implicar em mudanças no metabolismo deste nutriente ainda permanecem obscuros. Assim, procuramos avaliar as mudanças relativas ao zinco plasmático, Capacidade de Ligação do Zinco à Proteína Plasmática (CLPPZn) e Índice de Saturação (IS). As análises de zinco foram realizadas por espectrofotometria de absorção atômica, comparando idosos e adultos jovens. Foi encontrada diferença estaticamente significante (p<0,001), entre os dois grupos, em relação ao zinco plasmático e IS, sendo que a CLPPZn não diferiu entre os idosos e adultos jovens. Corroborando este resultado, foi demonstrado que, no grupo jovem as variações na CLPPZn são explicadas em 76% (R2= 0,760) pelas variações no zinco plasmático e IS. Já no grupo de idosos esta medida diminui para 30,5% (R2= 0,305). Concluímos então que o envelhecimento pode ser um fator associado às mudanças nos mecanismos de controle e homeostase do zinco, alterando inclusive padrões de resposta relativos a CLPPZn e demais indicadores do estado nutricional relativo ao zinco.
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13211
Aparece nas coleções:PPGCSA - Mestrado em Ciências da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AnnaCQM.pdf323,56 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.