Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13283
Título: Zinco Sérico e parâmetros farmacocinéticos na determinação do estado corporal de zinco em crianças
Autor(es): Vale, Sancha Helena de Lima
Palavras-chave: Zinco sérico. Clearance de zinco. Suplementação oral de zinco. Administração venosa de zinco
Data do documento: 13-Jun-2013
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: VALE, Sancha Helena de Lima. Zinco Sérico e parâmetros farmacocinéticos na determinação do estado corporal de zinco em crianças. 2013. 46 f. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Resumo: O zinco é um micronutriente fundamental para as funções vitais de qualquer organismo vivo e sua deficiência em humanos pode causar alterações na expressão gênica, crescimento e desenvolvimento infantil, e proteção antioxidante. Devido à sua importância, as concentrações corporais de zinco são estritamente controladas por processos homeostáticos complexos. Este controle reflete no fato da deficiência grave de zinco ser detectada apenas após privação crônica. Embora se estime que a deficiência leve seja comum, os métodos existentes para avaliação individual do estado corporal de zinco são limitados e pouco eficazes. O objetivo deste trabalho foi avaliar o zinco sérico basal e os parâmetros farmacocinéticos na determinação do estado corporal de zinco em crianças, estabelecendo relação entre esses índices. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em pesquisa do Hospital Universitário Onofre Lopes (CEP-HUOL) e 129 crianças, eutróficas e aparentemente saudáveis, entre 6 e 9 anos de idade, foram avaliadas antes e após a suplementação oral de zinco (5 mg Zn/dia) durante 3 meses. No início e fim do período houve a administração venosa de zinco (0,06537 mg de Zn/kg de peso) em 40 destas crianças para avaliação dos parâmetros farmacocinéticos por meio de três diferentes fórmulas de clearance de zinco. Os limites do CI (95%) para o zinco sérico basal variaram entre 0,94 1,00 e 0,91 0,98 μg/mL em meninas e meninos, respectivamente. Em relação aos parâmetros farmacocinéticos, a fórmula específica para um compartimento apresentou correlação positiva com o zinco sérico após a suplementação e foi efetiva em detectar mudanças no estado corporal de zinco
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13283
Aparece nas coleções:PPGCSA - Doutorado em Ciências da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
SanchaHLV_TESE.pdf2,15 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.