Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13310
Título: Infecção hospitalar associada ao uso de cateter venoso central e a quebra de protocolos pelos profissionais de saúde na UTI de um hospital universitário em Natal/RN
Autor(es): Barreto, Analucia Filgueira Gouveia
Palavras-chave: Controle de infecção;Cateter venoso central;Quebra de protocolo;Inserção e manutenção de cateter vascular;Cross infection;Catheterization central venous
Data do documento: 5-Mai-2010
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: BARRETO, Analucia Filgueira Gouveia. Infecção hospitalar associada ao uso de cateter venoso central e a quebra de protocolos pelos profissionais de saúde na UTI de um hospital universitário em Natal/RN. 2010. 83 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2010.
Resumo: This is a study descriptive cross-sectional and quantitative approaches, which aimed to analyze the association between hospital infection rate for insertion, maintenance of central venous catheter and the breakdown of protocols (rules and routines) by health professionals assisting patients in the ICU of a university hospital in Natal / RN. The process of data collection was through observation with structured form, refers to medical records and structured questionnaires with health professionals. The results were organized, tabulated, categorized and analyzed using SPSS 14.0. The characterization of the subjects was performed using descriptive and inferential statistics, taking into account the nature of the variables, with analysis of variance (ANOVA) and Spearman correlation test, it was a discussion of the information obtained, considering the mean, standard deviation, coefficient of variance and standard error. The variables that showed a higher level of correlation were treated with the application of significance tests. As the results, 71% of participants were female and 29% male, age ranged from 18 to 85 years (52.6 ± 22.5). The insertion, there was a variation from 0 to 5 errors (1.2 ± 1.4), during maintenance, the average was 2.3 ± 0.9 errors, ranging from 0 to 4. During the insertion and maintenance of CVC, patients who had been an infection ranging from 2 to 9 mistakes (4.2 ± 1.7), since those who did not show the variation goes from 0 to 5 errors (2, 8 ± 1.5). The correlation coefficient between the risk of infection throughout the process and the risk of infection at the insertion showed strong and significant (r = 0.845 p = 0.000) and in relation to risk of infection in maintenance was moderate and significant (r = 0.551 p = 0.001). The mistakes made by professionals in the procedures for insertion and maintenance of the catheter, associated with other conditions, shown as a risk factor for the of IH
metadata.dc.description.resumo: Trata-se de uma pesquisa descritiva com delineamento transversal e abordagens quantitativas, que objetivou analisar a associação entre o índice de infecção hospitalar por inserção, manutenção de cateter vascular (cateter venoso central) e a quebra de protocolos (normas e rotinas) pelos profissionais de saúde que assistem pacientes na UTI de um hospital universitário em Natal/RN. O processo de coleta de dados ocorreu por meio de observação, que para subsidiá-la utilizou-se um formulário estruturado, consulta ao prontuário e aplicação de questionário estruturado com os profissionais de saúde. Os resultados foram organizados, tabulados, categorizados e analisados no programa SPSS 14.0. A caracterização dos sujeitos foi realizada por meio de estatística descritiva e inferencial, levando-se em conta à natureza das variáveis estudadas, com análise de variância (ANOVA) e de teste Correlação Spearman, em que foi apresentada uma discussão das informações obtidas, considerando-se a média, desvio padrão, coeficiente de variância e erro-padrão. As variáveis que apresentaram maior nível de correlação foram tratadas com a aplicação de testes de significância. Quanto aos resultados, 71% dos pacientes eram do sexo feminino e 29% masculino, a idade variou de 18 a 85 anos (52,6 ± 22,5). Na inserção, observou-se uma variação de 0 a 5 erros (1,2 ± 1,4), durante a manutenção, a média foi de 2,3 ± 0,9 erros, variando de 0 a 4. Durante o processo de inserção e manutenção de CVC, naqueles pacientes que apresentaram infecção houve uma variação de 2 a 9 erros (4,2 ± 1,7), já nos que não apresentaram, a variação foi de 0 a 5 erros (2,8 ± 1,5). A correlação de Spearman entre o risco de infecção em todo processo e o risco de infecção na inserção mostrou-se forte e significante (r =0,845 p= 0,000) e em relação ao risco de infecção na manutenção foi moderada e significante (r= 0,551 p=0,001). Os erros cometidos pelos profissionais nos procedimentos de inserção e manutenção do cateter, associados às outras condições, mostraram-se como um fator de risco para o desenvolvimento de IH
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13310
Aparece nas coleções:PPGCSA - Mestrado em Ciências da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AnaluciaFGB_DISSERT.pdf1,2 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.