Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13314
Título: Um modelo analítico da qualidade da dieta de adolescentes estudantes da rede publica de ensino de Natal, Brasil
Autor(es): Morais, Célia Márcia Medeiros de
Palavras-chave: Adolescentes. Análise de componente principal. Consumo alimentar. Padrões dietéticos
Data do documento: 27-Ago-2013
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: MORAIS, Célia Márcia Medeiros de. Um modelo analítico da qualidade da dieta de adolescentes estudantes da rede publica de ensino de Natal, Brasil. 2013. 64 f. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
metadata.dc.description.resumo: Estudos nacionais de evolução temporal constatam que a tendência do consumo alimentar é consistente com o incremento da prevalência de doenças crônicas não transmissíveis. Objetivou-se caracterizar padrões alimentares de adolescentes de uma área urbana do Nordeste do Brasil, relacionando-os aos marcadores dietéticos saudáveis. Trata-se de um estudo transversal, com 430 adolescentes beneficiários do Programa Nacional de Alimentação Escolar, em Natal, Brasil. Este estudo é fruto de um planejamento realizado por equipe interdisciplinar e multiprofissional, constituída por profissionais de saúde e estatística. O tamanho da população de estudo foi definido por amostragem aleatória, em dois estágios, e ponderada segundo número de alunos de cada escola. O IMC foi utilizado para a avaliação do estado nutricional (excesso de peso ≥ 25kg/m2). A avaliação do consumo alimentar foi realizada a partir de entrevista semi-estruturada, sendo aplicados dois recordatórios 24h, com intervalo de 30-45 dias, efetuados por equipe treinada com apoio de álbuns fotográficos de medidas caseiras expressas em utensílios e porções. Os procedimentos e padronizações dos tipos de alimentos ou preparações relatados e respectivas conversões em medidas caseiras foram feitos mediante adaptações de per capitas e fichas técnicas de preparação. A estimativa do consumo de energia e fibras foi efetuada no ambiente do software Virtual Nutri Plus® (2007), modificado em relação à lista de alimentos em mais de 90% dos itens. A informação nutricional dos alimentos foi obtida a partir da Tabela de Composição de Alimentos Brasileiros, National Nutrient Database for Standard Reference e rótulos. A técnica de Análise de Componentes Principais (ACP) foi utilizada para derivação de padrões alimentares, conforme três modelos analíticos de consumo: alimentos em gramas, energia em Kcal e fibras em gramas, resultando, respectivamente, em nº de componentes principais distintos, 7, 8 e 4, com variância acumulada superior a 70% e cargas fatoriais acima de 0,4. A associação entre variáveis independentes e escores fatoriais de todos os componentes extraídos foi aferida pela Razão de Prevalência (IC 95%). As características demográficas e antropométricas dos adolescentes demonstram uma distribuição proporcional em relação ao sexo e, em sua maioria, idade entre 10 e 13 anos, com estado nutricional x eutrófico e filhos de mulheres com baixo nível de escolaridade. O Padrão (1) Sistema Alimentar Tradicional puro (SATp) predomina no espectro do consumo alimentar dos jovens adolescentes, correspondendo ao primeiro componente de todos os modelos analíticos e representados pelo feijão e os seus ingredientes de preparo. O Padrão (2) Sistema Alimentar Combinado e de risco (SACr), coincidem nos componentes subseqüentes extraídos a partir do consumo alimentar e de energia, com destaque para a ocorrência de marcadores de alimentação não saudável, tais como açúcares refinados, gorduras saturadas e sal. O Padrão (3) Sistema Alimentar Tradicional Modificado (SATm) e SATp são identificados nos demais componentes do modelo representado pelas fibras. As associações observadas, predominantemente do Padrão SACr, distinguem-se por sexo, idade e estado nutricional. Os padrões alimentares 1 e 3 caracterizam-se pela preservação do SAT e regional, bastante salutar, sob a perspectiva da prevenção de doenças crônicas. O padrão SACr representam alerta de risco à saúde, inclusive pela significante contribuição energética. Os achados podem subsidiar Políticas de Atenção à Saúde da Criança e Adolescente, em caráter intersetorial
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13314
Aparece nas coleções:PPGCSA - Doutorado em Ciências da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CeliaMMM_TESE.pdf2,47 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.