Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13330
Título: Iga total e específica para bactérias enteropatogênicas no colostro e leite de mães da zona rural da Paraíba
Autor(es): Porto, Maria Luisa Souto
Palavras-chave: IgA;Colostro;Leite humano;EPEC;Shigella;ELISA
Data do documento: 31-Mar-2010
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: PORTO, Maria Luisa Souto. Iga total e específica para bactérias enteropatogênicas no colostro e leite de mães da zona rural da Paraíba. 2010. 12 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2010.
metadata.dc.description.resumo: Trata-se de um coorte prospectivo com amostras de leite de 28 mães da zona rural da Paraíba, durante diferentes dias de amamentação exclusiva, com objetivo de avaliar através do ensaio imunoenzimático a presença de imunoglobulina A secretora (sIgA) total e específica contra antígenos de Escherichia coli enteropatogênica (EPEC) e Shigella flexneri. A reatividade dos anticorpos foi analisada pelo Western blot . Os resultados mostram presença da sIgA em todas as amostras, com medianas no colostro de 8,092 g/L(4,546-17,252) e leite de 0,695g/L (0,020-2,830). As medianas nos títulos de colostro de IgA anti-EPEC foi 41 (1-659) e anti-Shigella flexneri de 18 (1-4727) enquanto no leite anti-EPEC foi de 8 (1-288) e anti-Shigella flexneri de 6 (1-450). Houve grandes variações entre as mães e entre os dias de amamentação. No Western blot os anticorpos sIgA reagiram com proteínas de EPEC e Shigella flexneri, destacando-se a fração antigênica de 94kDa, correspondente a intimina. Os resultados mostram que a presença de sIgA total e de anticorpos IgA contra EPEC e Shigella flexneri no colostro e leite de mães residentes em zona rural, com precárias condições sócioeconômica e sanitárias, não diferem de estudos realizados com populações de área urbana e reforçam a importância do leite materno na defesa contra infecções entéricas. Apesar da ausência na literatura de estudos avaliando o perfil de anticorpos sIgA no leite de mães residentes em zona rural do Brasil, os resultados demonstraram que a presença de sIgA total e de anticorpos IgA contra EPEC e Shigella flexneri no colostro e leite de mães residentes em zona rural, com precárias condições sócio-econômica e sanitárias, não diferem de estudos realizados com populações de área urbana e reforçam a importância do leite materno na defesa contra infecções entéricas
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13330
Aparece nas coleções:PPGCSA - Mestrado em Ciências da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MariaLSP_DISSERT_1-12.pdf300,14 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.