Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13415
Título: Avaliação dos parâmetros hematológicos e imunofenotípicos de pacientes com doenças linfoproliferativas crônicas no Rio Grande do Norte
Autor(es): Paiva, Aldair de Sousa
Palavras-chave: Transtornos linfoproliferativos crônicos. Imunofenotipagem. Sistema imune. Linfoma.;Chronic lymphoproliferative disorders. Immunophenotyping. Immune system lymphoma
Data do documento: 26-Fev-2014
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: PAIVA, Aldair de Sousa. Avaliação dos parâmetros hematológicos e imunofenotípicos de pacientes com doenças linfoproliferativas crônicas no Rio Grande do Norte. 2014. 90 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Resumo: Chronic lymphoproliferative disorders (DLPC) are lymphoid system diseases characterized by the abnormal proliferation of mature lymphocytes that affect B cells, T lymphocytes and NK cells. The aim of the study was to demonstrate the relevance of immunophenotyping by flow cytometry in patients with prolonged lymphocytosis and / or cytomorphological changes compatible with lymphoproliferative diseases. In this study 460 patients (244 men and 216 women) with DLPC were evaluated. Were analyzed by flow cytometry with a panel of monoclonal antibodies consisting of CD3, CD4, CD5, CD8, CD10, CD19, CD22, CD23, CD25, CD38, CD45, CD16/CD56, and HLADR heavy and light chains of immunoglobulins. It also examines information regarding age, gender of patients and laboratory data as leucocytes, cytomorphological analysis, platelet count and hemoglobin determination. The results showed 398 cases of chronic lymphoproliferative disorders and 62 of DLPC B cell lymphoproliferative diseases T. B showed the following distribution : 253 cases of chronic lymphocytic leukemia (CLL), 42 cases of multiple myeloma ( MM ), 37 cases of lymphoma non - Hodgkin lymphoma in leukemic phase (NHL) , 17 cases of pro- B lymphocytic leukemia ( B -PLL), 15 cases of mantle cell lymphoma (MCL ), 12 cases of plasma cell leukemia ( PCL), 9 cases of lymphoma Burkitt (Linf B), 8 cases of leukemia villous cells ( LCV), 3 cases of splenic lymphoma with villous cells (LECV), a case of follicular lymphoma (LF) and a Waldenströn macroglobulinemia ( MW). The diseases source NK / T were 23 cases of peripheral T cell lymphoma (LCTP), 14 cases of T prolymphocytic leukemia (T -PLL), 10 cases of leukemia T of large granular lymphocytes (LGL -T) 9 cases of leukemia cells of adult T (LCTA), 5 cases of Sezary syndrome (SS) and a case of large granular NK leukemia (LGL -NK) lymphocytes. In conclusion, the combined use of the monoclonal antibody panel careful cytomorphological analysis was shown to be essential in immune diagnosis and classification of chronic lymphoproliferative disorders. This study was approved by the IRB - HUOL under number 356 / 09
metadata.dc.description.resumo: Os transtornos linfoproliferativos crônicos (DLPC) são doenças do sistema linfoide caracterizadas pela proliferação anormal de linfócitos maduros que acometem células B, linfócitos T e células NK. O objetivo do estudo foi demonstrar a relevância da imunofenotipagem por citometria de fluxo em pacientes portadores de linfocitose prolongada e/ou alterações citomorfológicas compatíveis com doenças linfoproliferativas. Neste estudo foram avaliados 460 pacientes (244 homens e 216 mulheres) com DLPC. Foram analisados por citometria de fluxo com um painel de anticorpos monoclonais constituído por CD3, CD4, CD5, CD8, CD10, CD19, CD22, CD23, CD25, CD38, CD45, CD16/CD56, HLADR e cadeias leves e pesadas de imunoglobulinas. Foram também investigadas informações referentes à idade, ao gênero dos pacientes e aos dados laboratoriais como: leucometria, análise citomorfológica, contagem de plaquetas e determinação da hemoglobina. Os resultados demonstraram 398 casos de doenças linfoproliferativas crônicas B e 62 de DLPC de célula T. As doenças linfoproliferativas B apresentaram a seguinte distribuição: 253 casos de leucemia linfocítica crônica (LLC), 42 casos de mieloma múltiplo (MM), 37 casos de linfoma não Hodgkin em fase leucêmica (LNH), 17 casos de leucemia pró-linfocítica B (LPL-B), 15 casos de linfoma de células do manto (LCM), 12 casos de leucemia de células plasmáticas (LCP), 9 casos de linfoma de Burkitt (Linf B), 8 casos de leucemia de células vilosas (LCV), 3 casos de linfoma esplênico de células vilosas (LECV), um caso de linfoma folicular (LF) e um de macroglobulinemia de Waldenströn (MW). As doenças de origem T/NK foram: 23 casos de linfoma de células T periféricas (LCTP), 14 casos de leucemia prólinfocítica T (LPL-T), 10 casos de leucemia de grandes linfócitos T granulares (LGLT), 9 casos de leucemia de células T do adulto (LCTA), 5 casos de Síndrome de Sezary (SS) e um caso de leucemia de grandes linfócitos NK granulares (LGL-NK). Em conclusão, o uso do painel de anticorpos monoclonais combinado à análise citomorfológica cuidadosa mostrou-se essencial no diagnóstico e classificação imune das doenças linfoproliferativas crônicas. O presente estudo foi aprovado pelo CEP HUOL sob número 356/09
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13415
Aparece nas coleções:PPGCSA - Mestrado em Ciências da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AldairSP_DISSERT.pdf3,32 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.