Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13418
Título: Estudo psicossocial das perdas dentárias na terceira idade
Autor(es): Piuvezam, Grasiela
Palavras-chave: Odontologia geriátrica;Odontologia em saúde pública;Perda de dente;Idosos;Saúde bucal;Geriatric dentistry;Public health dentistry;Tooth loss;Elderly;Oral health
Data do documento: 19-Out-2004
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: PIUVEZAM, Grasiela. Estudo psicossocial das perdas dentárias na terceira idade. 2004. 144 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2004.
Resumo: The present study seeks to understand tooth loss by investigating the social representations in the daily life of elderly individuals, thus characterizing itself as a comparative and analytic research. It is known that tooth loss is a common occurrence in elderly individuals, interfering at the psychosocial and biological levels, through its functional, esthetical and social implications. The area of oral health in Brazil is lacking studies on this topic, especially with respect to the psychosocial aspects of the elderly. The Theory of Social Representations and the Central Nucleus Theory were selected for theoretical-methodological support. The Free Association of Words Test was used, whose inducing stimulus were the words tooth loss , in which each subject was asked to associate 3 words, to respond to a questionnaire related to socio-economic conditions and containing an investigation of tooth loss, access to odontological services and the need for dental treatment, and to undergo a focus group interview. The study sample consisted of 120 individuals 60 years of age or over, resident in Natal, RN, Brazil and participants of the Live Together to Live Better group of the Basic Health Unit of Felipe Camarão Residential District and Unati (Open University of the Elderly); an interview was performed with 36 subjects. Data analysis was performed by Evoc 2000, SPSS/99, Graph Pad and Alceste softwares. The results demonstrate that the central nucleus of the social representations of tooth loss for the Live Together group emerged from the difficulty in eating categories, showing a relation between physiologic necessity, desire and pleasure from eating, not to mention the pain that resulted from justifying the tooth loss. Besides the central discourses, the following peripheral elements were gathered: difficulty in adapting to the prosthesis, treatment and difficulty in speaking. All of these categories, except the last, also comprised the class themes of the group interview. For the Unati group the central nucleus emerged from the socio-economic difficulties categories, demonstrating a narrow relation between poverty, access to health and education and esthetics, confirming in the discourse of common sense, the association between tooth loss and aging. At the margin of the central discourses was collected the peripheral element difficulty in adapting to the prosthesis, found both in the Live Together and Unati groups, which expresses the resistance of the subject to this new situation and the failure of the rehabilitation treatment in the sense of reviving the memory of their natural teeth. All of these categories also constitute the class themes of the of the group interview. Thus, through the study of the social representations, we can reveal a reality in the perspective of the social subjects, contemplating the multiple facets of the social-cultural reality experienced by these individuals
metadata.dc.description.resumo: O presente estudo buscou compreender a temática das perdas dentárias, investigando as representações sociais no cotidiano de sujeitos da terceira idade e caracterizando-se como uma investigação comparativa e analítica. Como pressuposto, tem-se que as perdas dentárias são achados comuns no cotidiano das pessoas idosas e interferem no âmbito psicossocial e biológico, através de suas implicações funcionais, estéticas e sociais. A área de saúde bucal no Brasil carece de estudos sobre esse tema, sobretudo com um recorte psicossocial voltado para terceira idade. A Teoria das Representações Sociais e a Teoria do Núcleo Central foram escolhidas como suporte teóricometodológico. Utilizou-se a Teste da Evocação Livre de Palavras cujo estímulo indutor foram as palavras perdas dentárias , em que para cada sujeito foi solicitada a evocação de 03 palavras, um questionário para caracterização sócio-econômica contendo também uma investigação das questões relativas às perdas dentárias, o acesso a serviços odontológicos além da necessidade de tratamento odontológico e uma entrevista do tipo grupo focal. Os sujeitos dessa pesquisa foram 120 indivíduos com idade igual ou superior à sessenta anos, residentes em Natal, RN e participantes do Grupo Conviver para Melhor Viver da Unidade Básica de Saúde do Bairro de Felipe Camarão e da Unati (Universidade Aberta da Terceira Idade), a entrevista foi realizada com 36 sujeitos. A análise dos dados foi realizada pelos softwares Evoc 2000, SPSS/99, Graph Pad Instat e pelo Alceste. Os resultados demonstraram que o núcleo central das representações sociais das perdas dentárias para o grupo Conviver emergiu a partir das categorias dificuldade de comer, observando uma relação entre necessidade fisiológica, desejo e prazer em alimentar-se. Além disso, a dor, que foi evocada no sentido de justificar as perdas dentárias. À margem dos discursos centrais foram apreendidos os elementos periféricos dificuldade de adaptação à prótese, tratamento e dificuldade de falar, todas essas categorias, com exceção da última também constituíram os temas das classes na análise dos discursos. Para o grupo da Unati o núcleo central emergiu a partir das categorias dificuldade sócio-econômica demonstrando uma estreita relação entre a pobreza, o acesso à saúde e à educação e estética, confirmando no discurso do senso comum a associação entre a perda dentária e o envelhecimento. À margem dos discursos centrais foi apreendido o elemento periférico dificuldade de adaptação à prótese encontrado tanto no grupo Conviver quanto no grupo da Unati e que expressa a resistência do sujeito a esta nova situação e o insucesso do tratamento reabilitador no sentido de resgatar a memória dos dentes naturais. Todas essas categorias também constituíram os temas das classes na análise dos discursos. Assim, pudemos, através do estudo das representações sociais revelar uma realidade na perspectiva dos sujeitos sociais, contemplando as múltiplas facetas da realidade sócio-cultural vivenciada pelos sujeitos
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13418
Aparece nas coleções:PPGCSA - Mestrado em Ciências da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
GrazielaP.pdf737,85 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.