Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13448
Título: Estudo dos fatores associados à infecção chagásica em área endêmica do Rio Grande do Norte
Autor(es): Galvão, Camila Regalado
Palavras-chave: doença de Chagas;diagnóstico sorológico;fatores de risco;chagas disease;serological diagnosis;risk factors
Data do documento: 30-Jul-2009
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: GALVÃO, Camila Regalado. Estudo dos fatores associados à infecção chagásica em área endêmica do Rio Grande do Norte. 2009. 91 f. Dissertação (Mestrado em Bioanálises e Medicamentos) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2009.
Resumo: The Chagas disease is a infectious and parasite disease that has as the causative agent a Trypanosoma cruzi, a protozoan parasite that can be transmitted to humans by the faeces of triatomines ( barbeiros ) in the blood-sucking. To understand the relationship between factors associated with chagasic infection and the risk of transmission of Trypanosoma cruzi, this work aimed to make a correlation between the results of serology, obtained by different immunological techniques, used for diagnosis of Chagas disease and risk factors to which the population of the city of Apodi-RN is exposed, to be considered a endemic area. The case-control study was conducted with 199 individuals, which initially was applied a questionary about socio-economic questions and some risk factors which they were exposed and also favor the spread of disease. Then was given the diagnosis by immunological techniques of serology by indirect hemagglutination, ELISA and indirect immunofluorescence. From the diagnosis, the subjects were divided into case group (presence of infection) and control group (no infection). Regarding the descriptive characteristics of the sample, were found a higher frequency of female individuals (59.3%), between 36 and 50 years of age (36.7%), with low education level (91%) and income monthly up to 1 minimum wage (67.8%). The serology, performed by three techniques of different principles, had a reactivity of 38.9% by Indirect Hemagglutination, 39.7% by ELISA and 38.7% by Indirect Immunofluorescence. As the result of the serology, 71 of samples showed reactivity in 2 or more techniques. On some risk variables, was found a significant relationship between individuals who had been bitten by the triatomines and had positive serology for Chagas disease (93.3%). Other variables of risk revealed individuals who had positive serology and had domestic animal (80.3%), lived in poorly maintained homes (97.2%) and near the forest (84.5%). A better understanding of the dynamics of transmission of T. cruzi and the risk factors that contribute to its occurrence in a region are needed to develop effective strategies for control of Chagas disease in these áreas
metadata.dc.description.resumo: A doença de Chagas humana é uma doença infecciosa e parasitária que tem como agente etiológico o Trypanosoma cruzi, um parasita protozoário que pode ser transmitido aos humanos pelas fezes dos triatomíneos ( barbeiros ) no ato do hematofagismo. Ao perceber a relação existente entre fatores associados à infecção chagásica e os riscos de transmissão do Trypanosoma cruzi, este trabalho teve como objetivo fazer uma correlação entre os resultados da sorologia, obtidos por técnicas imunológicas diferentes, utilizadas para o diagnóstico da doença de Chagas e os fatores de risco aos quais a população do município de Apodi-RN encontra-se exposta, por ser considerada uma área endêmica. O estudo do tipo Caso-Controle foi realizado com 199 indivíduos, aos quais, inicialmente foi aplicado um questionário abordando parâmetros epidemiológicos e fatores de risco que favorecem a disseminação da doença. Em seguida, foi dado o diagnóstico imunológico por sorologia pelas técnicas de Hemaglutinação Indireta, ELISA e Imunofluorescência Indireta. A partir do diagnóstico, os indivíduos foram divididos em grupo caso (presença de infecção) e grupo controle (ausência de infecção). Em relação à caracterização descritiva da amostra, foi encontrada uma maior freqüência de indivíduos do sexo feminino (59,3%), entre 36 50 anos (36,7%), com baixo grau de escolaridade (91%) e renda mensal de até 1 salário mínimo (67,8%). A sorologia, feita por três técnicas de princípios diferentes, apresentou uma reatividade de 38,9% por Hemaglutinação Indireta, 39,7% por ELISA e 38,7% por Imunofluorescência Indireta. Quanto ao resultado da sorologia, 71 das amostras estudadas apresentou reatividade em 2 ou mais técnicas utilizadas. Sobre algumas variáveis de risco, foi encontrada uma relação significativa entre indivíduos que tinham sido picados pelo barbeiro e apresentavam sorologia positiva para doença de Chagas (93,3%). Outras variáveis de risco revelaram indivíduos que apresentaram sorologia positiva e que tinham animal doméstico (80,3%), moravam em casas mal conservadas (97,2%) e próximo à mata ou floresta (84,5%). Um melhor entendimento da dinâmica de transmissão do Trypanosoma cruzi e os fatores de risco que contribuem para o seu aparecimento em uma determinada região são necessários para o desenvolvimento de efetivas estratégias de controle da doença de Chagas nessas áreas
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13448
Aparece nas coleções:PPGCF - Mestrado em Ciências Farmacêuticas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CamilaRG_DISSERT.pdf345,98 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir    Solictar uma cópia
CamilaRG_DISSERT_PARCIAL.pdf154,79 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.