Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13476
Título: Caracterização e quantificação de marcadores químicos do extrato hidroetanólico das folhas de Kalanchoe brasiliensis Cambess
Autor(es): Costa, Anne Caroline de Oliveira
Palavras-chave: Kalanchoe brasiliensis. Coirama branca. Saião. CLAE. Marcador químico. Flavonóides;Kalanchoe brasiliensis. Coirama branca. Saião. HPLC. Chemical marker. Flavonoids
Data do documento: 5-Jun-2012
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: COSTA, Anne Caroline de Oliveira. Caracterização e quantificação de marcadores químicos do extrato hidroetanólico das folhas de Kalanchoe brasiliensis Cambess. 2012. 226 f. Dissertação (Mestrado em Bioanálises e Medicamentos) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.
Resumo: Kalanchoe brasiliensis Cambess (Crassulaceae), commonly known as saião , coirama branca , folha grossa , is originally from Brazil and commonly found in São Paulo to Bahia, mainly in the coastal zone. Regarding of biological activities, most preclinical studies were found in the literature, mainly about the anti-inflammatory activity of extracts obtained from leaves and / or aerial parts of K. brasiliensis. As regards the chemical constitution, it has been reported mainly the presence of flavonoids in the leaves of the species, but until this moment did not knows which are the active compounds. Although it is a species widely used in traditional medicine in Brazil, there is no monograph about the quality parameters of the plant drug. In this context, this study aims to characterize and quantify the chemical markers of hydroethanolic extract (HE) from the leaves of K. brasiliensis, which can be used in quality control of plant drug and derivatives obtained from this species. The methodology was divided into two parts: i. Phytochemical study: to fractionate, isolate and characterizate of the chemical (s) marker (s) of the HE from the leaves of K. brasiliensis; ii. To Developed validate of analytical method by High Performance Liquid Chromatography (HPLC)-diode array detector (DAD) to quantify the chemical (s) marker (s) of the EH. i. The EH 50% was prepared by turbo extraction method. It was then submitted to liquid-liquid partition, obtaining dichloromethane, n-butanol and ethyl acetate (AcOEt) fractions. The AcOEt fraction was selected to continue the fractionation process, because it has a chemical profile rich in flavonoids. The acOEt fraction was submitted to column chromatography using different systems for obtaining the compound Kb1. To identify this compound, it was submitted to UV analysis ii. For quantitative analysis, the EH was analyzed by HPLC, using different methods. After selecting the most appropriate method, which showed satisfactory resolution and symmetrical peaks, it was validated according to parameters in the RE 899/2003. As result, it was obtained from the AcOEt fraction the compound Kb1 (2.7 mg). Until this moment, the basic nucleus was characterized by UV analysis using shift reagents. The partial chemical structure of the compound Kb1 was identified as a flavonol, containing hydroxyls in 3 , 4 position (ring A), 5 and 7 free (ring B) and a replacement of the C3 hydroxyl by a sugar. As the analysis were performed in the HPLC coupled to a DAD, we observed that the UV spectrum of the major peaks of EH from K. brasiliensis shown similar UV spectrum. According to the literature, it has been reported the presence of patuletin glycosydes derivatives in the leaves of this species. Therefore, it is suggested that the compound Kb1 is glycosylated patuletin derivative. Probably the sugar (s) unit(s) are linked in the C3 in the C ring. . Regarding the development of HPLC analytical method, the system used consists of phase A: water: formic acid (99,7:0,3, v / v) and phase B: methanol: formic acid (99,7:0,3, v / v), elution gradient of 40% B - 58% B in 50 minutes, ccolumn (Hichrom ®) C18 (250x4, 0 mm, 5 μm), flow rate 0.8 mL / min, UV detection at 370 nm, temperature 25 ° C. In the analysis performed with the co-injection of thecompound Kb1 + HE of K. brasiliensis was observed that it is one of the major compounds with a retention time of 12.47 minutes and had a content of 15.3% in EH of leaves from K. brasiliensis. The method proved to be linear, precise, accurate and reproducible. According to these results, it was observed that compound Kb1 can be used as a chemical marker of EH from leaves of K. brasiliensis, to assist in quality control of drug plant and its derivatives
metadata.dc.description.resumo: Kalanchoe brasiliensis Cambess (Crassulaceae), conhecida popularmente como saião, coirama branca e folha grossa, é originária do Brasil e comumente encontrada de São Paulo até a Bahia, principalmente na zona litorânea. Quanto à atividade microbiológica, estudos pré-clínicos foram realizados no sentido de investigar a atividade antiinflamatória, para os extratos obtidos a partir folhas e/ou partes áreas de K. brasiliensis. Em relação à constituição química, há relatos principalmente da presença de flavonoides nas folhas da espécie. Embora seja uma espécie utilizada amplamente na medicina tradicional no Brasil, não há monografia que especifique os parâmetros de qualidade da droga vegetal. Dentro deste contexto, o presente trabalho tem como objetivo caracterizar e a quantificar os marcadores químicos do extrato hidroetanólico (EH) das folhas de K. brasiliensis, que possam ser utilizados no controle de qualidade de derivados obtidos a partir dessa espécie. A metodologia do estudo foi dividida em duas partes: i. Estudo fitoquímico: fracionamento, isolamento e caracterização de marcador(es) químico(s) do extrato hidroetanólico das folhas de K. brasiliensis; ii.Desenvolvimento e validação de metodologia analítica por Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (CLAE) para quantificar (o)s marcador(es) químico(s) do EH. i. O EH 50% foi obtido pelo método de turboextração. Em seguida foi submetido a uma partição líquido-líquido, obtendo-se as frações diclorometano, n-butanol e acetato de etila (FAcOEt). A fração acetato de etila foi selecionada para dar continuidade ao fracionamento, e por apresentar um perfil químico rico em flavonoides, uma vez que esses metabólitos parecem estar relacionados à atividade farmacológica. ii. Para a análise quantitativa, o EH foi analisado por CLAE, utilizando diferentes métodos. Após selecionado o método mais adequado, que apresentou picos simétricos e resolução satisfatória, foi realizada a validação segundo parâmetros da RE No 899/2003. Como resultados, foi obtido a partir da fração acetato de etila o composto Kb1 (2,7mg). Neste composto, foi caracterizado o núcleo básico flavonoídico por análise por UV utilizando reagentes de deslocamento. O composto Kb1 foi identificado como um flavonol, com hidroxilas em 3 , 4 (anel B) e 5 e 7 livres (anel A), além de uma hidroxila substituída em C3. Como foi utilizado a CLAE acoplada a um detector de arranjo de diodos, foi possível observar que os espectros UV dos picos majoritários do EH de K. brasiliensis são similares. Em estudos anteriores foi descrita a presença de derivados glicosilados da patuletina nas folhas dessa espécie. Portanto, sugere-se que Kb1 seja um derivado glicosilado na posição C-3 da patuletina. Quanto ao desenvolvimento analítico por CLAE, o sistema utilizado foi constituído de fase A: água:ácido fórmico (99,7:0,3, v/v) e fase B: metanol:ácido fórmico (99,7:0,3, v/v) em eluição gradiente de 40%B - 58%B em 50 minutos, coluna cromatográfica (Hichrom) C18 (250x4,0mm, 5μm), fluxo 0,8 mL/min, detecção em UV a 370 nm, temperatura de 25oC. Por meio de co-injeção do padrão + extrato foi observado que Kb1 trata-se de um dos compostos majoritários, com tempo de retenção de 12,47 minutos e apresentou um teor de 15,3% no EH de K. brasiliensis O método apresentou-se linear, preciso, exato e reprodutível. De acordo com os resultados obtidos, foi observado que Kb1 pode ser utilizado como marcador químico do EH das folhas de K. brasiliensis, para auxiliar no controle de qualidade da droga vegetal e seus derivados
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13476
Aparece nas coleções:PPGCF - Mestrado em Ciências Farmacêuticas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AnneCOC_DISSERT.pdf1,93 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.