Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13516
Título: Produção, acúmulo e decomposição da serrapilhadeira e repartição da precipitação pluviométrica por espécies da caatinga
Título(s) alternativo(s): Production, accumulation and decomposition of litter and distribution of rainfall by species of the Caatinga
Autor(es): Silva, Ane Cristine Fortes da
Palavras-chave: Ciclagem de nutrientes. Método dos litterbags. Escoamento pelo tronco;Nutrient cycling. Method of litterbags. Stemflow
Data do documento: 17-Mar-2014
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: SILVA, Ane Cristine Fortes da. Production, accumulation and decomposition of litter and distribution of rainfall by species of the Caatinga. 2014. 64 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais; Manejo e Utilização dos Recursos Florestais) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Resumo: This study aimed to establish patterns of dynamics of litter and redistribution of rainfall of Caatinga vegetation. Sampling was done monthly for twenty three months in four areas: degraded, successional primary stage, secondary stage and late stage. We installed 72 collectors of 1.0 mx 1.0 m, with nylon fabric background in three areas. Litter deposited was fractionated into leaves, twigs, reproductive structures and miscellaneous, dried and weighed. To assess the stock of accumulated litter we used metal frame with dimensions of 0.5 mx 0.5 m, thrown randomly and collected monthly, taken to the laboratory for oven drying and weighed. To evaluate the decomposition, 40g of litter were placed in nylon bags (litterbags) mesh 1 mm ², dimensions 20.0 x 20.0 cm, being distributed on the soil surface and removed monthly, cleaned, dried and weighed. To evaluate the contribution of rainfall we used interceptometers installed 1.0 m above the ground surface, distributed under the canopy of six species of the caatinga, which evaluated the stemflow through collecting system installed around the stems of these species. The deposition of litter in the primary stage was 2.631,26 kg ha-1; 3.144,89 kg ha-1 in the secondary stage; 3.144,89 kg ha-1 in the late stage. The fraction of leaves was the largest contributor to the formation of litter in three stages. The degraded area showed greater accumulation of litter and decomposition has been sluggish during the dry period. We conclude that occurred greater litterfall in later stages. The late successional stage showed faster decomposition of litter, the evidence that is a better use of litter in nutrient cycling processes and incorporation of organic matter to the soil. The time required to decompose 50 % of the litter in the later stages of succession was lower indicating greater speed of release and reuse of nutrients by the vegetation. The specie jurema preta with less leaf area and consists of leaflets, showed greater internal precipitation in rain events of greater magnitude. The stemflow was not influenced by DAP and basal area. The water lost by trapping represented the largest proportion of total rainfall in all species studied
metadata.dc.description.resumo: O presente trabalho teve por objetivo estabelecer padrões da dinâmica da serrapilheira e redistribuição da água da chuva da vegetação da Caatinga. Foram realizadas coletas mensais durante vinte três meses em quatro áreas: degradada, estágio sucessional primário, secundário e tardio. Foram instalados 72 coletores de 1,0 m x 1,0 m, com fundo da tela de náilon em três áreas. A serrapilheira depositada foi fracionada em folhas, galhos, estruturas reprodutivas e miscelânea, secas em estufa e pesadas. Para avaliar o estoque de serrapilheira acumulada utilizou-se moldura metálica com dimensões de 0,5 m x 0,5 m, lançada aleatoriamente, sendo coletada mensalmente, levada ao laboratório para secagem em estufa e pesadas. Para avaliação da decomposição, 40g serrapilheira, foram colocadas em sacolas de náilon (litterbags) malha 1 mm², dimensões 20,0 x 20,0 cm, sendo distribuídas na superfície do solo e retiradas mensalmente, limpas, secas e pesadas. Para a avaliação da contribuição da precipitação pluvial, utilizou-se interceptômetros instalados 1,0 m acima da superfície do solo, distribuídos abaixo da copa de seis espécies da caatinga, onde se avaliou o escoamento pelo tronco através de sistema coletor instalado ao redor dos caules dessas espécies. A deposição de serrapilheira no estágio primário foi 2.631,26 kg ha-1, 3.144,89 kg ha-1 no estágio secundário e 4.542,30 kg ha-1 no estágio tardio. A fração folhas foi a que mais contribuiu na formação da serrapilheira nos três estágios avaliados A área degradada apresentou maior acúmulo de serrapilheira e a decomposição mostrou-se lenta durante o período seco. Conclui-se que ocorreu maior produção de serrapilheira nos estágios mais avançados. O estágio sucessional tardio apresentou decomposição da serrapilheira mais rápida, o que evidência um melhor aproveitamento da serrapilheira no processo de ciclagem de nutrientes e na incorporação de matéria orgânica ao solo. O tempo necessário para decompor 50% da serrapilheira da Caatinga nos estágios mais avançados de sucessão foi menor indicando maior velocidade da liberação e o reaproveitamento de nutrientes por parte da vegetação. A jurema preta, com menor área foliar e constituída de folíolos, apresentou maior precipitação interna nos eventos de chuva de maior amplitude. O escoamento pelo tronco não foi influenciado pelo DAP e área basal. A água perdida por interceptação representou a maior proporção da precipitação pluviométrica total em todas as espécies estudadas
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13516
Aparece nas coleções:PPGCF - Mestrado em Ciências Florestais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AneCFS_DISSERT.pdf3,03 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.