Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13521
Título: The Beatles: ensaio sobre a ética do amor
Autor(es): Anjos, Francisco Flávio Oliveira dos
Palavras-chave: Ética;Amor;Beatles;Cultura de massa;Ethics;Love;Beatles;Mass-comm
Data do documento: 1-Out-2007
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: ANJOS, Francisco Flávio Oliveira dos. The Beatles: ensaio sobre a ética do amor. 2007. 180 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2007.
Resumo: The thesis intends to discuss the ethics by the way of love. So, it uses as a mention the musical work and the set of attitudes of the group that changed the way of thinking across the 20th Century mass-comm, entering a new way of thinking about the World: The Beatles. Analyzing the lyrics and the writing of the songs was searched the comprehension of he intrinsic love message at the Ethics it expresses. At the musical art of The Beatles political messages had been announced in a time that the World sought a Ethic way beyond the several declared war and the Cold War. Taking the Edgar Morin works as a base, O método 6, Ética (2005), it sought to understand the idea who permeates the human relations: the good, the possible, the necessary. Another works used as a cognitive base were Meus demônios (2003), Cultura de massas no Século XX: neurose (2005), Cultura de massas no Século XX (2006), The Beatles Anthology (2000) and Many years from now (2000). Holding the Ethics idea showed by Morin were established imaginary lines that perpass the behavior of the group known in the entire World understood till nowadays as tolerance, comprehension, peace, love and endurance messengers. The Beatles operate during the sixties a musical reborn, which allowed to the people the discussion and the reflexion about the World and the human being new behavior,endurance but acting with tolerance. Permeating the basic study, we find the Beatles way, the group origin, the fast walk till success, the spiritual choice, who guide their behavior and the end of the band. The music used as a masscomp instrument passes by the condition of a simple way of communicating. It deeply action feeds feelings, allows transcendence and is showed as target of human being transformation. The Ethics in music passes by the ideological barriers and becomes to comprehension with a clear synthony for the man, cause the polyphony and the new musical order establish the messages worldwide
metadata.dc.description.resumo: O trabalho pretende discutir a ética pela via do amor. Para tanto, utiliza como referência a obra musical e o conjunto de posturas do grupo que modificou as mentalidades através da cultura de massa no século XX, introduzindo uma nova forma de pensar o mundo, The Beatles. Analisando as letras das músicas do grupo e a feitura das canções, procurou-se compreender a mensagem de amor intrínseca na ética expressa. Na arte musical dos Beatles foram anunciadas mensagens políticas numa época em que o mundo buscava um direcionamento ético frente às inúmeras guerras declaradas e à cruel guerra fria. A partir da obra direcionadora de Edgar Morin, O método 6, Ética (2005), buscou-se compreender a idéia que permeia as relações humanas: o bem, o possível e o necessário. Outras obras que servem de suporte cognitivo foram Meus Demônios (2003) e Cultura de Massas no Século XX: necrose (2006), ambas do mesmo autor, Edgar Morin, e ainda The Beatles, Antologia (2000). Detendo a idéia de ética apresentada por Morin, foram traçadas linhas imaginárias que perpassam as posturas do grupo de rapazes conhecido no mundo inteiro, e que até os dias atuais são entendidos como mensageiros da tolerância, da compreensão, da paz, do amor e da resistência. Os Beatles operaram durante a década de 1960 um renascimento musical, o qual permitiu às massas a discussão e a reflexão acerca do mundo e da nova postura do humano, resistente, embora tolerante. Permeando o estudo central, apresenta-se a trajetória dos Beatles, a origem do grupo, a caminhada rápida ao sucesso, a busca espiritual orientadora da conduta do grupo e o seu fim. A música utilizada como instrumento de comunicação de massa ultrapassa a condição de simples comunicadora. Sua ação mais profunda alimenta sentimentos, permite a transcendência e configura-se como objeto de transmutação do humano. A ética na música perpassa as barreiras ideológicas e chega à compreensão numa clara sintonia para o homem, pois a polifonia e a nova ordem musical estabelecem uma universalização das mensagens
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13521
Aparece nas coleções:PPGCS - Mestrado em Ciências Sociais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
FranciscoFOA.pdf4,72 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.