Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13552
Título: A transformação da Associação de Professores do Rio Grande do Norte (APRN) em Sindicato dos Trabalhadores em Educação (1986-1990)
Autor(es): Santos, José Maximiano dos
Palavras-chave: Novo sindicalismo;Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Rio Grande do Norte;Classes médias;Nuevo sindicalismo;Sindicato dos trabajadores de la educación - SINTE;Clases medias
Data do documento: 11-Nov-2008
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: SANTOS, José Maximiano dos. A transformação da Associação de Professores do Rio Grande do Norte (APRN) em Sindicato dos Trabalhadores em Educação (1986-1990). 2008. 99 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2008.
Resumo: El estudo que ahora apresentamos habla a respecto ala transformaçión de la Asociación de maestros del Rio Grande del Norte (APRN en sindicato de los trabajadores en educación (SINTE) en el período de 1986 1990. Tratase basicamiente de las razones que llebaran historicamente la APRN la reorganizar sus luchas, su cultura política y el su movimiento reivindicatório; que impulsionaran la construción del próprio sindicato el único de la categoria, após el regime militar em el país especialmente en el gobierno Sarney, y en el ánbito estadual com la resistência la política econômica y la repreción policial del gobierno Geraldo Melo, la época. El estudo también apunta algunas caraterísticas marcantes del contexto histórico de la educación nacional, enfatizando la asención de la escuela nueva en el Brasil en las décadas de 1920 y 1930, inclusive delante del movimiento sindical, controlado por el gobierno Vargas que tênia uma praetica corporativista. Es importante decir que esas características estavan juntas del contexto local, en el rato en que se percebia la primer gestan del prof Anfilóquio Cámara, como el primer presidente de la APRN, al partir de la su fundación (1920), y que tênia um relacionamento bastante estrecho com el poder público estadual de caráter liberal. Habia una discución sobre la abertura política y la atuación política de las clases médias brasileñas ya em 1979, y al mismo tiempo analisabase el desencandeamiento del nuevo sindicalismo en el ABC Paulista, mientras uno movimiento sindical, autônomo y democrático que tênia el objetivo de juntar lãs luchas de los operários dentro y fuera de las fábricas reivindicando basicamiente: la redución de la jornada del trabajo, reajuste de sueldo y condición del trabajo, bien como lãs sus consecuencias para el movimiento de los educadores potigurares. Al hacer en septembre de 1989, el sindicato de los trabajadores en educación del Rio Grande del Norte se desvincula definitivamiente de uma estructura sindical vertical (tradicional), que la ex-APRN herdo al longo de su História del gobierno Vargas, siempre controlada pelo Estado y que en las décadas de 1980 y 1990 fue fortalecido por la CNTE (Confederación Nacional de los Trabajadores en la, educación), principalmente, a partir del Congreso Nacional de Unificación de los Trabajadores en la Educación, realizado en Aracaju/SE em el período de 25 a 28 de enero de 1990 en el sentido tambien de las sus principais reivindicaciones: escuela pública, gratuita y de cualidades en todos los pasos, verbas públicas solamiente para las escuelas públicas, reposición de los reajustes de sueldo, condición del trabajo, sueldo unificado nacional y la eradicación del analfabetismo
metadata.dc.description.resumo: O estudo que ora apresentamos, diz respeito à Transformação da Associação de Professores do Rio Grande do Norte em Sindicato dos Trabalhadores em Educação (SINTE) no período 1986-1990). Trata-se basicamente das razões que levaram historicamente a APRN a (re)organizar suas lutas, sua cultura política e o seu movimento reivindicatório; que impulsionaram a construção do próprio Sindicato único da categoria, após o regime militar no país, especialmente no governo Sarney, e no âmbito estadual com a resistência à política econômica e à repressão policial do governo Geraldo Melo, à época. O estudo também aponta algumas características marcantes do contexto histórico da educação nacional, enfatizando a ascensão da Escola Nova no Brasil nas décadas de 1920 e 1930, inclusive diante do movimento sindical, controlado pelo governo Vargas que tinha uma prática corporativista. É importante dizer que, essas características estavam ligadas ao contexto local, no momento em que se percebia a primeira gestão do prof. Anfilóquio Câmara, como o primeiro presidente da APRN, a partir da sua fundação (1920); e que mantinha um relacionamento bastante estreito com o poder público estadual de caráter liberal. Havia uma discussão sobre a Abertura Política e a atuação política das classes médias brasileiras, já em 1979, e ao mesmo tempo analisava-se o desencadeamento do Novo Sindicalismo no ABC Paulista, enquanto um movimento sindical classista, autônomo e democrático; que tinha o objetivo de unificar as lutas dos operários dentro e fora das fábricas reivindicando basicamente: a redução da jornada de trabalho, reajuste salarial e condições de trabalho, bem como as suas conseqüências para o movimento dos professores potiguares. Ao nascer, em setembro de 1989, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Rio Grande do Norte se desvincula definitivamente de uma estrutura sindical vertical (tradicional), que a ex-APRN herdou ao longo de sua História do governo Vargas, sempre controlada pelo Estado, e que nas décadas de 1980 e 1990 foi fortalecido pela CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação), principalmente, a partir do Congresso Nacional de Unificação dos Trabalhadores em Educação, realizado em Aracaju/SE no período de 25 a 28 de janeiro de 1990 no sentido também das suas principais reivindicações: escola pública, gratuita e de qualidade em todos os níveis, verbas públicas somente para as escolas públicas, reposição das perdas salariais, condições de trabalho, um piso salarial nacionalmente unificado e a erradicação do analfabetismo
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13552
Aparece nas coleções:PPGCS - Mestrado em Ciências Sociais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
JoseMS.pdf2,37 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.