Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13559
Título: A magia do cinema na praça:apropriação do espaço e sociabilidade em Salvador-BA
Autor(es): Silva, Alzilene Ferreira da
Palavras-chave: Espaço;Praça;Cinema;Sociabilidade;Space;Square;Cinema;Sociability
Data do documento: 2-Abr-2009
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: SILVA, Alzilene Ferreira da. A magia do cinema na praça:apropriação do espaço e sociabilidade em Salvador-BA. 2009. 234 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2009.
Resumo: It s in the city spaces, molded from the uses and daily appropriations, that life is woven, as a product of the social relationships from the accumulation of history along with the present day fabric. Within this relationship, the old and the new are elements which make up this tapestry, as a result of the contribution of successive generations. The public square is seen as an example of this relationship, since it consists of a fertile space for opportunities of urban life coexistence. It is within the trace of these considerations that the present study emerges regarding the appropriation and sociability of the Tomé de Sousa Square, located in the city of Salvador, BA, having as its main focus the special relation between the cinema and the public square, as it relates to the space of the exhibition of cinematographic art. The showing of films in public squares makes possible a distinctive means of appropriation which has occurred ever since the beginning of the cinema. Today in Brazil, projects of this nature abound, which aim at presenting the seventh art to a great portion of the population which doesn t have access to conventional movie theater projection rooms. This particular Projeto Cinema na Praça Cinema in the Square Project carried out in Salvador, has become the empirical reference point for such work. This journey reveals the fascination that this great art has woven through time, attracting and charming multitudes. The cinema touches people in a special way, stirring up affectionate feelings, which are reflected in multiple social practices. Regarding this work, what stands out above all are the projections in the squares, initiatives which make it possible for the films to be watched collectively. What was taken into account in order to carry out this work were the reports of those who came regularly to watch the cinema in the Square sessions, those involved with the cinema projects team, and the film makers. To do the work, besides a bibliographical revision, observations were made of participants in the Tomé de Sousa Square, taken from semi-structured interviews with people involved with the film projection projects and those who came regularly to the cinema in the Square sessions. Also investigations were made in newspapers, printed magazines and the internet, from document and iconographic sources. The photographic documentation proved to be an important contribution to the field work. The research therefore develops from the understanding that the social practices are what make possible the uses of and the appropriation of the spaces. Within this perspective the public square emerges as a privileged locus where possibilities flourish for multiple manifestations that social practices can generate
metadata.dc.description.resumo: São nos espaços da cidade, moldados a partir dos usos e apropriações cotidianos que a vida se efetiva, como produto das relações sociais, da acumulação histórica e da tecedura realizada no presente. Nessa relação, o velho e o novo são elementos que constituem esse cenário, resultante das construções das sucessivas gerações. A praça é vista como exemplo dessa relação, pois consiste em um espaço fértil de possibilidades de convivência urbana. No rastro dessas considerações, surge o presente estudo sobre a apropriação e sociabilidade na Praça Tomé de Sousa, localizada na cidade de Salvador-Ba, tendo como enfoque precípuo a relação especial entre o cinema e a praça, no que diz respeito ao espaço das práticas de exibição da arte cinematográfica. As exibições de filmes em praças viabilizam um modo peculiar de apropriação que ocorre desde os primórdios do cinema. Atualmente no Brasil pululam projetos dessa natureza, que visam a apresentação da sétima arte à grande parcela da população que não tem acesso às salas convencionais de projeção. Nesse particular o Projeto Cinema na Praça, realizado em Salvador, torna-se a referência empírica desse trabalho. Esse caminhar revela o fascínio que essa grande arte vem tecendo ao longo dos tempos, atraindo e encantando multidões. O cinema toca de modo especial as pessoas, despertando afetos e isso se reverbera em múltiplas práticas sociais. No tocante a esse trabalho, destaca-se mormente as projeções em praças, iniciativas que tornam possíveis assistir a filmes coletivamente. Para realização do trabalho levou-se em consideração os relatos dos freqüentadores das sessões de cinema na Praça, das pessoas envolvidas da equipe dos projetos de cinema e cineastas. Para a feitura do trabalho, afora a revisão bibliográfica, realizou-se observações participantes na Praça Tomé de Sousa, entrevistas semi-estruturadas com pessoas envolvidas com projetos de exibição e freqüentadores das sessões de cinema na Praça. Também investigação em jornais e revistas impressos e na Internet, além de fontes documentais e iconográficas. O registro fotográfico apresenta-se como importante contributo ao trabalho de campo. A pesquisa desenvolve-se, portanto, a partir da compreensão de que são as práticas sociais, que tornam possíveis os usos e apropriações dos espaços. Nessa perspectiva a praça surge como um lócus privilegiado onde afloram-se possibilidades de múltiplas manifestações que as práticas sociais podem engendrar
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13559
Aparece nas coleções:PPGCS - Mestrado em Ciências Sociais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AlzileneFS.pdf3,12 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.