Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13608
Título: A mídia impressa sergipana nas eleições para governador em 2006: cobertura do Cinform, correio de Sergipe e jornal da cidade
Autor(es): Dias, Deise Ribeiro
Palavras-chave: Mídia impressa;Eleições 2006;Hegemonia;Print media;Elections 2006;Hegemony
Data do documento: 14-Jun-2010
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: DIAS, Deise Ribeiro. A mídia impressa sergipana nas eleições para governador em 2006: cobertura do Cinform, correio de Sergipe e jornal da cidade. 2010. 121 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2010.
Resumo: The elections for governor in 2006 with its victory Marcelo Déda Workers Party (PT), were a landmark in the state of Sergipe, for the first time, called progressive fronts (an alliance of parties formed mostly by origin of the left) broke the hegemony of two political groups, Franco and the Alves, whose direction was in force for over 30 years. This study proceeds on the assumption that the print media has certain standards of conduct in covering the election period. Therefore, this study seeks to quantify, classify and compare data from three newspapers more representative of the State of Sergipe (Cinform, Cidade Journal and Correio de Sergipe) to analyze the behavior of these journals, such as private apparatus of hegemony in election coverage 2006. It also uses the concept of hegemony Gramsci and theories of journalism framing (Entman and Porto) and agenda setting (McCombs and Shaw) to identify these patterns
metadata.dc.description.resumo: As eleições para governador em 2006, com a vitória do candidato Marcelo Déda do Partido dos Trabalhadores (PT), foram um marco histórico no Estado de Sergipe, pois, pela primeira vez, as chamadas frentes progressistas (aliança formada principalmente por partidos de origem de esquerda) romperam com a hegemonia de dois grupos políticos: os Franco e os Alves, cuja direção vigorava há mais de 30 anos. Este estudo parte da hipótese de que a mídia impressa apresenta determinados padrões de comportamento na cobertura do período eleitoral. Portanto, busca-se nesta dissertação, quantificar, qualificar e comparar dados dos três jornais mais representativos do Estado de Sergipe (Cinform, Jornal da Cidade e Correio de Sergipe) para análise do comportamento desses periódicos, como aparelhos privados de hegemonia, na cobertura das eleições de 2006. Recorre-se também ao conceito de hegemonia de Antonio Gramsci, assim como às teorias do jornalismo de enquadramento (Robert Entman e Mauro Porto) e agenda setting (Maxwell McCombs e Donald Shaw) de forma a identificar esses padrões
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13608
Aparece nas coleções:PPGCS - Mestrado em Ciências Sociais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DeiseRD_DISSERT.pdf2,46 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.