Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13635
Título: Instituições prevalecentes, tradição e persistência no extrativismo da cera de carnaúba em Limoeiro do Norte -CE
Título(s) alternativo(s): INSTITUIÇÕES PREVALECENTES, TRADIÇÃO E PERSISTÊNCIA NO EXTRATIVISMO DA CERA DE CARNAÚBA EM LIMOEIRO DO NORTE CE.
Autor(es): Varela, ângelo Felipe Castro
Palavras-chave: Extrativismo da Cera de Carnaúba;Persistência;Rendeiros.;Extrativismo of the Brazil wax;Persistence;Rendeiros.
Data do documento: 30-Jun-2011
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: VARELA, ângelo Felipe Castro. INSTITUIÇÕES PREVALECENTES, TRADIÇÃO E PERSISTÊNCIA NO EXTRATIVISMO DA CERA DE CARNAÚBA EM LIMOEIRO DO NORTE CE.. 2011. 92 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2011.
Resumo: A presente pesquisa visa entender os fatores que explicam a manutenção dos aspectos artesanais no extrativismo da cera de carnaúba em Limoeiro do Norte. Justificamos a exploração desse tema pelo fascínio do autor pelo tema e por ser esse recurso ainda uma importante fonte de renda para produtores e trabalhadores rurais no respectivo município. Objetivamos nessa pesquisa identificar as razões pelas quais a atividade mantém seu padrão tecnológico intacto. Primeiro objetivamos uma descrição do processo produtivo da cera, tanto no passado, quanto no presente, comparando estes momentos e ressaltando o caráter artesanal da atividade, além de analisar a importância atual da atividade para aqueles que ainda lidam com esse tipo de produção, bem como procuramos revelar estrutura histórica e institucional que permeia a lógica e as escolhas destes produtores, a qual pode explicar a preservação destes aspectos artesanais. Utilizando o referencial teórico do institucionalismo, explicamos que a preservação destes aspectos artesanais, ocorre em virtude da prevalência de determinadas instituições, como a memória coletiva cultivada entre os rendeiros idosos e resistentes, a concentração fundiária, responsável pelo arrendamento e também as restritas possibilidades de investimento e poupança no processo produtivo, em face do baixo nível de renda de produtores, os quais com um produto pouco competitivo no mercado, pouco podem fazer para inovar tecnologicamente.
metadata.dc.description.resumo: A presente pesquisa visa entender os fatores que explicam a manutenção dos aspectos artesanais no extrativismo da cera de carnaúba em Limoeiro do Norte. Justificamos a exploração desse tema pelo fascínio do autor pelo tema e por ser esse recurso ainda uma importante fonte de renda para produtores e trabalhadores rurais no respectivo município. Objetivamos nessa pesquisa identificar as razões pelas quais a atividade mantém seu padrão tecnológico intacto. Primeiro objetivamos uma descrição do processo produtivo da cera, tanto no passado, quanto no presente, comparando estes momentos e ressaltando o caráter artesanal da atividade, além de analisar a importância atual da atividade para aqueles que ainda lidam com esse tipo de produção, bem como procuramos revelar estrutura histórica e institucional que permeia a lógica e as escolhas destes produtores, a qual pode explicar a preservação destes aspectos artesanais. Utilizando o referencial teórico do institucionalismo, explicamos que a preservação destes aspectos artesanais, ocorre em virtude da prevalência de determinadas instituições, como a memória coletiva cultivada entre os rendeiros idosos e resistentes, a concentração fundiária, responsável pelo arrendamento e também as restritas possibilidades de investimento e poupança no processo produtivo, em face do baixo nível de renda de produtores, os quais com um produto pouco competitivo no mercado, pouco podem fazer para inovar tecnologicamente.
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13635
Aparece nas coleções:PPGCS - Mestrado em Ciências Sociais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AngeloFCV_DISSERT.pdf517,43 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.