Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13652
Título: Redes sociais e a lógica do desvio comportamental em relação às normas de trabalho
Título(s) alternativo(s): Social networks and the logic of deviance about work norns
Autor(es): Burlamaqui, Nestor Medeiros Filgueira
Palavras-chave: redes sociais;normas sociais;racionalidade;desvio comportamental;modelo matemático;social network;social norms;rationality;deviance;agent based modeling
Data do documento: 23-Mar-2012
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: BURLAMAQUI, Nestor Medeiros Filgueira. Social networks and the logic of deviance about work norns. 2012. 107 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.
Resumo: This paper aim to check a hypothesis that assumes several behaviors related to social work norm´s obeying as a phenomenon that can be explained by actor´s social network structure and the rational choice processes related to the social norm inside that network, principally the payoff´s analysis received by the closest actors, or neighbors, at a social situation. Taking the sociological paradigm of rational action theory as a basis, the focus is on a debate about the logic of social norms, from Émile Durkheim´s method to Jon Elster´s theory, but also including social network analysis´s variables according to Robert Hanneman; and also Vilfredo Pareto´s constants related to human sociability, at the aim to detect elements that can help the scholars to develop an agent based model which could explain the sociological problem of deviance by a better way than the common sense´s view about morality and ethics at a social work environment
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho pretende verificar a hipótese de que a adoção de comportamentos de obediência ou desobediência a norma social de trabalho pode ser explicada pela posição estrutural dos indivíduos numa rede social e pelos processos racionais relevantes à norma dentro desta rede; especialmente no tocante à avaliação de punições e recompensas recebidas pelas pessoas com as quais se tem mais contato no ambiente social em questão. Adotando o paradigma da sociologia da ação, o foco é o debate a respeito de uma lógica das normas sociais a partir de Émile Durkheim e que chega até Jon Elster, mas também inclui uma exploração do conceito de resíduos de Vilfredo Pareto recorrendo, dessa forma, às constantes comportamentais relacionadas ao desvio e à sociabilidade humana e nos utilizando de medidas da análise de redes sociais de acordo com a obra de Robert Hanneman, no objetivo de detectar elementos necessários ao desenvolvimento de um modelo matemático explicativo que possa ajudar aos pesquisadores a compreender o problema do desvio comportamental relacionado às normas sociais de forma mais eficaz do que o recurso a eventuais fatores utilizados pelo senso comum, como princípios morais ou valores éticos e, no caso abordado, um eventual senso de responsabilidade no ambiente de trabalho
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13652
Aparece nas coleções:PPGCS - Mestrado em Ciências Sociais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
NestorMFB_DISSERT.pdf1,54 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.