Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13662
Título: Eça de Queiroz e a cozinha burguesa: literatura e alimentação
Autor(es): Silva, Michelle Cristine Medeiros da
Palavras-chave: Literatura. Alimentação. Cozinha. Cozinha burguesa;Literature. Food. Culinary. Bourgeois cuisine
Data do documento: 1-Ago-2012
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: SILVA, Michelle Cristine Medeiros da. Eça de Queiroz e a cozinha burguesa: literatura e alimentação. 2012. 174 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.
Resumo: Using literature to discuss the topic of food, proper bourgeois cuisine, was the purpose of this work. As a corpus, we use one of the works of Eça de Queiroz, The City and the Mountains. Served as theoretical references the Claude Levi-Strauss s concept of universal culinary and the Jean Claude Fischler s concept of specific culinary who understands food as a cultural system which includes representations, beliefs and practices of a specific group. After the initial reading of the novel and construction of a file containing general information of the work, categories designed for elaboration of a material for analysis were these: work, characters, food, intellectuals and geographies. We realized the culinary as an epicenter for understanding the culture of a specific group: in this case, the bourgeois. We proposed a quaternary model for systematizing it: this bourgeois cuisine highlights the technique, has affection for what is rare and/or expensive but still consume it with temperance, establishing a new relationship with the use of time and, finally, it is the one that opens the ritual that involves frequent restaurants and cafes. The exercise of thinking the bourgeois cuisine through the literature suggests that the art may work on increase the comprehensive capabilities of nutritionists, professionals who deal with a complex object in your practice: the food
metadata.dc.description.resumo: Utilizar a literatura para problematizar o tema da alimentação, propriamente a cozinha burguesa, foi o propósito deste trabalho. Como corpus, utilizamos uma das obras de Eça de Queiroz, A cidade e as Serras. Serviram como referenciais teóricos o conceito de cozinha universal de Claude Lévi-Strauss, além daquele apresentado pelo sociólogo Jean Claude Fischler que a compreende como um sistema cultural alimentar que comporta representações, crenças e práticas de um grupo específico. Após a leitura inicial do romance e construção de um arquivo com informações gerais sobre a obra, espacialidades para elaboração de um material de análise foram assim pensadas a priori: a obra, personagens, comidas, intelectuais e geografias. Percebemos a cozinha como um epicentro para a compreensão da cultura de um grupo específico: neste caso, o burguês. Propusemos um modelo quaternário para sistematizá-la: a cozinha burguesa é aquela que põe em relevo a técnica, que tem afeição por aquilo que é raro e/ou caro apesar de consumi-lo com temperança, que estabelece uma nova relação com o uso do tempo e que, por fim, inaugura o ritual que envolve frequentar restaurantes e cafés. O exercício de pensar a cozinha burguesa por meio da literatura sugere que esta possa produzir na formação de nutricionistas a ampliação de suas capacidades de compreensão do objeto complexo com o qual lidam em sua profissão: a alimentação
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13662
Aparece nas coleções:PPGCS - Mestrado em Ciências Sociais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MichelleCMS_DISSERT.pdf9,93 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.