Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13670
Título: Ambiente pesqueiro e saúde: representações sociais sobre saúde e doença de pescadores e marisqueiras nos distritos de Diogo Lopes, Barreiras e Sertãozinho Macau RN
Autor(es): Silva, Arkeley Xenia Souza da
Palavras-chave: Ambiente pesqueiro. Saúde. Doenças. Representações sociais. Discurso do sujeito coletivo;Fishing environment. Health. Diseases. Social representations. Collective subject speech
Data do documento: 4-Mar-2013
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: SILVA, Arkeley Xenia Souza da. Ambiente pesqueiro e saúde: representações sociais sobre saúde e doença de pescadores e marisqueiras nos distritos de Diogo Lopes, Barreiras e Sertãozinho Macau RN. 2013. 122 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Resumo: According to Brazil s Ministry of Fisheries and Aquaculture, artisanal fishermen are responsible for a significant fish production at national level, highlighting the importance of this activity. In Rio Grande do Norte State, Brazil, fishing has become an important part of economic and social processes. In this context, there are many inland fishing communities such as Barreiras, Diogo Lopes and Sertãozinho, which are part of Ponta do Tubarão State Reserve of Sustainable Development (RDSEPT), located in Macau and Guamaré, Rio Grande do Norte coastline cities. Fishermen and women, the last ones known as marisqueiras who work alongside the menfolk at sea, especially in the shellfish harvest, have been developing narrow relationships with nature, mainly with the sea, from where they extract their families subsistence. However, those communities have been facing several issues related to living conditions, health and diseases. Social representations have been analyzed in the speeches of fishermen/women who were registered active members in a fishermen association named Associação Colônia de Pescadores Z-41, regarding the period from 2008 to 2011. The analysis involved socio-economic profiles verification, identification and analysis of the group s main representative diseases and representations related to health and illness. This study searched for elements in order to provide the comprehension of the relationships among people s social representations and the fishing environment in which they live.. This qualiquantitative study was performed using recordings and transcriptions of structured and open-question interviews. The Collective Subject Speech tecnique proposed by Lefevre & Lefevre (2002) was applied to perform the interviews analysis using QualiQuantiSoft® software. The results showed that health and illness phenomena as well as social representations related to them in the fishing environment are not only abstract states but also physical ones, which interfere in all life extensions, establishing a set of relevant information that indicates that those people realize their own socio-cultural, economic, environmental and political context
metadata.dc.description.resumo: O Ministério da Pesca e Aquicultura traduz que os pescadores artesanais são responsáveis por uma significativa produção pesqueira a nível nacional, levando a percepção da importância dessa atividade. No Rio Grande do Norte a pesca vem se constituindo uma importante alavanca no processo econômico e social. Neste contexto, encontram-se as comunidades de Barreiras, Diogo Lopes e Sertãozinho, inseridos na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Ponta do Tubarão (RDSEPT), situada nos municípios de Macau e Guamaré, litoral norte do Estado. Pescadores e marisqueiras vem desenvolvendo estreitas relações com a natureza, em particular com o mar, de onde extraem a subsistência de suas famílias, por conseguinte, enfrentando diversas questões relativas às condições de vida, saúde e doença. Analisa-se as representações sociais no discurso do pescador artesanal e da marisqueira nesse ambiente pesqueiro, sócios ativos e cadastrados no período de 2008 a 2011 na Associação Colônia de Pescadores Z-41, envolvendo a verificação do perfil socioeconômico; identificação e análise das principais doenças representativas no grupo e as representações atribuídas à saúde e doença. A pesquisa desenvolveu-se na busca de elementos para a compreensão das relações entre essas representações sociais e o ambiente pesqueiro em que vivem. O estudo ocorreu de forma quali-quantitativa, através de entrevistas (estruturadas e questões abertas) gravadas e transcritas. Para análise das entrevistas, utilizou-se a técnica do Discurso do Sujeito Coletivo (DSC), proposto por Lefevre & Lefevre (2002), por meio do programa QualiQuantiSoft®. Os resultados demonstram que no seu cotidiano, os fenômenos de saúde e doença que acontecem, e as representações sociais atribuídas não são somente estados abstratos, são também estados físicos, que interferem em todas as dimensões da vida, constituindo um conjunto de informações relevantes, indicando, que os mesmos trazem uma visão do próprio contexto sociocultural, econômico, ambiental e político
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13670
Aparece nas coleções:PPGCS - Mestrado em Ciências Sociais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ArkeleyXSS_DISSERT.pdf4,48 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.