Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13732
Título: O tempo das brincadeiras : memória, turismo e tradição em Barra do Camaratuba PB
Autor(es): Silva, Gekbede Dantas da
Palavras-chave: Manifestações culturais;Memória e tradição;Turismo;Comunidades de pescadores Barra do Camaratuba-PB;Cultural manifestation;Memory and tradition;Tourism;Fisher community Barra do Camaratuba
Data do documento: 21-Set-2006
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: SILVA, Gekbede Dantas da. O tempo das brincadeiras : memória, turismo e tradição em Barra do Camaratuba PB. 2006. 171 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2006.
Resumo: Barra do Camaratuba belongs to Mataraca city, nearby the boarder between Paraíba and Rio Grande do Norte states. It was the chosen community to develop this research, objectifying to study the set of practical of the cultural manifestations and the implications of the local tourist activity, considering the cultural dynamics. We tried to reconstruct stories from the narratives of the oldest inhabitants, natives, among others that they had lived, some how, individual and collective experiences related to the popular tricks and the traditional parties, considering what they speak and imagine about their experiences and its culture. The Lapinha, the Pastoril, the viola s songs, the Balls of Concertina, the João Redondo, the Ox of Kings, the wheel of Coconut were common practical perceivable through the communitarian bonds. Among these manifestations, the only one that resisted for a longer time was the wheel coconut. The São Pedro s fest is another popular manifestation that appears on the current scene like the padroeiro party, while others cultural practical compose the spectacle s scenery. These questions cover many of the narratives of the interviewed ones in the interlaced thing between memory, tourism and tradition. Therefore, we tried to build our research from the memory, participant observation, orality, techniques of the life history, personal depositions, among others basic methods for the reconstruction of a collective memory . Speaking about the past of Barra do Camaratuba is to live again the parties, the blood relations, the terço , the work in the roçados , in the flour house, the fishing, the leisure and the habits of the daily life. In this community, there is the presence of conflicts of social and cultural order, caused for the hegemonic classes that sponsor the parties. In the padroeiro party we perceive that the mercantile logic has started, very recently, to transform the religious factor into an excuse to put into motion the local economy. This way, a community originated from artisan fishers and agriculturists, having the fishing practical as a way of subsistence and the tricks as a reference, they had started to compose a new social picture with the arrival of the others and with the presumption and recent tourist development. We perceive social, environmental and cultural impact transformations, exemplified by a non planned activity or a predatory tourism. The changes will always be pointed and compared with other passing in a sphere of relations lived by the natives, local players and fishers
metadata.dc.description.resumo: Barra do Camaratuba, pertencente ao município de Mataraca, próxima à divisa da Paraíba com o Rio Grande do Norte, foi a comunidade escolhida para desenvolvermos este trabalho, objetivando estudar o conjunto das práticas das manifestações culturais e as implicações da atividade turística local, considerando a dinâmica cultural. Procuramos reconstruir histórias a partir das narrativas dos moradores mais antigos , nativos, entre outros que vivenciaram, de alguma forma, experiências individuais e coletivas relacionadas às brincadeiras populares e às festas tradicionais, levando em consideração o que falam e imaginam sobre o vivido e sobre sua cultura. A Lapinha, o Pastoril, as Cantorias de Viola, os Bailes de Sanfona, o João Redondo, o Boi de Reis, o Coco de Roda, eram práticas comuns perceptíveis através dos vínculos comunitários. Dentre essas manifestações, a única que resistiu por mais tempo foi o coco de roda. A festa de São Pedro é outra manifestação popular que aparece no cenário atual como a festa de padroeiro, enquanto outras práticas culturais vão compondo o cenário do espetáculo. Estas questões percorrem muitas das narrativas dos entrevistados no entrelaçado entre memória, turismo e tradição. Portanto, procuramos construir nosso trabalho a partir da memória, da observação participante, da oralidade, das técnicas da história de vida, depoimentos pessoais, entre outros métodos fundamentais para a reconstrução de uma memória coletiva . Falar sobre o passado de Barra do Camaratuba é reviver as festas, as relações de parentesco, o terço, o trabalho nos roçados, na casa de farinha, as pescarias, o lazer e os hábitos da vida cotidiana. Nessa comunidade há presença de conflitos de ordem social e cultural, causados pelas classes hegemônicas que patrocinam as festas. Na festa de padroeiro percebemos que a lógica mercantil começou, muito recentemente, a transformar o fator religioso num pretexto para movimentar a economia do local. Dessa forma, uma comunidade originada a partir de pescadores artesanais e agricultores, tendo a pesca como meio de subsistência e as brincadeiras com referência de diversão, passaram a compor um novo quadro social com a chegada de outros e com o suposto e recente desenvolvimento turístico. Percebemos transformações de impactos sócioambientais e culturais, exemplificados por uma atividade não planejada ou um turismo predatório. As mudanças sempre serão apontadas e comparadas a outras passadas numa esfera de relações vivenciadas pelos nativos, brincantes e pescadores locais
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13732
Aparece nas coleções:PPGCS - Mestrado em Ciências Sociais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
GekbedeDS.pdf1,83 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.