Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13802
Título: Desejo, preconceito e morte: assassinatos de LGBT em Segipe 1980 a 2010
Autor(es): Oliveira, Jose Marcelo Domingos de
Palavras-chave: LGBT;Violência;Homofobia;Preconceito;Sergipe;LGBT;Violence;Homophobia;Prejudice;Sergipe
Data do documento: 28-Fev-2012
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: OLIVEIRA, Jose Marcelo Domingos de. Desejo, preconceito e morte: assassinatos de LGBT em Segipe 1980 a 2010. 2012. 251 f. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.
Resumo: This study examines the phenomenon of the murders of LGBT in Sergipe, between 1980 and 2010. Data were collected from newspapers, police, and judicial proceedings in the Courts with family members and friends of victims. The data show that despite the existence of death for involvement with drugs (crack), crimes of passion, among others, homophobia is one of its most characteristic elements. The victim profile also differs greatly from the aggressor, while the first is made up of individuals aged 25 to 44 years, the offender is between 15 and 29 years. Added to this the sensationalism of the press, the limits of police and justice in dealing with such events. The results seem to be forgetting some of the cases that do not reach the jury. It is an extensive study that combines statistical and qualitative data with a view to offering a closer look at the issue. The result is a mapping of brutal crimes, which, in part, has homophobia as the primary cause for its implementation
metadata.dc.description.resumo: O presente estudo analisa o fenômeno dos assassinatos de LGBT em Sergipe, entre 1980 e 2010. Os dados foram coletados em jornais, delegacias de polícia, processos nas Varas judiciais e junto a familiares e amigos das vítimas. As informações demonstram que apesar da existência de mortes por envolvimento com drogas (crack), crimes passionais, entre outros, a homofobia é um dos seus elementos mais característicos. O perfil da vítima também difere muito do agressor, enquanto o primeiro é formado por indivíduos na faixa dos 25 aos 44 anos, o agressor está entre 15 e 29 anos. Somam-se a isso o sensacionalismo da imprensa, os limites da polícia e da Justiça em lidar com eventos desta natureza. O resultado tende a ser o esquecimento de uma parcela dos casos que não alcançam o Tribunal do Júri. É um estudo extensivo que mescla dados estatísticos e qualitativos na perspectiva de oferecer um olhar mais aprofundado sobre o tema. O resultado é uma cartografia de crimes brutais, que, em parte, tem a homofobia como causa primária para a sua execução
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13802
Aparece nas coleções:PPGCS - Doutorado em Ciências Sociais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
JoseMDO_TESE.pdf1,76 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.