Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14031
Título: Caracterização do nicho alimentar do polvo octopus insularis (cephalopoda: octopodidae): da população ao indivíduo
Autor(es): Batista, Allan Torrecilla
Palavras-chave: octopus insularis;polvo;nicho alimentar;população;personalidade;octopus insularis;dietary niche;population;personality
Data do documento: 18-Abr-2012
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: BATISTA, Allan Torrecilla. Caracterização do nicho alimentar do polvo octopus insularis (cephalopoda: octopodidae): da população ao indivíduo. 2012. 90 f. Dissertação (Mestrado em Bioecologia Aquática) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.
Resumo: Octopus insularis, target species in this study, is the dominant benthic octopus of the North and Northeast Brazil. Studies on behavior and ecology of the species have been conducted primarily on oceanic islands, with little information on the continental populations. In this study, two regions of the coast of RN, Rio do Fogo and Pirangi, were chosen for the characterization of the niche by O. insularis populations. The dietary niche, habitat and distribution of O. insularis of oceanic islands and the mainland, were compared. In addition, individual characteristics of feeding behavior in a population at Atol das Rocas was studied, taking into account the size of individuals, the proximity of the dens and characteristics of their "personality". The diet of the Rio do Fogo population was composed mainly of bivalve molluscs (82%), unlike Pirangi population that has a diet consisting mainly of crustaceans Decapoda (68%), similar to that described for the populations of the islands. Consequently, the feeding niches of the island populations were more similar, with greater overlap, but the niche breadth of the continent was larger. The habitats of occurrence on the coast includes reefs, rocks, gravel and an environment called Restinga, a plateau composed of biogenic gravel, sand, sponges and algae, showed a high density of animals. Similarly to that found in the islands, O. insularis in the continent, had a clumped distribution, and a bathymetric segregation between small and large individuals. The differences in diet composition among populations were explained by differences in habitat and coverage of the substrate, which may be directly influencing the diversity and prey availability in these environments. The individual analyzes of the population at Atol das Rocas, showed no relationship between the degree of individual specialization and the different personalities, or the distance between dens. The results suggest that the foraging strategy with greater availability of prey in the environment has an influence on diet octopuses over preferences or personalities
metadata.dc.description.resumo: Octopus insularis, espécie alvo deste estudo, é o polvo bentônico dominante das regiões Norte e Nordeste do Brasil. Estudos sobre comportamento e ecologia da espécie têm sido realizados prioritariamente em ilhas oceânicas, com poucas informações sobre as populações continentais. No presente estudo, duas regiões da costa do RN, Rio do Fogo e Pirangi, foram escolhidas para a caracterização do nicho ocupado pelas populações de O. insularis. Os nichos alimentares, habitat e distribuição do O. insularis das ilhas oceânicas e do continente, foram comparados. Adicionalmente, características individuais do comportamento alimentar em uma população do Atol das Rocas foi estudada, levando em consideração o tamanho do indivíduos, proximidade entre as tocas e características da sua personalidade . A dieta da população de Rio do Fogo foi composta principalmente por moluscos bivalves (82%), diferentemente da população Pirangi que possui uma dieta composta principalmente por crustáceos decápodas (68%), similar ao descrito para as populações das ilhas. Consequentemente, os nichos alimentares das populações das ilhas foram mais próximos, com maior sobreposição, porém a largura do nicho no continente foi maior. Os habitas de ocorrência da espécie na costa inclui recifes, rochas, cascalho e uma ambiente denominado restinga, um platô biogênico composto por cascalho, areia, esponjas e algas, onde foi encontrada uma alta densidade de animais. De modo similar ao encontrado nas ilhas, os polvos no continente, apresentaram uma distribuição agrupada, e uma segregação batimétrica entre indivíduos pequenos e grandes. As diferenças na composição da dieta entre as populações foram explicadas pelas diferenças nos habitats e cobertura do substrato, que podem estar influenciando diretamente na diversidade e disponibilidade de presas nestes ambientes. As análises individuais da população do Atol das Rocas, não apontaram relações entre o grau de especialização individual e as diferentes personalidades, nem com a distância entre tocas, os resultados sugerem que a estratégia de forrageio com maior disponibilidade no ambiente de presas tem influência na dieta dos polvos em detrimento as preferências ou personalidades
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14031
Aparece nas coleções:PPGE - Mestrado em Ecologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AllanTB_DISSERT.pdf2,21 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.