Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14052
Título: Sobrevivência de adultos e estimativa populacional da guaracava-de-topete-uniforme elaenia cristata (aves: tyrannidae) em fragmento de mata atlântica no Nordeste do Brasil
Autor(es): Lima, Guilherme Santos Toledo de
Palavras-chave: Sobrevivência anual. Elaenia cristata. Demografia. Desenho robusto. MARK;Annual survival. Elaenia cristata. Demography. Robust design. MARK
Data do documento: 26-Fev-2013
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: LIMA, Guilherme Santos Toledo de. Sobrevivência de adultos e estimativa populacional da guaracava-de-topete-uniforme elaenia cristata (aves: tyrannidae) em fragmento de mata atlântica no Nordeste do Brasil. 2013. 43 f. Dissertação (Mestrado em Bioecologia Aquática) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
metadata.dc.description.resumo: A sobrevivência de adultos é um parâmetro chave nos estudos de história natural e de demografia das aves, no entanto, apenas ~ 4% das espécies de aves neotropicais residentes têm suas taxas de sobrevivência estimadas. Além disso, pouco se conhece da influência de fatores ambientais e sazonais sobre este parâmetro. Os objetivos deste estudo foram estimar taxas de sobrevivência de adultos, e o tamanho populacional de Elaenia cristata (Aves: Tyrannidae), bem como possíveis variações em curto prazo nesses parâmetros. Durante dois anos, capturamos, marcamos e recapturamos 43 indivíduos adultos em um fragmento de mata de restinga em Parnamirim, RN. Com auxílio do programa MARK, utilizamos os modelos de Desenho Robusto para estimar os parâmetros de interesse. Geramos modelos testando a influência das seguintes covariáveis sobre a sobrevivência: tempo, ciclo reprodutivo e pluviosidade entre seções de captura. As estimativas populacionais foram geradas apenas em função do tempo. De acordo com o melhor modelo, a sobrevivência aparente permaneceu constante ao longo do estudo e o tamanho populacional variou entre as seções. A sobrevivência intra-anual foi estimada em 0,94 ± 0,03, que corresponde a uma probabilidade de sobrevivência anual de 78%. As estimativas populacionais variaram de 24 ± 1,87 indivíduos em novembro/2010, a 15 ± 1,89 em fevereiro/2011. Nossa estimativa de sobrevivência anual para E. cristata está entre as maiores registradas dentre aves tropicais, e contribui com a observação geral de que a sobrevivência anual é maior nos trópicos que no hemisfério Norte. Apesar de associadas a grandes intervalos de confiança, as estimativas populacionais apresentaram diferentes tendências entre 2011 e 2012. Acreditamos que os baixos níveis de precipitação no início de 2012, aliados à presença em grande abundância da espécie migrante Elaenia chilensis, tenham diminuído a oferta de recursos e aumentado a competição interespecífica, provocando uma dispersão de adultos da área de estudo
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14052
Aparece nas coleções:PPGE - Mestrado em Ecologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
GuilhermeSTL_DISSERT.pdf1,44 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.