Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14151
Título: Habitus, representações sociais e construção identitária dos professores de Maracanaú
Autor(es): Albuquerque, Lia Matos Brito de
Palavras-chave: Educação - Maracanaú(CE);Habitus;Campo social;Representações sociais;Família;Escola;Education - Maracanaú (CE);Habitus;Social field;Social representations;Family;School
Data do documento: 2-Dez-2005
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: ALBUQUERQUE, Lia Matos Brito de. Habitus, representações sociais e construção identitária dos professores de Maracanaú. 2005. 142 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2005.
Resumo: In the last three decades, the subject of the teacher's social identity has been discussed under various theoretical focuses, not only in Brazil, but also beyond our borders. In this thesis, the theme is approached starting from the theoretical proposal that has been developed by Domingos Sobrinho (1994), which is strongly based in the epistemological approach between Pierre Bourdieu’s praxiology and the Theory of the Social Representations formulated by Serge Moscovici. It presupposes that this would make it easier to apprehend the process of construction of social identity of the investigated social group. The universe of the research is constituted by teachers of the fundamental teaching of the municipal district of Maracanaú, state of Ceará, that were active in class-room work there during at least three years, and were registered or had concluded the Course of Educational Formation promoted by UECE in that municipal district. Taking into account that the teacher's social identity is a process in permanent construction, resulting of their daily experiences and of the interferences originated from of the social context, the investigative tasks were implemented in two different stages, although they complement each other. Initially, with the objective of putting in evidence the genesis of the formation of that group’s habitus, an analysis of the family and school lives of eleven teachers who participated in the course was made, using as main sources of data: thematic memorials, semi-structured interviews and observations - inside and out of the class-room – during four school semesters. In the second stage a test of free association of words was applied to 426 teachers, seeking to apprehend the structure of the social representations of family and school – a methodological strategy considered necessary to enhance and identify certain outlines of the habitus in study, besides being in agreement with the theoretical model followed. It became evident from the results that the identity of Maracanaú’s teachers is molded and transformed into a multifaceted dynamic unit that shows successes and mistakes, certainties and doubts. For instance, besides an innovative speech seeking to reassure that teaching is a profession and not a simple vocation or mission, some discourse and attitudes are identified that point to the opposite direction, extolling the school as extension of the family, defending a parental relationship with the students, and looking at certain aspects of daily school life as “sacramental”. However, in the light of science such ambiguities and incoherences are inherent to common sense discourse, where the influences of the patterns and cultural references are present in the process of identity construction of the group, which was confirmed by the research of their social representations of family and school
metadata.dc.description.resumo: Nas últimas três décadas, a questão da identidade social do professor tem sido discutida sob variados enfoques teóricos, não só no Brasil, mas além das nossas fronteiras. Nesta tese, aborda-se este tema a partir da proposta teórica que vem sendo desenvolvida por Domingos Sobrinho que se ampara fortemente na aproximação epistemológica entre a praxiologia de Pierre Bourdieu e a Teoria das Representações Sociais formulada por Serge Moscovici. Partiu-se do pressuposto que esta articulação permitiria a apreensão dos referentes identitários do grupo social investigado. O universo da pesquisa é constituído de professores do ensino fundamental do município de Maracanaú, estado do Ceará, que se encontravam em sala de aula há pelo menos três anos e estavam matriculados ou haviam concluído o Curso de Formação Docente promovido pela UECE nesse município. Considerando-se que a identidade social do professor é um processo em permanente construção, resultante de suas vivências cotidianas e das interferências oriundas do contexto social, as tarefas investigativas foram implementadas em duas etapas distintas, embora complementares. Inicialmente, com o objetivo de pôr em evidência a gênese da formação do habitus desse professorado, procedeu-se à análise das trajetórias familiar e escolar de onze docentes que participavam do referido curso, utilizando-se como principais fontes de dados: memoriais temáticos, entrevistas semi-estruturadas e observações feitas - dentro e fora da sala de aula - ao longo de quatro semestres letivos. Na segunda etapa foi aplicado um teste de livre associação de palavras a 426 professores, visando-se apreender a estrutura das representações sociais de família e escola, estratégia metodológica considerada necessária para ampliar a identificação de certos esquemas do habitus em estudo, de acordo com o modelo teórico seguido. Os resultados evidenciaram que a identidade do professor de Maracanaú se constitui e se transforma numa dinâmica multifacetada, na qual se manifestam acertos e desacertos, certezas e dúvidas. Ao lado, por exemplo, de um discurso inovador que busca afirmar o magistério como profissão e não mais como simples vocação ou missão, identificam-se falas e atitudes que apontam um caminho oposto, preconizando a escola como extensão da família, a defesa de relações parentais com os alunos e a sacralização de certos aspectos do cotidiano escolar. Tais ambigüidades e incoerências existem aos olhos da ciência, todavia são inerentes ao discurso do senso comum no qual estão presentes as influências das matrizes e referentes culturais do processo de construção identitária desse professorado, o que foi confirmado pela pesquisa de suas representações sociais de família e de escola
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14151
Aparece nas coleções:PPGED - Doutorado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LiaMBA.pdf1,08 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.