Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14163
Título: Serviço social na educação: saberes e competências necessárias no fazer profissional
Autor(es): Souza, Iris de Lima
Palavras-chave: Serviço social;Educação;Competência;Saber;Social service;Education;Competence;Knowledge
Data do documento: 26-Jul-2008
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: SOUZA, Iris de Lima. Serviço social na educação: saberes e competências necessárias no fazer profissional. 2008. 238 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2008.
Resumo: The Theory analyzes what should know and what competes, formally, to the Professional of Social Service to act in the School Education. He/she investigates, starting from studies on the theme, and close to Council Federal and Regional of Social Service, and of the Brazilian Association of Studies and Researches in Social Service, that you know and competences are necessary for the social worker performance in that specific area. Through a research of nature empiric, bibliographical and documental, the analysis focus outlines the glance and the understanding of the professionals' category that represent the defense organs, fiscalization and formation of the profession. The importance of the scientific study is justified for the social worker necessary contribution acting in the School Education, whose political and pedagogic context presents multiple demands, you know and relationships, and when it is lived a social and education picture at the present time with order words in formation, as inclusion, empowerment, competence, that they demand other specialists in the school scenery to work with the varied expressions of the social subject. Since the years 1930 the social worker acts in the area of the Education, with an originating from knowledge the human and social areas that you/he/she makes possible him/it to contribute, undisciplinement, close to the pedagogic team of the School Education. The clarity of the you know and of the necessary competences to intervene in that field of specific work makes possible the legitimation of the identity, of the social worker professionalization and the formalization of his/her practice. The Theory ends that the profissionality and the social worker professionalism is built and it is recognized in the area of the Education starting from the knowledge of the you know and pertinent competences to intervene in that context, beginning that knowledge on the part of the category of the Social Service and of the formation organs and representation of the profession so that the school community - administration and pedagogic coordination, teachers and students - he understands and recognize the social worker necessary intervention in that field. The formalization of those you know and competences are built starting from actions and thought mobilizations and operation in the group of the category, and not for isolated actions and individualized. It is revealed, in the opinion of the ones that represent Regional Council of Social Service, a wide vision of the social worker in that space exercising, among other, functions that don't compete to the professional's profile or restricted to actions and techniques historically exercised in their work fields. A new profile of the professional of the Social Service that it acts in the School Education is possible when his/her action is visualized centered not just in the work with the family, but, doing of the school a proposition space and execution of programs, projects, studies and social researches. He intends, an action politics and of popularization on them know and the social worker competences in the School Education
metadata.dc.description.resumo: A Tese analisa o que deve saber e o que compete, formalmente, ao Profissional de Serviço Social para atuar na Educação Escolar. Investiga, a partir de estudos sobre o tema, e junto aos Conselhos Federal e Regionais de Serviço Social, e da Associação Brasileira de Estudos e Pesquisas em Serviço Social, que saberes e competências são necessários para a atuação do Assistente Social nessa área específica. Através de uma pesquisa de natureza empírica, bibliográfica e documental, o enfoque de análise contorna o olhar e a compreensão da categoria dos profissionais que representam os órgãos de defesa, fiscalização e formação da profissão. A importância do estudo científico se justifica pela necessária contribuição do Assistente Social atuando na Educação Escolar, cujo contexto político e pedagógico apresenta múltiplas demandas, saberes e relações, e quando se vivencia na atualidade um quadro social e educacional com palavras de ordem em formação, como inclusão, empoderamento, competência, que exigem outros especialistas no cenário escolar para trabalhar com as variadas expressões da questão social. Desde os anos 1930 o Assistente Social atua na área da Educação, com um saber proveniente das áreas humanas e sociais que o possibilita a contribuir, interdisciplinarmente, junto à equipe pedagógica da Educação Escolar. A clareza dos saberes e das competências necessárias para intervir nesse campo de trabalho específico possibilita a legitimação da identidade, da profissionalização do Assistente Social e a formalização da sua prática. A Tese conclui que a profissionalidade e o profissionalismo do Assistente Social se constrói e se reconhece na área da Educação a partir do conhecimento dos saberes e competências pertinentes para intervir nesse contexto, iniciando esse conhecimento por parte da categoria do Serviço Social e dos órgãos de formação e representação da profissão para que a comunidade escolar gestão e coordenação pedagógica, professores e alunos compreenda e reconheça a necessária intervenção do Assistente Social nesse campo. A formalização desses saberes e competências se constrói a partir de ações e mobilizações pensadas e operacionalizadas no conjunto da categoria, e não por atos isolados e individualizados. Revela-se, na opinião dos que representam os Conselhos Regionais de Serviço Social, uma visão ampla do Assistente Social nesse espaço exercendo, entre outras, funções que não competem ao perfil do profissional ou restritas à ações e técnicas historicamente exercidas em seus campos de trabalho. Um novo perfil do profissional do Serviço Social que atua na Educação Escolar é possível quando se visualiza sua ação não apenas centrada no trabalho com a família, mas, fazendo da escola um espaço de proposição e execução de programas, projetos, estudos e pesquisas sociais. Propõe-se, uma política de ação e de divulgação sobre os saberes e as competências do Assistente Social na Educação Escolar
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14163
Aparece nas coleções:PPGED - Doutorado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
IrisLS.pdf3,33 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.