Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14196
Título: O processo avaliativo institucional de desempenho do sistema público municipal de Teresina-PI (2001 a 2005): entre a lógica da excelência e a lógica da aprendizagem
Autor(es): Raposo, Edna Maria dos Santos
Palavras-chave: Ensino Fundamental;Avaliação institucional de desempenho;Avaliação da Aprendizagem;Processo ensino-aprendizagem;Elementary Education System;Institutional Evaluation Performance;Learning Evaluation;Teaching-learning process
Data do documento: 27-Dez-2006
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: RAPOSO, Edna Maria dos Santos. O processo avaliativo institucional de desempenho do sistema público municipal de Teresina-PI (2001 a 2005): entre a lógica da excelência e a lógica da aprendizagem. 2006. 191 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2006.
Resumo: This work focalize the institutional and educational evaluation, aiming to investigate the Municipal System Institutional Evaluation Performance of Teresina City Piauí (2001-2005), and to reflect about Institutional System Performance and its contribution to compose a new learning evaluation practice. In this sense, classifies elements about the evaluation practice in two Elementary Education municipal public schools, involving Education Municipal Bureau technicians as managers, pedagogues, teachers and students. Based on the ethnographic studies principles in the educational area, the work employs investigative procedures like document analysis, interviews with groups and individuals and also participator s comments. Intending to comprehend the complexity produced by the institutional and education evaluation processes, the wok reveals the Institutional Evaluation legal and educational political basis and the several positions assumed by the Learning Evaluation, as a classification tool or as a learning enhancement. This work points, as results, to a evaluation culture bipolarity carried out by the Municipal Education System as a explicit control and regulation toll, related to the classification and learning in a interaction process that operates both in the pressure and the reflection, as a culture practice established between excellence of logic and learning. The evaluation history has been construct on the evaluation actions dialectics, joint simultaneously between the Institutional Evaluation Performance and the learning evaluation. The senses, meanings and actions bipolarity is a interaction process product sustained between the institutional evaluation, under the scholar ranking application, and the learning evaluation. In this relativity, the teacher evaluation practice is found, ruled by interesting, thoughts and actions on the school evaluation, allowing a higher security and support to the learning results. Grounded in the researched reality, its possible to say that the teacher s evaluation practice is diversified, with different characteristics, when it is done in the learning search and in the learning intention. In the first case, reflects, rearranges and constructs new actions that lead the student to produce learning. In the second, shows the will, the wish of learning, but is a weak action, producing a not really significant learning and development; as a result, remains the mark approach as a determinant in the student future. The work s hope is to contribute not just to rethink these two evaluations dimensions the institutional and the learning ones but also to organize the school and to improve the pedagogic process
metadata.dc.description.resumo: A presente dissertação enfoca a avaliação institucional e da aprendizagem, com o objetivo de investigar o processo da Avaliação Institucional de Desempenho do Sistema Municipal de Educação de Teresina-PI (2001-2005), e refletir sobre a Avaliação Institucional de Desempenho e sua contribuição à construção de uma nova prática avaliativa da aprendizagem. Para tanto, sistematiza elementos acerca de sua prática avaliativa em duas escolas públicas municipais de Ensino Fundamental, envolvendo técnicos da Secretaria Municipal de Educação, diretores, pedagogos, professores e alunos. Fundamentada nos princípios dos estudos etnográficos na área da Educação, utiliza procedimentos investigativos, tais como a análise de documentos, entrevistas coletivas e individuais e também observações dos participantes. Na possibilidade de apreender a complexidade produzida pelos processos avaliativos institucional e da aprendizagem em interação permanente, revela as bases política, legal e educacional da Avaliação Institucional e as diversas posturas assumidas pela Avaliação da Aprendizagem, seja esta compreendida como instrumento de classificação seja como impulsionadora de aprendizagem. Este estudo aponta, como resultados, a bipolaridade da cultura avaliativa exercida pela rede municipal de ensino, no sentido em que esta se explicita, ou seja, instrumento de controle e regulação em relação à classificação e aprendizagem; processo interacional que incide tanto na pressão quanto na reflexão; como uma prática cultural estabelecida entre a lógica da excelência e da aprendizagem. Assinale-se que a história da avaliação se constrói na dialética das ações avaliativas, conjugadas entre a Avaliação Institucional de Desempenho e a avaliação da aprendizagem. A bipolaridade de sentidos, significados e ações é produto do processo interacional mantido entre a avaliação institucional, sob a aplicação do ranking escolar, e a avaliação da aprendizagem. Nesta relatividade, encontra-se a prática avaliativa do professor, pautada em processares de coesão de interesses, idéias e ações avaliativas da escola, permitindo maior segurança e apoio aos resultados da aprendizagem. Com base na realidade pesquisada, pode-se dizer que o fazer avaliativo dos professores mostrou-se diversificado e com características diferentes, quando avaliaram em busca da aprendizagem e avaliaram na intenção da aprendizagem. No primeiro caso, refletem, reorganizam e criam novas ações que fazem o aluno produzir aprendizagem. No segundo caso, apresentam vontade, o desejo da aprendizagem, mas a ação é frágil, produzindo uma aprendizagem e um desenvolvimento não muito significativos; em conseqüência, permanece o enfoque da nota como definidora do futuro do aluno. Espera-se, desta forma, haver contribuído não só para repensar essas duas dimensões da avaliação institucional e da aprendizagem mas também para a organização da escola e a melhoria do processo ensino-aprendizagem
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14196
Aparece nas coleções:PPGED - Mestrado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
EdnaMSR.pdf2,51 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.