Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14244
Título: A Formação de Padres no Nordeste do Brasil (1894-1933)
Autor(es): Barreto, Raylane Andreza Dias Navarro
Palavras-chave: Igreja católica;Formação sacerdotal;Nordeste;Padre;Seminário;Catholic church;Priests formation;Northeast;Priest;Seminary
Data do documento: 24-Abr-2009
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: BARRETO, Raylane Andreza Dias Navarro. A Formação de Padres no Nordeste do Brasil (1894-1933). 2009. 245 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2009.
Resumo: The Nossa Senhora da Conceição Seminary, installed in 1894, by Dom Adauto Aurélio de Miranda Henriques, first Paraíba Bishop, and the Episcopal Seminary of the Sagrado Coração de Jesus, implanted in 1913, by Dom José Thomas Gomes da Silva, first Aracaju s Bishop diocese, were created as a result of lack of an official religious process proposed by the Brazilian Republic Proclamation, in 1889. With the appoint to enlarge the number of priests and change the image of the priest married and unrolled who used to identify the Catholic Church in the colonial and imperial Brazil. Such bishops developed into intellectuals in the government, dioceses and formation priest houses. I take as a study object, for this doctorate paper, the academic formation and priesthood developed in theses seminaries, from 1894 to 1933, once 1894 the year of João Pessoa Creation Seminar that was implied the Minor Course (preparation) and the Major one (built by Philosophy and God related studies) and the research limit year of 1933, is concerned about the Major Sergipe Seminary ending, which was created and has worked offering the Minor and Major courses, from 1913 to 1933. Showing the teaching models that guided and leaded the priest formation, referred as Seminaries, and the application result is the objective of this investigation. To comprehend the teaching models seminaries studied, my research line is the Catholic Church theme and priest formation in Brazil. In front of the object and the objective desired, I chose the historical comparative method and the scholars modals notions of Araujo de Barros (2004) and the Sirinelli intellectuals (1996). Such references allowed me to analyze the formation given in the seminary and seminarian participation and actions, included the sequence after the scholars formation. The thesis defended is that the teaching model developed in the Brazilian Seminaries, created after a non official religious process in the Brazilian government, deal with a model of one unique center (Seminary formation and aim pre arranged by Santa Sé), although adapted, presuming the local reality and formation structure (privileged not only spiritual and moral speaking, but intellectual also), was it responsible for intellectuals generations (teachers priests, educationalist priest, journalists priests and so on) that boost the education in Brazil. During the Republic first three decades, when, in thesis, the Government was becoming free religion, i.e., the government did not subsidize the Church anymore, and the Government, among others aspects, did not received any Church care to help the public teaching in the country. The investigation reveled accede, by bishops and their followers, such as by the Concílio de Trento pre concept, or by the others ideas, leading by the priests formation in Seminaries. By creating and stalling diocese Seminary, Bishop Dom Adauto and Dom José went further their functions, by the time they built inside themselves a teaching model thought from the main pedagogic logic, based on several religious exercises, moral and ethic, considered by themselves several knowledge connected to humanity, philosophy and God related studies). Following clearly rationalism principle (the way of teaching, which each subject has its own teacher and this class get together students with the same knowledge, regardless of age) and efficiency (trying to teach the whole content in each class), the Seminaries researched developed a whole education, allowed the structure of a spiritual education, moral and intellectual, for a quality developed by priests, including different levels that they used to performance. Their bottom line, actions and priest matter achievement allowed their broad fulfillment, in the way that priests matter were associated with cultural, educational, welfare assistance, at last, intellectuals
metadata.dc.description.resumo: O Seminário Nossa Senhora da Conceição, instalado em 1894, por Dom Adauto Aurélio de Miranda Henriques, primeiro bispo da Paraíba, e o Seminário Episcopal do Sagrado Coração de Jesus, implantado em 1913, por Dom José Tomás Gomes da Silva, primeiro bispo da Diocese de Aracaju, foram criados em decorrência do processo de laicização proporcionado pela proclamação da república brasileira, em 1889. Com o desígnio de ampliar o número de sacerdotes e de alterar a imagem do padre desregrado e casado que identificava a Igreja Católica no Brasil colonial e imperial, tais bispos revelaram-se intelectuais atuantes no governo de suas dioceses e de suas casas de formação sacerdotal. Tomo como objeto de estudo, para este trabalho doutoral, a formação acadêmica e sacerdotal desenvolvida nesses seminários, no período de 1894 a 1933, sendo que 1894 é o ano de criação do Seminário de João Pessoa que compreendia o Curso Menor (Preparatório) e o Maior (composto pelos cursos de Filosofia e Teologia) e o limite da pesquisa o ano de 1933, diz respeito ao encerramento do Curso Maior do Seminário de Sergipe, tendo este sido criado e funcionado com os cursos Menor e Maior, de 1913 a 1933. Descortinar os modelos escolares que dirigiram e orientaram a formação do sacerdote, nos referidos seminários, e o resultado de sua aplicação constituiu-se o objetivo dessa investigação. Para entender o modelo escolar dos seminários pesquisados, delimitei a pesquisa na temática Igreja Católica e formação sacerdotal no Brasil. Em face do objeto e do objetivo almejados, recorri ao método histórico comparado e às noções de modelo escolar de Araújo e Barros (2004) e de intelectuais de Sirinelli (1996). Tais referenciais permitiram analisar a formação ministrada nos seminários e as ações e participações dos seminaristas, incluindo o seqüenciamento para além do tempo de escolarização. A tese aqui defendida é a de que o modelo escolar desenvolvido nos Seminários brasileiros, criados após a política de laicização do Estado brasileiro, trata-se de um modelo com uma matriz única (com formação em seminários e finalidades pré-dispostas pela Santa Sé), embora adaptado, em alguns pressupostos, à realidade local e que, por sua estrutura formativa (privilegiando não só o espiritual e o moral, mas também o intelectual), foi responsável por gerações de intelectuais (padres professores, padres educadores, padres jornalistas, padres escritores entre outros) que impulsionaram a educação escolar no Brasil, nas três primeiras décadas da República, quando, em tese, o Estado tornara-se laico, ou seja, a Igreja não mais dispunha dos subsídios do Estado e este, dentre outros pontos, não mais contava com o auxílio da Igreja para o ensino público no país. A investigação revelou acatamentos, por parte dos bispos e seus seguidores, tanto dos preceitos emanados do Concílio de Trento, quanto dos ideais ultramontanos, na direção da formação sacerdotal em seminários. Ao criar e instalar os Seminários diocesanos, os bispos Dom Adauto e Dom José transcenderam suas funções, na medida em que desenvolveram neles um modelo escolar com uma lógica pensada a partir de uma matriz pedagógica, sustentada por uma série de exercícios religiosos, morais e éticos, atribuindo-lhes uma série de saberes ligados às humanidades, à filosofia e à teologia. Com tal estrutura formativa e seguindo princípios claros de racionalização (do modo de ensino, em que cada matéria tem seu professor e este dá aula para os alunos reunidos e com o mesmo grau de conhecimento, independentemente da idade) e eficiência (procurando ensinar todo o conteúdo pertinente a cada classe), os Seminários investigados desenvolveram uma educação integral, capacitando seus quadros de uma educação espiritual, moral e intelectual, para um desempenho qualitativo dos padres, nas diversas instâncias em que atuavam. Seus itinerários, suas ações e realizações eclesiásticas permitem afiançar sua participação multifacetada, em que, ao ofício eclesiástico, estavam consorciadas implicações culturais, educacionais, assistenciais, enfim, intelectuais
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14244
Aparece nas coleções:PPGED - Doutorado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
RaylaneADNB_TESE.pdf9,66 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.