Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14462
Título: Ingressar na ufrn: trajetórias escolares e universitárias de estudantes egressos da educação básica da rede pública
Autor(es): Lima, Claudia Pereira de
Palavras-chave: Acesso ao Ensino Superior, Inclusão, Trajetórias, Universidade.;Higher education access. Social inclusion. Trajectories. University
Data do documento: 10-Set-2013
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: LIMA, Claudia Pereira de. Ingressar na ufrn: trajetórias escolares e universitárias de estudantes egressos da educação básica da rede pública. 2013. 260 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Resumo: On the beginnings of the XXI century the brazilian universities was claimed by the Government and by the society to rebuild your ways of selecting students. Many questions are behind this theme, that goes since the concernings of the higher education institutions about select and graduate students, and now also students from disadvantaged sectors of the society; but also about personal issues, like concerns of the everyday of millions of youngs that integrates the brazilian society and that need to decide about your professional future after the finish of the Basic Education. The present thesis has as objective analyse the processes of the transition between the Basic Education and Higher Education on the point of view of students that achieved a place on the public university. This study was accomplished on the Federal University of Rio Grande do Norte [UFRN on the original language], that implemented an Access and Social Inclusion Policy (PAIS [on the original language]) on the year of 2003, and since than a series of social actions had been developed. Among the main, we highlight the Inclusion Score action, an adicional score [on the entrance selection exam] for graduated students from public schools, which considers social and economic criteria and the academic development of these candidates on your Basic Education. Through quizzes and interviews with the graduated university students from public network, we could know the social, economic and academic profile of the students that entered on the UFRN by the time of the development of your PAIS, your schools and university trajectories, revealing some of the dilemmas, strategies, difficulties and personal cost of those that try to remain on the educational system besides the adversity conditions of schooling. For the theory foundation, we use authors like Bourdieu (1992, 1996, 2003); Coulon (1993, 2008); Ramalho (2004, 2007, 2008, 2010); Ramalho, et al (2011); Charlot (2001, 2003, 2005); Zago (2011); Nogueira, Romanelli e Zago (2011), among others, that contributed for a better analysis and understanding of thought and actions of the students in your own formative trajectories. Although we know that the educational inequalities are many, we found that the UFRN policy brought and is bringing many significant results, on the perspective of contribute with the increase of access for graduated students from the public network, and with the inclusion of these on the university
metadata.dc.description.resumo: No início do século XXI as universidades brasileiras foram convocadas pelo poder público e pela sociedade a redimensionar suas formas de selecionar estudantes. Muitos dilemas estão por trás desta temática, que vão desde a preocupação das instituições de ensino superior em selecionar e formar estudantes, e agora também estudantes provenientes dos setores menos favorecidos da sociedade; como também dilemas pessoais, como preocupações que fazem parte do cotidiano dos milhões de jovens que integram a sociedade brasileira e que precisam decidir sobre o seu futuro profissional ao término da Educação Básica. A presente tese tem como objetivo analisar os processos de transição entre a Educação Básica e o Ensino Superior do ponto de vista de estudantes que conquistaram uma vaga na universidade pública. O estudo foi realizado na Universidade Federal do Rio Grande do Norte, que implantou uma Política de Acesso e Inclusão Social (PAIS) no ano de 2003, e a partir daí uma série de ações foram desenvolvidas. Dentre as principais, destacamos o Argumento de Inclusão, um mecanismo de pontuação adicional para estudantes egressos de escolas públicas, que considera critérios sócio-econômicos e de desempenho dos candidatos ao longo de sua Educação Básica. Através de questionário e entrevistas com os estudantes universitários egressos da rede pública, pudemos conhecer o perfil social, econômico e acadêmico dos estudantes que ingressaram na UFRN no período de desenvolvimento de sua PAIS, suas trajetórias escolares e universitárias, revelando alguns dos dilemas, estratégias, dificuldades e o custo pessoal daqueles que procuram permanecer no sistema de ensino apesar das condições adversas de escolarização. Para a fundamentação teórica, trabalhamos com autores como Bourdieu (1992, 1996, 2003); Coulon (1993, 2008); Ramalho (2004, 2007, 2008, 2010); Ramalho, et al (2011); Charlot (2001, 2003, 2005); Zago (2011); Nogueira, Romanelli e Zago (2011), entre outros, que contribuíram para uma melhor análise e compreensão do pensamento e ações dos estudantes em suas trajetórias formativas. Embora saibamos que as desigualdades educacionais ainda são muitas, constatamos que a política da UFRN trouxe e vem trazendo resultados significativos, na perspectiva de contribuir com o aumento do acesso de estudantes egressos da rede pública, e com a inclusão dos mesmos na universidade
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14462
Aparece nas coleções:PPGED - Doutorado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ClaudiaPL_TESE.pdf2,78 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.