Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14643
Título: Dificuldades e/ou facilidades vivenciadas pelos profissionais que compõem a Estratégia de Saúde da Família
Título(s) alternativo(s): Positive and/or negative aspects experienced by professionals working in Family Health Strategy
Autor(es): Pinto, érika Simone Galvão
Palavras-chave: Programa Saúde da Família;Promoção em saúde;Condições de trabalho;Health promotion;Working conditions
Data do documento: 31-Mar-2008
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: PINTO, érika Simone Galvão. Positive and/or negative aspects experienced by professionals working in Family Health Strategy. 2008. 121 f. Dissertação (Mestrado em Assistência à Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2008.
Resumo: Descriptive and quantitative study, with the objective of review the positive and negative aspects experienced by professionals working in the Family Health Strategy (ESF) of Ceará-Mirim town, at Rio Grande do Norte state. The population included 190 healthcare professionals that integrate the family healthcare staff and the data-collection occurred in a meeting at their workplace, with the implementation of a questionnaire. Results were organized in Microsoft Excel spreadsheet software, with descriptive statistical analysis in tables, graphs and tables through frequencies, averages values and standard deviations. There is a predominance of females (n = 137) and higher rates in almost all professions, and higher average age (38.9%, SD = 7.8) and income wage (average = 10) in the medical category. Regarding the more developed activities, for physicians and nurses are the healthcare actions in the Unit, the oral hygiene for dentists, the immunization for auxiliary nurses (Aux-N), educational meeting for the dental office assistants (ACD), and home visitations to community-based health workers (ACS). About the easiness of work, 93.2% said to be presence of professionals with a personal profile in public healthcare; about the difficulties, 86.8% of professionals cited the unavailability of material, followed by salary range reported by nurses (80.9% ), dentists (80.0%), physicians (73.3%), ACS (83.1%), and Aux-N (90.5%). In relation to working conditions, the unavailability of materials was the most mentioned, with the exception of dentists who reported improvement in wages. We still identify among these difficulties: the drugs availability regarded as first grade obstacle by ACS and physicians, the type of contracts in second grade cited by the ACD and dentists and, in third grade, the salary range cited by dentists and auxiliary nurses. It is concluded that the difficulties and easiness faced by ESF professionals are divergent among themselves. For physicians and nurses, whose healthcare actions become directed to specific groups, the individual and the family, their difficulties relate to the unavailability of materials. For dentists, whose actions more quoted were topical application of fluoride and supervised toothbrush, their greatest difficulty is the salary range. As to the Aux-N, ACD and ACS, for all of them the unavailability of materials has hindered the implementation of their activities in ESF
metadata.dc.description.resumo: Estudo descritivo, quantitativo, com o objetivo de analisar as facilidades e dificuldades vivenciadas pelos profissionais da Estratégia de Saúde da Família (ESF) do Município de Ceará-Mirim, RN. A população incluiu 190 profissionais de saúde que integram as equipes de saúde da família e a coleta de dados ocorreu no local de trabalho após reunião com a aplicação de um questionário. Os resultados foram organizados em planilha excel, com análise estatística descritiva em tabelas, gráficos e quadros através de freqüências, médias e desvio padrão. Há predominância do sexo feminino (n=137) e índices maiores em quase todas as profissões, e maior média de idade (38,9% e DP= 7,8) e renda salarial (média = 10) na categoria médica. Quanto às atividades mais desenvolvidas, para médicos e enfermeiros são as ações do cuidado em saúde na Unidade, higiene bucal para os odontólogos, imunização para os auxiliares de enfermagem (Aux. Enf.) reunião educativa para os auxiliares de consultório dentário (ACD), e visita domiciliar para os agentes comunitários de saúde (ACS). Sobre as facilidades do trabalho, 93,2% referiram ser a presença de profissionais com perfil em saúde sública; quanto às dificuldades, 86,8% dos profissionais citaram à indisponibilidade de material, seguidas da faixa salarial referida por enfermeiros (80,9%), odontólogos (80,0%), médicos (73,3%), ACS (83,1%) e Aux. e Enf. (90,5%). Em relação às condições de trabalho, a indisponibilidade de materiais foi a mais citada com exceção dos odontólogos que referiram a melhoria salarial. Identifica-se ainda, entre essas dificuldades: a disponibilidade de medicamentos considerada como grau um de empecilho pelos ACS e pelo médico, a modalidade de vínculo contratual em grau dois citada pelo ACD e o odontólogo; e em grau três, a faixa salarial citada pelos odontólogos e auxiliares de enfermagem. Conclui-se, que às dificuldades e facilidades enfrentadas pelos profissionais da ESF são divergentes entre si. Para os médicos e enfermeiros, cujas ações em saúde centralizam-se no atendimento aos grupos específicos, ao indivíduo e a família, as suas dificuldades relacionam-se a indisponibilidade de materiais. Para os odontólogos, cujas ações mais citadas foram aplicação tópica de flúor e escovação supervisionada, sua dificuldade maior é a faixa salarial. Quanto ao aux. de enf., ACD e ACS para todos eles, a indisponibilidade de materiais tem dificultado a realização das suas atividades na ESF
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14643
Aparece nas coleções:PPGE - Mestrado em Enfermagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ErikaSGP.pdf738,04 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.