Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14646
Título: Prática do enfermeiro do Programa Saúde da Família PSF na promoção da saúde do adolescente
Título(s) alternativo(s): Practice of Nurse Program Health of the Family PSF in promotion the health of adolescents.
Autor(es): Nóbrega, Líbne Lidianne da Rocha e
Palavras-chave: Promoção da Saúde;Saúde do Adolescente;Programa Saúde da Família;Enfermagem;Health Promotion;Adolescent Health;Family Health Program;Nursing
Data do documento: 20-Dez-2008
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: NÓBREGA, Líbne Lidianne da Rocha e. Practice of Nurse Program Health of the Family PSF in promotion the health of adolescents.. 2008. 164 f. Dissertação (Mestrado em Assistência à Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2008.
Resumo: Attention to the health of adolescents, based on paradigm flexneriano, needs to be overcome. Since the International Conference of Ottawa (1986), the literature is developing a discussion of the promotion of health, based on the paradigm of social production in health, suggests a design to overcome the health care traditional practices. Program Health of the Family PSF has this purpose to transmute the model of existing assistance, where the nurse is an essential element to the work done in the program. Around this context, it is our purpose to analyze the practice of nurse of the PSF for the promotion of health of adolescents, produced by a search of descriptive quantitative approach with the inclusion of qualitative data. Interviews were conducted with 9 nurses 3 units of health of the family USF, Mossoró-RN and applied questionnaires with 74 teenagers aged between 15 and 19 years old, with some nearby public schools where USF operate these nurses. The quantitative descriptions were transformed on tables, pictures and graphics using the program Excel (Microsoft) and the qualitative were worked through the technique of analyzing the content of Bardin (2004). The review was realized using the reference to promote health brought by the study. The results show that the most common problems that happen with teenagers are the drugs (33,8%), pregnancy (27,0%) and political problems-socio-economic-cultural issues (24,3%). Adolescents are spontaneous demand and rarely seek the USF. The actions presented by the nurses as, lectures and groups, are nothing comparing to the macro-problems presented by adolescents, and verticalized irregular. The nurses know the promotion of health generally, not explaining how operate it from its daily practice. Concluded that the practice of nurse of the PSF has not yet reach the promotion of health of the adolescent, being necessary to scheduling modules on the subject to continuous training of teams, professionals from USF, as well as teachers and other staff of schools, giving space to the participation of academic. The discussions should be socialized with the community to discuss possibilities of confrontation of the problems, which also require socio-structural changes. This research can contribute as work-diagnosis, which experienced the reality of care in nursing PSF to a specific group
metadata.dc.description.resumo: A atenção à saúde do adolescente, baseada no paradigma flexneriano, necessita ser superada. A partir da Conferência Internacional de Ottawa (1986), a literatura vem elaborando a discussão de que a promoção da saúde, baseada no paradigma de produção social em saúde, sugere uma concepção sanitária que visa superar as práticas assistenciais tradicionais. O Programa Saúde da Família - PSF aspira a transmutar o modelo de assistência vigente, sendo o enfermeiro elemento essencial ao trabalho desenvolvido no programa. Ante este contexto, objetivando-se analisar a prática do enfermeiro do PSF para a promoção da saúde do adolescente, elaborou-se uma pesquisa descritiva de abordagem metodológica quantitativa com a inclusão de dados qualitativos. Foram realizadas entrevistas com 9 enfermeiros de 3 Unidades Saúde da Família USF de Mossoró-RN e aplicados questionários com 74 adolescentes com idade entre 15 e 19 anos, de escolas públicas das adjacências das USF onde atuam esses enfermeiros. As descrições quantitativas foram transformadas em tabelas, quadros e gráficos a partir do programa Excel (Microsoft) e as qualitativas foram trabalhadas através da técnica de análise de conteúdo de Bardin (2004). A análise foi realizada, utilizando-se o referencial de promoção da saúde trazido pelo estudo. Os resultados mostram que os problemas mais comuns que acontecem com os adolescentes são as drogas (33,8%), a gravidez (27,0%) e problemas político-sócio-econômico-culturais (24,3%). Os adolescentes constituem demanda espontânea e raramente buscam as USF. São tímidas as ações dos enfermeiros, palestras e grupos, frente aos macro-problemas apresentados pelos adolescentes, além de verticalizadas e irregulares. Os enfermeiros conhecem a promoção da saúde genericamente, não explicitando como operacionalizá-la a partir de sua prática cotidiana. Concluiu-se que a prática do enfermeiro do PSF ainda não se volta à promoção da saúde do adolescente, sendo necessária a programação de módulos sobre a temática para a capacitação contínua de equipes, profissionais das USF, assim como de professores e demais funcionários das escolas, dando espaço à participação de acadêmicos. As discussões devem ser socializadas junto à comunidade para se discutir possibilidades de enfrentamento dos problemas, que também requisitam mudanças sócio-estruturais. Esta pesquisa pode contribuir como trabalho-diagnóstico, no qual se conheceu a realidade assistencial do enfermeiro do PSF a um grupo específico
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14646
Aparece nas coleções:PPGE - Mestrado em Enfermagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LibneLRN.pdf829 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.