Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14666
Título: Saúde da família: uma estratégia de mudança no processo de produção dos serviços de saúde
Título(s) alternativo(s): Family Health: a strategy for change in the process of providing health services
Autor(es): Morais, Ildone Forte de
Palavras-chave: Saúde da família;Mudança;Serviços de saúde;Family health;Change;Health services
Data do documento: 27-Nov-2008
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: MORAIS, Ildone Forte de. Family Health: a strategy for change in the process of providing health services. 2008. 105 f. Dissertação (Mestrado em Assistência à Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2008.
Resumo: The purpose of this study is to analyze, from the point of view of nurses, changes that took place in the process of providing health services after the introduction of the Family Health Program (FHP). It is na investigation of qualitative nature that uses semi-structured interviews as a main empirical approach tool. Six nurses from the city of Caicó, Rio Grande do Norte, who were working with basic care before the introduction of the FHP, within basic care, were: adscription and ties with the community; hospitality and the humanizacion of care-giving; decrease in cases of inpatient treatment; strengthening of the prevention of injuries and health promotion; improvemente of health indicatiors, finally, actions that point towads meeting the principles of wholeness, equity and universality as a declaration of the Brazilian National Health Care System (SUS). Nevertheless, in spite of all recognizable positive aspects, the FHP has some weaknesses, such as: the difficulty posed by colletive work; the mismatch between professional education and the demands of the current health standard; a poor physical infrastructure of the Basic Health Units; a high heath staff turnover and precarious work conditions. In addition to this, some strategies that can be used to help improve the process of providing health services have been pointed out, such as, coordination between sectors, continuous education, making work conditions less precarious and improving the means whereby heathy service management is conveyed,Tthus, finally, we understand that the FHP does bring forward meaningful changes to the process of provinding health services to strengthen the Brasilian National Health Care System (SUS), in spite of the fact that it lies within a scenario of adversities that can be overcome through the collective endeavor of the several social actors
metadata.dc.description.resumo: O presente estudo tem como objetivo analisar, na visão de enfermeiros, as mudanças no processo de produção dos serviços de saúde, após a implantação do Programa Saúde da Família (PSF). Trata-se de uma investigação de natureza qualitativa, que utiliza entrevistas semi-estruturadas como principal ferramenta de abordagem empírica. Foram entrevistadas seis enfermeiras da cidade de Caicó/RN, que trabalhavam na atenção básica, antes da implantação do PSF, e continuam trabalhando. Pela análise empreendida, as principais mudanças verificadas no processo de produção dos serviços de saúde com a implantação do PSF, no contexto da atenção básica, foram: a adscrição e vínculos com a comunidade; acolhimento e humanização do atendimento; diminuição das internações hospitalares; fortalecimento da prevenção de agravos e promoção da saúde; melhoria dos indicadores de saúde; enfim, ações que sinalizam para a realização dos princípios da integralidade, eqüidade e universalidade, conforme preconiza o Sistemaùnico de Saúde (SUS). No entanto, apesar dos aspectos positivos identificados, o PSF apresenta algumas fragilidades, tais como: a dificuldade do trabalho coletivo; descompasso entre a formação dos profissionais e as exigências do modelo de saúde atual; alta rotatividade dos profissionais de saúde e precarização do trabalho. Além disso, foram apontadas algumas estratégias que podem ser utilizadas para melhor orientação do processo de produção dos serviços de saúde, como a intersetorialidade, educação permanente, desprecarização do trabalho e melhoria na condução da gestão dos serviços de saúde. Assim, concluímos que o PSF apresenta mudanças significativas no processo de produção dos serviços de saúde para a consolidação do SUS, embora esteja inserido em um contexto de adversidades que podem ser superadas através da luta coletiva dos distintos atores sociais
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14666
Aparece nas coleções:PPGE - Mestrado em Enfermagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
IldoneFM.pdf378,99 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.