Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14675
Título: O homem na estratégia de saúde da família
Autor(es): Marciel, Patricia Suerda de Oliveira
Palavras-chave: Saúde do homem;estratégia de Saúde da família;enfermagem em saúde pública;estratégia de saúde da família, public health nursing
Data do documento: 30-Nov-2009
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: MARCIEL, Patricia Suerda de Oliveira. O homem na estratégia de saúde da família. 2009. 83 f. Dissertação (Mestrado em Assistência à Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2009.
Resumo: The research aimed to understand the general perception of men about their health care in a health unit família. This is an exploratory and descriptive qualitative approach, developed at the Center for Health Dr Vulpiano Cavalcante in the City of Parnamirim / RN. Participated in the investigation 12 men enrolled in the Estratégia de Saúde da Família ESF (Family Health Strategy), in the age-group 20 to 59 years lived in the catchment area of one of the ESF teams unit above. Data were collected from July to August 2009, through structured interviews, which, after transcription have undergone a process of identifying meaning units, coded and categorized according to the precepts of content analysis according to Bardin. Following in the footsteps of this method, originated the following themes: "Revealing what motivates men to seek assistance in the Estratégia de Saúde da Família," "Expressing knowledge of the Estratégia de Saúde da Família ", "an opinion about the care health and relationship with the ESF. The analysis was processed according to the principles of symbolic interactionism as Blumer. To support the discussions were used literary themes about man in the context of public health policies and the man in the family and the influences of gender. These, when they had their properties and dimensions analyzed, raised the central category Man on the Estratégia de Saúde da Família . The results show that respondents have limited knowledge about the ESF, your actions turn to use the service when no obligation arising from discomforts and accuracy of care. Moreover, delivering the opinion of the care with your health, even need, but recognizing that do not perform self-care. Given this reality, we can conclude that the perception of the man about his health in the ESF permeates gender issues that influence their behavior toward disease prevention and health promotion. This situation requires that the professionals and managers of health initiatives for the inclusion of man in the actions of the ESF assistance starting from the understanding of their conceptions of health care.
metadata.dc.description.resumo: A pesquisa teve como objetivo geral compreender a percepção dos homens sobre a atenção à sua saúde em uma unidade de saúde da família. Trata-se de um estudo exploratório e descritivo, em uma abordagem qualitativa, desenvolvido no Centro de Saúde de Dr. Vulpiano Cavalcante, no Município de Parnamirim/RN. Participaram da investigação 12 homens cadastrados na Estratégia de Saúde da Família ESF, na faixa etária de 20 a 59 anos, e que residiam na área de abrangência de uma das equipes da ESF, da unidade acima referida. Os dados foram coletados no período de julho a agosto de 2009, por meio de entrevistas semiestruturadas, as quais, após a transcrição, sofreram um processo de identificação das unidades de sentido, codificação e categorização, sob os preceitos da análise de conteúdo segundo Bardin. Seguindo o percurso desse método, foram originadas as seguintes categorias temáticas: Revelando motivos que levam os homens a procurarem assistência na Estratégia de Saúde da Família ; Expressando conhecimento sobre a Estratégia de Saúde da Família ; Emitindo opinião sobre os cuidados com sua saúde e a relação com a ESF . A análise se processou segundo os princípios do interacionismo simbólico, conforme Blumer. Para respaldar as discussões, foram utilizados temas literários acerca do homem no contexto das políticas públicas de saúde, e do homem no âmbito familiar e as influências de gênero. Estas, quando tiveram suas propriedades e dimensões analisadas, suscitaram a categoria central O homem na Estratégia de Saúde da Família . Os resultados apontam que os entrevistados têm conhecimento reduzido acerca da ESF; suas atitudes se voltam para a utilização do serviço quando existem obrigatoriedades advindas de desconfortos e da necessidade de cuidados. Além disso, eles emitiram opinião quanto ao cuidado com a sua saúde, admitindo precisar, mas reconhecendo que não executam o autocuidado. Diante dessa realidade, podemos observar que a percepção do homem sobre sua saúde na ESF perpassa por questões de gênero que influenciam seu comportamento em relação à prevenção de doenças e promoção da saúde. Essa situação demanda dos profissionais e gestores de saúde iniciativas para a inclusão do homem nas ações de assistência da ESF, partindo da compreensão de suas concepções acerca da atenção à saúde.
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14675
Aparece nas coleções:PPGE - Mestrado em Enfermagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PatriciaSOM_DISSERT.pdf1,42 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.