Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14695
Título: Sofrimento psíquico: representações sociais dos enfermeiros em ambiente hospitalar
Autor(es): Carvalho, Gysella Rose Prado de
Palavras-chave: Saúde mental;Enfermagem;Trabalho;Estresse psicológico;Mental health;Nursing;Work;Psychological Stress
Data do documento: 22-Dez-2008
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: CARVALHO, Gysella Rose Prado de. Sofrimento psíquico: representações sociais dos enfermeiros em ambiente hospitalar. 2008. 152 f. Dissertação (Mestrado em Assistência à Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2008.
Resumo: We believe that the dissatisfaction arising from the lack of belief in the possibilities of change in the workplace, which cause difficulties to achieve professional results in the professional psychological distress that currently fits into the context of mental health. This is a qualitative, descriptive and representational research aiming to discover how the professional nurses represent the very psychological distress from work in the hospital environment. Aided and supported by specific objectives of identifying factors that generates this suffering and strategies for defense and confronting these professionals in the hospital. 22 nurses participated in this research, officials of the University Hospital Onofre Lopes, located in the city of Natal / RN, with length of service in the institution more than one year and less than five, and they accepted, by signing the Term of Free and Informed Consent, participate in the study. We use plurimethodological approach: a questionnaire, a semi-structured interview and the design-story with a theme adapted from Trinca with the support of the Theory of Social Representations and that nurses do in their psychological distress of the Central Core. We reviewed the data from the results generated by the ALCESTE software, based on hierarchical categorization downward, leading seven classes used as categories: Work process: completeness vs. incompleteness; labor contradiction of the nurse; qualitative aspects of interpersonal relationships; hospital surveillance: Challenges, muteness and neglect; Expectations, conflicts and feelings in the work process; Leisure: the other side of the work process, and Suffering generating aspects of in the work process. We consider the analysis of quarters generated by the program, which SLQ houses in the central core of the representations; the SRQ and the DLQ the intermediaries elements and the DRQ the peripheral elements that nurses do in their psychological distress. We analytically adequate results in the three belonging dimensions of social representations: the Subjectivity, the Intersubjectivity and Trans-subjectivity. We infer that the interpersonal relationship, the extra work, the deviation in the role of nurse show themself as the factors responsible for psychological distress of it. In that sense, the central core of SR of this profession is based on the level of trans-subjectivity and understood as a Social Representation controversy
metadata.dc.description.resumo: Entendemos que a insatisfação advinda da falta de crença nas possibilidades de mudança do contexto laboral que originam dificuldades para a realização profissional resulta no sofrimento psíquico do profissional que, atualmente se insere no contexto da saúde mental. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, descritiva e representacional objetivando apreender como os profissionais enfermeiros representam o próprio sofrimento psíquico decorrente do trabalho no ambiente hospitalar. Auxiliado e amparado pelos objetivos específicos de identificar fatores geradores deste sofrimento e de identificar estratégias de defesa e enfrentamento desses mesmos profissionais em ambiente hospitalar. Participaram desta pesquisa 22 enfermeiros, funcionários do Hospital Universitário Onofre Lopes, situado no município de Natal/RN, com tempo de serviço na instituição maior que um ano e menor que cinco e que aceitaram, mediante a assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido, participar do estudo. Utilizamos abordagem plurimetodológica: um questionário, uma entrevista semi-estruturada e o Desenho-estória com tema adaptado de Trinca com o suporte da Teoria das Representações Sociais e a que os enfermeiros fazem do seu sofrimento psíquico do Núcleo Central. Analisamos os dados a partir dos resultados gerados pelo software ALCESTE com base na categorização hierárquica descendente, derivando sete classes usadas como categorias: processo de trabalho: completude vs. incompletude; antinomia laboral do enfermeiro; aspectos qualitativos do relacionamento interpessoal; vigilância hospitalar: desafios, silenciamento e negligência; expectativas, conflitos e sentimentos no processo de trabalho; lazer: o outro lado do processo de trabalho e, aspectos geradores de sofrimento no processo de trabalho. Consideramos pela análise dos quadrantes gerados pelo programa, que o Quadrante Superior Esquerdo abriga o núcleo central das representações; o Quadrante Superior Direito e o Quadrante Inferior Esquerdo os elementos intermediários e o Quadrante Inferior Direito os elementos periféricos que os enfermeiros fazem do seu sofrimento psíquico. Adequamos analiticamente os resultados nas três dimensões de pertencimento das representações sociais: a Subjetividade, a Inter-subjetividade e a Trans-subjetividade. Inferimos que a relação interpessoal, a sobrecarga de trabalho, o desvio da função do enfermeiro apresentou-se como os fatores responsáveis pelo sofrimento psíquico do mesmo. Nesse sentido, o núcleo central da representação social desta categoria profissional, insere-se no nível da trans-subjetividade e está compreendida como uma Representação Social Polêmica
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14695
Aparece nas coleções:PPGE - Mestrado em Enfermagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
GysellaRPCO_DISSERT.pdf1,84 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.