Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14707
Título: Atividades profissionais da enfermagem no contexto hospitalar: influências nas relações de trabalho
Atividades profissionais da enfermagem no contexto hospitalar: influências nas relações de trabalho
Autor(es): Medeiros, Angelica Teresa Nascimento de
Palavras-chave: Enfermagem;Equipe de enfermagem;Relações interprofissionais;História da enfermagem;Nursing;Nursing team;Interprofessional relations;History of nursing
Data do documento: 4-Out-2010
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: MEDEIROS, Angelica Teresa Nascimento de. Atividades profissionais da enfermagem no contexto hospitalar: influências nas relações de trabalho. 2010. 128 f. Dissertação (Mestrado em Assistência à Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2010.
Resumo: The present study is based on an analysis of professional work relationships in the nursing team from the task/skills of its members as a contribution to understanding the work process in nursing. It is aimed to identify the skills of the nursing team members through the vision of nurses, technicians and nursing assistants, thus it attempts to find strategies to improve the health assistance to patients. It is a descriptive and analytical study with a qualitative approach grounded in theoretical and methodological framework of Symbolic Interactionism. The research was carried out in the participant work place, a Public Hospital of Reference for the SUS, located in the eastern health district of Natal/RN. Nineteen nursing professionals participated in the study, which seven was nurse and twelve nursing technician. As procedure to collect data we used an unstructured interview accompanied by a standard topic guide which was recorded and later transcribed. The content analysis was chosen as the main methodology to analyze the discussion, which gave rise to thematic categories that were considered relevant based on the theoretical framework of this study, and the interactionist theory. This study was in accordance with the ethical principles of the Resolution nº. 196/96, it has obtained an appropriate consent of the UFRN Research Ethics Committee. The results indicate that the professionals seen the nursing as a profession strongly attached to the health care process and as a profession that acquired a scientific status very recently. Regarding to the nursing functions in the work process in nursing, the professionals they identified the manage/administer category as the main activities developed by these professionals, thus the education and complex care in nursing categories. Concerning to the technicians and nursing assistants functions, it was figured out in the professional s opinion that there is not distinction among the attribution of these categories. The interviewed were unanimous in report that these professionals are more involved in direct patient health care through performance of basic duties in nursing care. Finally, with regard to the work relationship among nursing team members, the majority of those interviewed see this relationship as disharmony and quarrelsome and in general, there is not bond between categories that comprise the process of work in nursing. On the basis of our results we consider the importance of knowing the meaning of nursing given by these professionals; also their skills could be useful as basis to identify problems, which source could be detected in the power relationship, deviations of functions, gap between design (knowledge) and performance (doing) work, besides the loss of the global activities view in the process of nursing work
metadata.dc.description.resumo: O presente estudo faz uma análise das relações de trabalho na equipe de enfermagem a partir das atribuições/competências de seus membros, como contribuição para o entendimento do processo de trabalho em enfermagem. Teve como objetivos identificar as competências dos membros da equipe de enfermagem através da visão de enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, além de tentar detectar estratégias para melhorar a assistência prestada ao paciente. Trata-se de um estudo descritivo e analítico com abordagem qualitativa, fundamentado em princípios teórico-metodológicos do Interacionismo Simbólico. Teve como cenário o local de trabalho dos participantes, sendo este um Hospital Público de Referência para o SUS, localizado no Distrito Sanitário Leste do Município de Natal/RN. Participaram do estudo 19 profissionais de enfermagem, dos quais, 07 eram enfermeiros e 12 eram técnicos de enfermagem. Como procedimento de coleta, utilizou-se uma entrevista não-estruturada acompanhada de formulário, cuja foi gravada e posteriormente transcrita. Para a análise dos resultados, utilizou-se a análise de conteúdo, a qual fez emergir categorias temáticas relevantes, que foram analisadas tendo por base os referenciais teóricos desse estudo, bem como a teoria interacionista. O estudo obedeceu aos preceitos éticos da Resolução nº. 196/96, com parecer favorável do Comitê de Ética e Pesquisa da UFRN. Os resultados obtidos indicam que para os profissionais a Enfermagem é uma profissão fortemente atrelada ao processo de cuidar e recentemente vem adquirindo status de ciência. No que se refere às funções do enfermeiro, no processo de trabalho em enfermagem, tais profissionais relacionaram as categorias gerenciar/administrar como sendo as principais atividades desenvolvidas por eles, além da categoria de ensino e da prestação de assistência em cuidados de enfermagem complexos. Com relação às funções dos auxiliares e técnicos de enfermagem, notou-se que na opinião dos profissionais, não existe mais uma distinção entre as atribuições dessas categorias. Os entrevistados foram unânimes em relatar que a esses profissionais está atribuído o cuidado direto ao paciente, através da realização de cuidados de enfermagem mais simples. E, por fim, no que tange às relações de trabalho entre os membros da equipe de enfermagem, para a maioria dos entrevistados tais relações são conflituosas, desarmônicas e, geralmente, não existe união entre as categorias que compõem o processo de trabalho em enfermagem. Diante desses achados, considera-se que a importância de se conhecer o significado de enfermagem atribuído por estes profissionais, bem como as suas competências pode servir de base para a identificação dos problemas, cuja origem pode se localizar nas relações de poder, desvios de funções, distanciamento entre concepção (saber) e execução (fazer) do trabalho, além da perda da globalidade das atividades realizadas no processo de trabalho em enfermagem
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14707
Aparece nas coleções:PPGE - Mestrado em Enfermagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AngelicaTNM_DISSERT.pdf2,37 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.