Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14708
Título: A palavra cantada nos espaços intersubjetivos de um centro de atenção psisossocial do município do Natal/RN
Autor(es): Fernandes, Rafaella Leite
Palavras-chave: Serviços de Saúde mental;Pesquisa em enfermagem;Música;Enfermagem psiquiátrica;Mental health services;Nursing research;Music;Psychiatric nursing
Data do documento: 28-Out-2010
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: FERNANDES, Rafaella Leite. A palavra cantada nos espaços intersubjetivos de um centro de atenção psisossocial do município do Natal/RN. 2010. 121 f. Dissertação (Mestrado em Assistência à Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2010.
Resumo: The psychiatric care and mental health are undergoing constant change over the History. The Brazilian Psychiatric Reform, which brings up the deinstitutionalization as a structuring in the restorative care process. The Reform has as one of the mainly substitutive services the Centers for Psychosocial Care (CAPS), which work from the Singular Therapeutic Project (PTS) in order to restore the autonomy and restore the dignity of users. The therapeutic workshop is some of the resources used and work several kinds of activities as: writing, handcraft, music, poetry, and so forth. This study set up to apprehend the social representations of helping of the music workshop carried out in the CAPS II east of Natal/RN, from the reports given by the participants of the workshop, using the focal group as technique. This is a descriptive exploratory study with a qualitative approach. A total of 16 users participated in four musical therapeutic workshops from April to May 2010. The study was approved by the Ethics and Research Committee of UFRN. The discursive material from the workshop was submitted to the informational resource of Analyse Lexicale par Contexte d um Ensemble de Segments de Texte, ALCESTE, and analyzed based on the Theory of Representations and the Central Core Theory. The majority of subjects were men (62.5%), single (62.5%), aged 40-49 years (37.6%) and elementary school level (56.2 %). The reports were transcribed and submitted to the classification system of ALCESTE, which elected the following categories: Category 1 - Experience in the Word Family Sung, Category 2 - Musical Experiences and Approaches, and Category 3 - Feelings and emotions evoked by music. The representation of these individuals is anchored in the experience they have with the CAPS, lived and socialized by common sense, through this particular social group workshop objectified in music therapy as a therapeutic modality enjoyable. The central core revealed the intrinsic relationship between users and the music, establishing a relationship of openness to use the same while its therapeutic use in workshops of substitute services for mental health. Peripherals elements issues are related to listen, share and experience music in the family. Intermediary Elements relate to the feelings and emotions evoked by music, given her close relationship with it. It was found in the study that music can be construed as an artifact of good therapeutic responsiveness to users, configuring it as an invigorating and enjoyable therapy, confirming the need for continuity of this activity, as well as its expansion into the service
metadata.dc.description.resumo: O cuidado em psiquiatria e saúde mental, ao longo da história, vem passando por constantes mudanças. A Reforma Psiquiátrica Brasileira, que traz à tona a desinstitucionalização como eixo estruturante do processo de reestruturação da assistência, tem como um dos principais serviços substitutivos os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS). Estes trabalham a partir do Projeto Terapêutico Singular (PTS) a fim de restituir a autonomia e resgatar a dignidade dos usuários. As oficinas terapêuticas são alguns dos recursos utilizados e trabalham vários tipos de atividades como: escrita, artesanato, música, poesia, dentre outros. Este estudo teve como objetivo apreender as representações sociais das contribuições da oficina de música desenvolvida no CAPS II Oeste do município de Natal/RN, a partir dos relatos dos participantes da oficina, utilizando a técnica do grupo focal. Trata-se de um trabalho descritivo exploratório com abordagem qualitativa. Participou de quatro oficinas terapêuticas de música um total de 16 usuários, no período de abril a maio de 2010. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética e Pesquisa da UFRN. O material discursivo proveniente das oficinas foi submetido ao recurso informacional do Analyse Lexicale par Contexte d um Ensemble de Segments de Texte, ALCESTE, e analisado com base na Teoria das Representações Sociais e na Teoria do Núcleo Central. Os sujeitos se caracterizaram em sua maioria como homens (62,5%), solteiros (62,5%), com idade entre 40-49 anos (37,6%) e grau de escolaridade prevalente no Ensino Fundamental Incompleto (56,2%). Os relatos foram transcritos e submetidos ao sistema de classificação do ALCESTE, que elegeu as seguintes categorias: Categoria 1 Experiência da Palavra Cantada na Família; Categoria 2 Experiências e Aproximações Musicais; e Categoria 3 Sentimentos e emoções evocados pela música. A representação desses indivíduos encontra-se ancorada na experiência que eles têm com o CAPS, vivenciada e socializada pelo senso comum, por meio desse grupo social específico objetivada na oficina terapêutica de música, enquanto modalidade terapêutica prazerosa. O Núcleo Central evidenciou a relação intrínseca existente entre os usuários e a música, estabelecendo uma abertura ao vínculo de aproveitamento da mesma enquanto seu uso terapêutico em oficinas de serviços substitutivos de saúde mental. Os Elementos Periféricos apontam questões relacionadas ao ouvir, partilhar e vivenciar a música em família. Os Elementos Intermediários relacionam-se aos sentimentos e emoções evocados pela música, diante de sua relação estreita com a mesma. Constatou-se no estudo que a música se configura como um artefato terapêutico de boa receptividade pelos usuários, configurando-se como uma terapia revigorante e prazerosa, firmando a necessidade de continuidade dessa atividade, bem como sua expansão, dentro do serviço
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14708
Aparece nas coleções:PPGE - Mestrado em Enfermagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
RafaellaLF_DISSERT.pdf2,73 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.