Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14781
Título: A pessoa com tuberculose e o cuidado de si
Título(s) alternativo(s): Person with tuberculosis and self care
Autor(es): Lopes, Rayssa Horacio
Palavras-chave: Tuberculose. Cuidado de si. Atenção Primária à Saúde;Tuberculosis. Self Care. Primary Health Care
Data do documento: 26-Mar-2013
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: LOPES, Rayssa Horacio. Person with tuberculosis and self care. 2013. 90 f. Dissertação (Mestrado em Assistência à Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Resumo: Tuberculosis is a serious disease with high incidence and prevalence, and in many countries a priority public health problem, with persisting high epidemiological significance. Seeing the person with tuberculosis it is important to observe his/her self care, as well as the difficulties intertwined in this process, since it can be directly impacting the health/disease process. The aim of this study was to analyze the self care of people with tuberculosis. Descriptive study with qualitative approach, conducted in West Sanitary District of the city of Natal, RN. Data collection occurred through a semi-structured interview guided by questions concerning sociodemographic and about the disease, treatment, and self care, between the months of July to September 2012 and met the ethical precepts of research with human beings. To analyze the results we used the technique of thematic content analysis of Laurence Bardin, through the prism of the theoretical-philosophical self care discussed by Michel Foucault. From the analysis emerged two categories, the first being, Meaning of tuberculosis, with subcategories: tuberculosis as sadness and unhappiness and tuberculosis as a normal issue, and the second, Beware yourself to tuberculosis, which had subcategories: self care as attention to the health care of oneself as satisfaction of basic needs and difficulties to self care. Tuberculosis represents for some people, something really sad, causing psychological suffering, however the other presents as normal. Self care of persons with tuberculosis in this study are related in great part to seek health care and the satisfaction of basic needs. About the difficulties related to the practice of self-care, it is observed that these are tied to food, time for rest, slowness of health services for scheduling appointments and tests, as well as related habits and dependencies in the lives of these people. This study contributed to a reflection of the users with tuberculosis and self care, revealing aspects that healthcare professionals should pay attention to watch these people, being able to see everyday on the run, the need for a space and time for oneself
metadata.dc.description.resumo: A tuberculose é uma doença grave, com incidência e prevalência elevadas, sendo em muitos países um problema de saúde pública prioritário, persistindo com alta importância epidemiológica. Ao vislumbrar a pessoa com tuberculose é importante observar o seu cuidado de si, bem como as dificuldades imbricadas neste processo, visto que o mesmo pode estar repercutindo diretamente no processo saúde/doença. O objetivo deste estudo foi analisar o cuidado de si da pessoa com tuberculose. Estudo do tipo descritivo e abordagem qualitativa, realizado no Distrito Sanitário Oeste do município de Natal/RN. A coleta dos dados ocorreu por meio de uma entrevista semiestruturada orientada por questões relativas aos aspectos sociodemográficos e sobre a doença, tratamento e o cuidado de si, entre os meses de julho e setembro de 2012, e atendeu aos preceitos éticos de pesquisa com seres humanos. Para a análise dos resultados utilizou-se a técnica de análise de conteúdo temática de Laurence Bardin, sob o prisma do referencial teórico-filosófico do cuidado de si discutido por Michel Foucault. A partir da análise emergiram duas categorias, sendo a primeira, Significado da tuberculose, com as subcategorias: tuberculose como tristeza e infelicidade e tuberculose como algo normal; e a segunda, Cuidado de si com tuberculose, a qual teve as subcategorias: cuidado de si como atenção para com a saúde, cuidado de si como satisfação de necessidades básicas e dificuldades para o cuidado de si. A tuberculose representa, para alguns, algo deveras triste, causando sofrimentos psicológicos; entretanto a outros apresenta-se como normalidade. O cuidado de si das pessoas com tuberculose, nesse estudo, é relativo, em grande parte, à busca de cuidados com a saúde e à satisfação de necessidades básicas. Sobre as dificuldades relacionadas à prática do cuidado de si, observa-se que estas estão atreladas à alimentação, tempo para o descanso, morosidade dos serviços de saúde para agendamento de consultas e exames, bem como ligadas aos hábitos e dependências na vida destas pessoas. Este estudo contribuiu para uma reflexão dos usuários com tuberculose sobre o cuidado de si, revelando aspectos que os profissionais de saúde devem atentar ao assistir a estas pessoas, sendo possível visualizar, na pressa cotidiana, a necessidade de um espaço e tempo para si mesmo
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14781
Aparece nas coleções:PPGE - Mestrado em Enfermagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
RayssaHL_DISSERT.pdf1,14 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.