Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14815
Título: Trauma em idosos atendidos pelo serviço pré-hospitalar móvel
Título(s) alternativo(s): Trauma in elderly patients by the mobile pre-hospital service
Autor(es): Silva, Hilderjane Carla da
Palavras-chave: Enfermagem. Idoso. Traumatismos. Assistência pré-hospitalar;Nursing. Elderly. Injuries. Pre-hospital care
Data do documento: 12-Dez-2013
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: SILVA, Hilderjane Carla da. Trauma in elderly patients by the mobile pre-hospital service. 2013. 153 f. Dissertação (Mestrado em Assistência à Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Resumo: O The aim of this study was to characterize the occurrence of trauma in the elderly population served by the mobile pre-hospital service, in Natal, Rio Grande do Norte. This is a descriptive, transversal and quantitative approach and whose population consisted of 2,080 trauma victims. The sample, of systematic random type, consisted of 400 elderly people, aged from 60 years old, assisted by the Office of Mobile Emergency in Natal / RN, between January 2011 and December 2012. Data collection began after consent and assent of the institution of a Research Ethics Committee under No. 309 505. It was proceeded to documentary retrospective analysis of records of this service through a form of self-development, validated by expert judges considered reliable (α> 0.75) and valid (CVI = 0.97) in their clarity and relevance. Data were tabulated by the Statistical Package for Social Sciences, version 20.0. The results show that older victims have an average age of 74.19 years old, with a prevalence of female involvement by chronic diseases, especially hypertension, average usage of 2.2 routine medications with vital signs within normal limits. The trauma prevailed during the daytime, in the residence of the victims, north of the city and on weekends. Among the mechanisms of trauma were falls, traffic accidents and physical aggression, whose most common type was brain-cerebral trauma and the main consequences were suture wounds and closed fractures. Basic Support Units were as more driven to pre-hospital care (87.8%) and the main destination place consisted of a referral hospital for emergency of the state (57.5%). Among the most commonly performed procedures by nursing staff immobilization with rigid board and neck collar and the peripheral venipuncture, and the main component used for volume replacement to saline were highlighted. There was a significant relationship between the deaths and the mechanism of injury, mechanism of injury and procedures, except medication administration procedures carried out, except immobilization and unit for service. It is highlighted the prevalence of trauma in the elderly, poor follow-up Pre-Hospital Trauma Life Support protocol and the paucity of records and nursing procedures performed. There is need for a protocol of care specific to elderly trauma victims and education strategies for the prevention of such events
metadata.dc.description.resumo: O objetivo deste estudo foi caracterizar a ocorrência de traumas na população idosa atendida pelo serviço pré-hospitalar móvel, no município de Natal, Rio Grande do Norte. Trata-se de um estudo descritivo, de delineamento transversal e abordagem quantitativa, cuja população foi constituída por 2.080 vítimas de trauma. A amostra, do tipo aleatória sistemática, consistiu em 400 pessoas idosas, com idade a partir de 60 anos, assistidas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência de Natal/RN, entre janeiro de 2011 a dezembro de 2012. A coleta de dados teve início após consentimento da instituição e parecer favorável de um Comitê de Ética em Pesquisa sob o nº 309.505. Procedeu-se à análise documental retrospectiva das fichas de atendimento do serviço através de um formulário de elaboração própria, validado por juízes especialistas, considerado como confiável (α>0,75) e válido (IVC=0,97) em sua clareza e relevância. Os dados foram tabulados pelo software Statistical Package for Social Science, versão 20.0. Os resultados obtidos evidenciam que as vítimas idosas possuem idade média de 74,19 anos, com prevalência do sexo feminino, acometimento por doenças crônicas, especialmente a hipertensão arterial, uso médio de 2,2 medicamentos rotineiros, com sinais vitais dentro dos padrões de normalidade. Os traumas prevaleceram no período diurno, na residência das vítimas, zona norte da cidade e nos fins de semana. Entre os mecanismos de trauma destacaram-se as quedas, os acidentes de trânsito e as agressões físicas, cujo tipo de trauma mais comum foi o cranioencefálico e principais consequências os ferimentos passivos de sutura e as fraturas fechadas. As Unidades de Suporte Básico estiveram como as mais acionadas para o atendimento pré-hospitalar (87,8%) e o principal local de destino consistiu no hospital de referência em urgência do Estado (57,5%). Entre os procedimentos mais realizados pela equipe de enfermagem destacaram-se a imobilização com prancha rígida e colar cervical, bem como a punção venosa periférica, e principal componente utilizado para reposição volêmica a solução fisiológica. Houve relação significativa entre os óbitos e o mecanismo de trauma; mecanismo de trauma e procedimentos realizados, exceto administração de medicamentos; procedimentos realizados, exceto de imobilização, e unidade destinada ao atendimento. Ressalta-se a prevalência do trauma na população idosa, o seguimento deficiente do protocolo Pre-Hospital Trauma Life Support e a incipiência dos registros de procedimentos de enfermagem realizados. Há necessidade de um protocolo de atendimento ao trauma específico às vítimas idosas e estratégias de educação para a prevenção de eventos desta natureza
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14815
Aparece nas coleções:PPGE - Mestrado em Enfermagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
HilderjaneCS_DISSERT.pdf2,89 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.