Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14817
Título: Assistência de enfermagem às urgências e emergências psiquiátricas no serviço de atendimento móvel de urgência em Mossoró-RN
Autor(es): Oliveira, Lucídio Clebeson de
Palavras-chave: Enfermagem. Saúde mental. Urgência e emergência psquiátricas;Nursing. Mental Health. Psychiatric Nursing
Data do documento: 21-Mar-2014
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: OLIVEIRA, Lucídio Clebeson de. Assistência de enfermagem às urgências e emergências psiquiátricas no serviço de atendimento móvel de urgência em Mossoró-RN. 2014. 99 f. Dissertação (Mestrado em Assistência à Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Resumo: This study aims to identify the concepts of professional nursing team on assistance in urgency and psychiatric emergencies in SAMU in Mossoró/RN, identifying the difficulties in implementing an emergency assistance to the user in psychiatric distress in this service and point strategies in pursuit of consolidation and expansion of comprehensive health care to the public. It is a descriptive research with qualitative and exploratory approach. The subjects were employees of the nursing staff of SAMU of that mentioned municipality. Semi-structured interviews are applied as tool for data collection. It was counted on the consent of the institution where the study was developed and approval by the Ethics Committee in Research of UFRN with CAAE No 17326513.0.0000.5537, besides signing the Informed Free Consent Term by the participants. Data analysis was done by means of thematic analysis proposed by Bardin. Thus , as a result of the research produced the following categories: mechanistic practice; dehumanization of care; need for qualification, barriers to assistance in urgency and psychiatric emergency and strategies in pursuit of comprehensive care, which proceeded in preparing two articles entitled "Nursing care to the emergency room and psychiatric emergencies in the mobile emergency care service" and "Barriers for emergency service and psychiatric emergencies in the mobile emergency care service". In the studied reality it was identified that nursing care offered to users in situations of urgency and psychiatric emergency is made based primarily on the use of chemical and physical restraints, as well as transportation to the general hospital, constantly using the police force support, which meets the guidelines of the Psychiatric Reform and thereby undermining the provision of an effective and humane care. This scenario is worsened by the lack of an organized network of services in mental health, where after the service the user is taken to a general hospital, considering that there is no ready or appropriate psychiatric emergency service as a Center of Psychosocial Care - CAPs III to reference it, thereby precluding the realization of a resolute and comprehensive care. Thus, it is concluded that nursing care is based on biologicist and medicine-centered model advocated by classical psychiatry, and that despite all the advances in psychiatric reform, still guides the mental health care, so the lack of service network organized in hierarchical and mental health, where the user in urgency and emergency service can be watched in full and the guidelines of the psychiatric reform can be realized in practice
metadata.dc.description.resumo: O presente estudo tem como objetivo conhecer as concepções dos profissionais da equipe de enfermagem sobre a assistência em urgências e emergências psiquiátricas no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) em Mossoró/RN, identificar as dificuldades existentes na implementação de uma assistência de emergência ao usuário em sofrimento psiquiátrico neste serviço e apontar as estratégias na busca de uma consolidação e ampliação de uma assistência integral a esse público. Trata-se de pesquisa do tipo descritiva com abordagem qualitativa e de caráter exploratório. Os sujeitos foram trabalhadores da equipe de enfermagem do SAMU do referido município. Emprega-se a entrevista semiestruturada como instrumento de coleta de dados. Contou com a anuência da instituição onde se desenvolveu o estudo e a aprovação pelo Comitê de Ética em Pesquisa da UFRN, com CAAE n° 17326513.0.0000.5537, além da assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido pelos participantes. A análise de dados se fez por meio da Análise Temática proposta por Bardin. Desta forma, como resultado da pesquisa elaborou-se as seguintes categorias: prática mecanicista; desumanização da assistência; necessidade de qualificação, entraves para uma assistência em urgência e emergência psiquiátrica e estratégias na busca da assistência integral, o que procedeu na elaboração de dois artigos intitulados Assistência de enfermagem às urgências e emergências psiquiátricas no serviço de atendimento móvel de urgência e Entraves para o atendimento às urgências e emergências psiquiátricas no serviço de atendimento móvel de urgência . Na realidade estudada identificou-se que a assistência de enfermagem ofertada aos usuários em situação de urgência e Emergência psiquiátrica é realizada baseada principalmente na utilização de contenções químicas e físicas, assim como no transporte para o hospital geral, constantemente utilizando o acionamento de força policial, o que vai de encontro as diretrizes da Reforma Psiquiátrica e assim comprometendo a oferta de uma assistência efetiva e humanizada. Esse cenário agrava-se pela falta de um rede de serviços em saúde mental organizada, onde após o atendimento o usuário é levado a um hospital geral, tendo em vista que não existe um pronto socorro psiquiátrico ou serviço apropriado, como um Centro de Atendimento Psicossocial CAPs III para referenciá-lo, impossibilitando assim a realização de um atendimento resolutivo e integral. Dessa forma, conclui-se que a assistência de enfermagem baseia-se no modelo biologicista e medicalocêntrico, defendido pela psiquiatria clássica e que apesar de todos os avanços da reforma psiquiátrica, ainda norteia a assistência em saúde mental, assim a falta de rede de atendimento em saúde mental organizada e hierarquizada, onde o usuário em situação de urgência e emergência psiquiátrica possa ser assistido de forma integral e as diretrizes da Reforma Psiquiátrica possam ser concretizadas na prática
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14817
Aparece nas coleções:PPGE - Mestrado em Enfermagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LucidioCO_DISSERT.pdf1,34 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.