Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14837
Título: Avaliação de concreto com adição de fibras de PET submetido a altas temperaturas
Título(s) alternativo(s): Assessment of concrete made with de PET fiber exposedo to high temperatures
Autor(es): Meneses, Ilzenete Andrade
Palavras-chave: concreto com PET;concreto com fibras;altas temperaturas;PET reinforced concrete;fiber reinforced concrete;high temperatures
Data do documento: 28-Dez-2011
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: MENESES, Ilzenete Andrade. Assessment of concrete made with de PET fiber exposedo to high temperatures. 2011. 90 f. Dissertação (Mestrado em MECÂNICA DAS ESTRUTURAS, ESTRUTURAS DE CONCRETO E ALVENARIA E MATERIAIS E PROCESSOS CONSTRUTIVOS) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2011.
Resumo: The concrete for centuries constituted an essential structural element in the construction industry due to its relative ease of forming, before the weather durability, low cost, its lower maintenance compared to other materials such as steel. However, when the concrete is exposed to high temperatures tends to lose its mechanical characteristics, and may even result in loss of section, which undermines the stability and mechanical strength of structural elements. The pathologies resulting from exposure to elevated temperatures ranging from cracks, pops up chipping explosives (spalling). Recently, the technology of concrete is closely related to the study of its microstructure. The use of fibers added to concrete has been revealed as a solution to increase the mechanical strength of the concrete, it acts directly on the distribution of efforts to act in the play within the microstructure. In this work we used recycled PET fibers embedded in concrete with 15x2mm fck = 30MPa, water/cement ratio of 0.46, in works made for verification of mechanical strength of this mixture submitted to high temperature. The specimens of concrete with addition of PET fibers were tested after exposure to temperatures: ambient (30ºC), 100°C, 200°C, 300°C, 400°C, 600°C and 900°C. It was found that the concrete loses significant strength when exposed to temperatures above 300°C, however the use of fiber PET may delay the risk of collapse of structures for the formation of a network of channels that facilitate the escape of vapor 'water, reducing the pore pressure inside the structural element
metadata.dc.description.resumo: O concreto ao longo dos séculos constituiu-se num elemento estrutural indispensável na construção civil, devido a sua relativa facilidade de moldagem, sua durabilidade diante das intempéries, seu baixo custo, sua menor necessidade de manutenção, se comparado a outros materiais, como o aço. No entanto, quando o concreto fica exposto a altas temperaturas tende a perder suas características mecânicas, podendo inclusive ocorrer perda de seção, que compromete a estabilidade e a resistência mecânica dos elementos estruturais. As patologias decorrentes da exposição á elevadas temperaturas vão desde as fissuras, estalos até lascamentos explosivos. Nos últimos tempos, a tecnologia do concreto está intimamente ligada ao estudo de sua microestrutura. O uso de fibras adicionadas ao concreto tem se revelado como solução para o incremento de resistência mecânica do concreto, pois atua diretamente na distribuição dos esforços que atuam na peça no âmbito da microestrutura. Neste trabalho foram usadas fibras de PET proveniente da reciclagem de garrafas de refrigerante, para fabricação de vassouras. As fibra utilizadas tinham 2mm de largura por 15mm de comprimento, incorporadas ao concreto dosado para fck= 30MPa, relação água/cimento 0.46, confeccionado em um canteiro obra, para verificação de resistência mecânica dessa mistura submetida á elevadas temperaturas. Os corpos de prova dos concretos com e sem adição de fibras de PET foram ensaiados após exposição às temperaturas: ambiente (30ºC), 100ºC, 200ºC, 300ºC, 400ºC, 600ºC e 900ºC. Verificou-se que o concreto perde de forma significativa resistência mecânica quando exposto a temperaturas maiores que 300ºC. No entanto o uso da fibra de PET pode retardar o risco de colapso de estruturas pela formação de uma rede de canais que facilitam a fuga do vapor d´água, reduzindo a poropressão no interior do elemento estrutural
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14837
Aparece nas coleções:PPEC - Mestrado em Engenharia Civil

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
IlzeneteAM_DISSERT.pdf5,05 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.