Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/15530
Título: Anodização para obtenção de membranas cerâmicas
Título(s) alternativo(s): Hard anodizing to attachment of ceramic membranes
Autor(es): Timoteo Júnior, José Flávio
Palavras-chave: Membrana de alumina anódica;Anodização;Dissolução;Alumina porosa;Porosidade nanométrica;Anodic alumina membrane;Hard anodizing;Dissolution;Porous alumina;Nanometric porosity
Data do documento: 17-Dez-2007
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: TIMOTEO JÚNIOR, José Flávio. Hard anodizing to attachment of ceramic membranes. 2007. 69 f. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Materiais; Projetos Mecânicos; Termociências) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2007.
Resumo: This a study on the achievement of alumina membranes by the method of anodizing. From this method got up a layer of aluminum oxide on the anodic metal, who presented the basic properties necessary for the application as a support for the production and acquisition of nanomaterials, such as porosity nano and resistance to high temperature, and other properties, as resistance to corrosion, and chemical, high ranking of the structure and pore size of the pores. The latter, ranging from 10 to 100nm depended on the electrolyte used, which in this study was the H2SO4. To remove all remaining aluminum, it is a bath of dissolution with HCl and CuCl where the residual aluminum has been withdrawn, and the deep pores were opened after chemical treatment with NaOH. After the dissolution, the membranes were calcined at temperatures of 300, 600 and 900° C, and sintered at temperatures of 1200 and 1300º C to win mechanical strength, porosity and observe the desired crystallization. Then went through analyses of composition through X-ray diffraction and morphology of the microstructure through a scanning electron microscope. The method was effective for obtaining alumine membranes applied in the processes of production of materials in nano
metadata.dc.description.resumo: Trata de um estudo sobre a obtenção de membranas de alumina através do método da anodização. A partir deste método obteve-se uma camada de óxido anódico sobre o alumínio metálico, que apresentou as propriedades básicas necessárias à aplicação como suporte para produção e obtenção de nanomateriais, tais como: porosidade nanométrica e resistência a altas temperaturas, além de outras propriedades, como resistência à corrosão, e química, alta ordenação da estrutura dos poros e tamanho dos poros. Este último, variando de 10 até 100nm dependeu do eletrólito usado, o qual neste estudo foi o H2SO4. Para retirar todo alumínio restante, procedeu-se um banho de dissolução com HCl e CuCl no qual o alumínio residual foi retirado, e os poros profundos foram abertos após o tratamento químico com NaOH. Após a dissolução, as membranas foram calcinadas nas temperaturas de 300, 600 e 900° C, e sinterizadas nas temperaturas de 1200 e 1300º C para ganhar resistência mecânica, porosidade desejada e observar a cristalização. Em seguida passou por análises de composição através da Difração de Raios-X e morfologia da microestrutura por meio de um microscópio eletrônico de varredura. O método se mostrou eficiente para obtenção de membranas de alumina aplicadas nos processos de produção de materiais em escala nanométrica
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/15530
Aparece nas coleções:PPGEM - Mestrado em Engenharia Mecânica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
JoseFTJ.pdf1,66 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.