Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/15645
Título: Desempenho de um veículo flex em bancada dinamométrica de chassi
Autor(es): Laranja, Gil Colona
Palavras-chave: Motor flex;Gás natural;Etanol;Gasolina;Dinamômetro de chassi;Flex-fuel motor;Natural gas;Ethanol;Gasoline;Chassis Dynamometer
Data do documento: 18-Dez-2010
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: LARANJA, Gil Colona. Desempenho de um veículo flex em bancada dinamométrica de chassi. 2010. 105 f. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Materiais; Projetos Mecânicos; Termociências) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2010.
Resumo: Flex-fuel vehicles are equipped with Otto Cycle internal combustion engines and have the capability of functioning with more than one type of fuel, mixed at the same tank and burned in the combustion chamber simultaneously. This sort of motorization is a world pattern due to the scarcity of petroleum, the trade of several types of fuels, technology advances and the restriction imposed to gas emissions to the atmosphere. In Brazil, the Flexfuel vehicles are a reality, specially the ones using fuel with 20 to 25% anhydrous alcohol mixed with gasoline and those that use natural gas or original liquid fuel (gasoline or hydrated ethanol). The Brazilian model Fiat Siena, the object of this present scientific investigation, is equipped with a unique electronic central capable of managing the liquid or gaseous fuels. The purpose of this research was to perform a comparative analysis in terms of performance (in terms of both potency and consumption) of a tetra-fuel vehicle - using a chassis dynamometer, operating with different fuels: common gasoline, premium gasoline, Podium gasoline, ethanol or natural gas. It became necessary to develop a bench of tests and trials procedures, as well as to know the functioning of the electronic management of the vehicle under analysis. The experiments were performed at the automotive laboratory in CTGAS-ER (Center of Gas Technologies and Renewable energies) at the light of Brazilian standard ABNT, NBR 7024: Light on-road vehicles - measurement of fuel consumption. The essay results on specific fuel consumption using common gasoline, premium gasoline and Podium gasoline have shown similar results, both for urban and road driving cycles
metadata.dc.description.resumo: Os veículos flex são equipados com um motor de combustão interna do ciclo Otto e têm como característica a capacidade de funcionar com mais de um tipo de combustível, misturados no mesmo tanque e queimados na câmara de combustão simultaneamente. Este tipo de motorização é uma tendência mundial devido à escassez do petróleo, a comercialização de vários tipos de combustíveis, aos avanços tecnológicos dos sistemas de gerenciamento eletrônico de combustível e às restrições as emissões de gases poluentes na atmosfera. No Brasil, os veículos flex são uma realidade, com destaque para os veículos alimentados com 20 a 25% do álcool anidro misturado com gasolina e os que utilizam gás natural ou o combustível líquido original (gasolina ou etanol hidratado). O FIAT SIENA TETRAFUEL, objeto da presente investigação, é equipado com uma única central eletrônica capaz de gerenciar os combustíveis líquidos ou gasoso. A pesquisa em tela teve como propósito a análise comparativa de desempenho (potência e consumo) de um veículo tetracombustível simulando ciclos de condução urbano e de estrada em um dinamômetro de chassi, operando com os combustíveis: gasolina comum (tipo C), gasolina aditivada (tipo C), gasolina Podium (Premium), etanol (AEHC) ou gás natural (GNV). Foi necessário desenvolver bancada de testes e procedimentos de ensaios, como também conhecer o funcionamento do gerenciamento eletrônico do veículo em questão. Os ensaios foram realizados no Laboratório do Centro de Tecnologias do Gás e Energias Renováveis de acordo com a norma ABNT NBR 7024 - Veículos rodoviários leves Medição do consumo de combustível. Os resultados dos ensaios de consumo específico com as gasolinas comum, aditivada e Podium resultaram em valores próximos, tanto no ciclo de condução urbano como também no ciclo de condução de estrada
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/15645
Aparece nas coleções:PPGEM - Mestrado em Engenharia Mecânica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
GilCL_DISSERT.pdf1,73 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.