Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/15690
Title: Fabricação de eco-composito com a fibra de lã canina
Authors: Silva, Francisco Claudivan da
Keywords: Fibras têxteis;Eco-compósitos;Lã canina;textiles fibers;eco-composites;dog wool
Issue Date: 16-Jul-2012
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Francisco Claudivan da. Fabricação de eco-composito com a fibra de lã canina. 2012. 67 f. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Materiais; Projetos Mecânicos; Termociências) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.
Abstract: The Sustainability has been evidence in the world today; organizations have sought to be more and more into this philosophy in their processes, whether products or attendance. In the present work were manufactured eco-composites with animal fiber (dog wool) that is currently discarded into the environment without any use. The fibers were characterized and made matting (non-woven). The phases of the project were consisted to develop methods and to convert these fibers (booster) blended with polyester resin (matrix) in different proportions (10%, 20% and 30%) at the composite. Were studied fiber characteristics, mechanical properties of the composites, water absorption and scanning electron microscopy. Initially, the fibers were treated with solution of sodium hydroxide of 0.05 mols, and then taken to matting preparing at the textile engineering laboratory - UFRN. The composites were made by compression molding, using an orthophthalic polyester resin as matrix and 1% MEK (methyl ethyl ketone peroxide) as initiator (catalyst). To evaluate the mechanical tests (tensile and flexural) and water absorption were made twelve specimens with dimensions 150x25x3 mm were cut randomly. According to the standard method, tensile tests (ASTM 3039) bending tests (ASTM D790) were performed at the mechanical testing of metals at laboratory UFRN. The results of these tests showed that the composite reinforced with 30% had a better behavior when exposed to tension charge; while on the three points bending test showed that the composite reinforced with 10% had a better behavior. In the water absorption test it was possible to see that the highest absorption happened on the composite reinforced with 30%. In the micrographs, it was possible to see the regions of rupture and behavior of the composite (booster / matrix)
Portuguese Abstract: A sustentabilidade tem sido cada dia mais um tema em evidência no mundo, atualmente organizações têm buscado estar cada vez mais dentro desta filosofia em seus processos, seja produtos ou serviços. No presente trabalho foram fabricados eco-compósitos com a fibra animal (lã canina) que atualmente é descartada no ambiente sem nenhum aproveitamento. As fibras foram caracterizadas e em seguida confeccionadas mantas (não tecidas). As fases do projeto consistiram em desenvolver métodos para converter estas fibras (reforço) misturadas com resina de poliéster (matriz) em distintas proporções (10%, 20% e 30%) nos compósitos. Foram estudadas as características da fibra, propriedades mecânicas dos compósitos, absorção de água e microscopia eletrônica de varredura. Inicialmente as fibras foram tratadas com uma solução de 0,05 mols de hidróxido de sódio, em seguida levadas a um preparador de mantas no Laboratório de Engenharia Têxtil da UFRN. Os compósitos foram fabricados em molde por compressão, utilizando a resina de poliéster ortoftálico como matriz e 1% de peróxido MEK (peróxido de metil etil cetona) como iniciador (catalizador). Para avaliação dos ensaios mecânicos (tração e flexão) e absorção d agua, foram confeccionados corpos de prova com as dimensões 150x25x3 mm. De acordo com as normas, os ensaios de tração (ASTM 3039) e flexão em três pontos (ASTM D790) foram realizados no Laboratório de metais e ensaios mecânicos da UFRN. Analisando os resultados destes ensaios, observou-se que o compósito reforçado com 30% apresentou um melhor comportamento quando expostos a carregamentos de tração, enquanto que no teste de flexão observou-se que o compósito reforçado com 10% apresentou um melhor comportamento. No ensaio de absorção d agua foi possível observar um equilíbrio na absorção de umidade dos compósitos sendo seu maior percentual de absorção no compósito de 30%. Nas micrografias, se observa as regiões de ruptura do compósito e seu comportamento (fibra/matriz)
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/15690
Appears in Collections:PPGEM - Mestrado em Engenharia Mecânica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FranciscoCS_DISSERT.pdf2,09 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.