Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/15731
Title: Avaliação mecânica e microestrutural de compósitos de poliéster com adição de cargas minerais e resíduos industriais
Authors: Santos, Eylisson André dos
Keywords: Compósitos;Cargas;Resíduos industriais;Composites;Fillers;Industrial residues
Issue Date: 26-Jul-2007
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SANTOS, Eylisson André dos. Avaliação mecânica e microestrutural de compósitos de poliéster com adição de cargas minerais e resíduos industriais. 2007. 103 f. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Materiais; Projetos Mecânicos; Termociências) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2007.
Portuguese Abstract: Com o crescimento acelerado do consumo de produtos industrializados, principalmente de produtos descartáveis, o aumento excessivo de lixo e sua disposição em lugares inadequados tornaramse um dos grandes problemas da sociedade moderna. A utilização de resíduos sólidos industriais como carga em compósitos é uma idéia que surge com o intuito de buscar alternativas adequadas para o reaproveitamento desses resíduos, visando também o desenvolvimento de materiais com propriedades superiores àquelas dos materiais convencionais. Neste trabalho, estudouse a influência da adição de resíduos industriais de poliéster e EVA (Etileno Acetato de Vinila), além de cargas de areia e diatomita, nas propriedades mecânicas de compósitos de matriz poliéster. O principal objetivo foi avaliar o comportamento mecânico desses materiais com a adição de cargas de resíduo industrial, comparandoos com as propriedades da resina pura. Corposdeprova foram confeccionados e as propriedades mecânicas dos compósitos obtidos foram analisadas, através de testes de flexão e de impacto. Após os ensaios mecânicos, a superfície de fratura dos corposdeprova foi analisada por microscopia eletrônica de varredura (MEV). Os resultados dos ensaios de flexão mostraram que alguns compósitos apresentaram maior módulo, quando comparados com os resultados da resina pura; com destaque para os confeccionados com areia e diatomita, em que o aumento do módulo chegou a 168 %. Os compósitos confeccionados com adição de poliéster e de EVA apresentaram módulo mais baixo que o da resina pura. Tanto o limite de resistência quanto à deformação máxima, apresentaram redução nos seus valores, quando da adição de cargas. A resistência ao impacto, em relação à resina pura, foi reduzida em todos os compósitos com adição de cargas, exceto nos compósitos com a adição de EVA, onde houve um aumento de aproximadamente 6 %. Com base nos ensaios mecânicos realizados, nas análises microscópicas e na compatibilidade das cargas com a resina poliéster, a utilização das cargas de resíduos sólidos industriais em compósitos mostrouse viável, considerando que para cada tipo de carga haverá uma aplicação específica
Abstract: With the current growth in consumption of industrialized products and the resulting increase in garbage production, their adequate disposal has become one of the greatest challenges of modern society. The use of industrial solid residues as fillers in composite materials is an idea that emerges aiming at investigating alternatives for reusing these residues, and, at the same time, developing materials with superior properties. In this work, the influence of the addition of sand, diatomite, and industrial residues of polyester and EVA (ethylene vinyl acetate), on the mechanical properties of polymer matrix composites, was studied. The main objective was to evaluate the mechanical properties of the materials with the addition of recycled residue fillers, and compare to those of the pure polyester resin. Composite specimens were fabricated and tested for the evaluation of the flexural properties and Charpy impact resistance. After the mechanical tests, the fracture surface of the specimens was analyzed by scanning electron microscopy (SEM). The results indicate that some of the composites with fillers presented greater Young s modulus than the pure resin; in particular composites made with sand and diatomite, where the increase in modulus was about 168 %. The composites with polyester and EVA presented Young s modulus lower than the resin. Both strength and maximum strain were reduced when fillers were added. The impact resistance was reduced in all composites with fillers when compared to the pure resin, with the exception of the composites with EVA, where an increase of about 6 % was observed. Based on the mechanical tests, microscopy analyses and the compatibility of fillers with the polyester resin, the use of industrial solid residues in composites may be viable, considering that for each type of filler there will be a specific application
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/15731
Appears in Collections:PPGEM - Mestrado em Engenharia Mecânica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EylissonAS.pdf1,45 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.