Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/15806
Título: Caracterização morfológica e microestrutural da perovskita BaCexPr1-xO3 sintetizada a partir do método de complexação combinando EDTA/Citrato
Autor(es): Lobato, Maxwell Ferreira
Palavras-chave: Perovskita;Método de complexação;Bário;Cério;Praseodímio;PH;Perovskite;Complexation method;Barium;Cerium;Praseodymium;PH
Data do documento: 18-Mar-2011
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: LOBATO, Maxwell Ferreira. Caracterização morfológica e microestrutural da perovskita BaCexPr1-xO3 sintetizada a partir do método de complexação combinando EDTA/Citrato. 2011. 78 f. Dissertação (Mestrado em Pesquisa e Desenvolvimento de Tecnologias Regionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2011.
Resumo: In this study, binary perovskite (BaCexO3) were doped with praseodymium (Pr) to obtainment of the ternary material BaCexPr1-xO3. This material was synthesized by the complexation method combining EDTA/Citrate with the stoichiometric ratio of the element Praseodymium ranging from x = 0.1 to x = 0.9 in order to determine the influence of this rare earth element on the morphology and microstructure of the final powder. At first the material was synthesized based on the route proposed by literature (Santos, 2010), and then characterized by SEM and XRD, besides being refined by the Rietveld method. In the material that had lowest residual parameter, S, and lowest average size of crystal, pH variation of synthesis solution was made in order to identify the influence of this parameter on the morphology and microscopy of the final powder. The results show that addition of praseodymium did not directly influence the crystallographic and lattice parameters, keeping even the same orthorhombic structure of the binary material BaCexO3, according to Yamanaka et al (2003). Material type BaCe0,2Pr0,8O3 had lowest residual parameter (S=1.4) and lowest average size of crystallite (26.4 nm), being used as reference in the pH variation of synthesis solution for 9, 7, 5 and 3, respectively. Variation of this parameter showed that when the synthesis solution pH was decreased to below 11, there was an increase in the average size of crystals, for pH 9, about 58.3%, for pH 7 (30.3 %), for pH 2 (2.3%) and for pH 3 (42%), indicating that the value initially used and quoted by Santos (2010) was the most coherent
metadata.dc.description.resumo: No presente trabalho, perovskitas binárias do tipo (BaCexO3) foram dopadas com praseodímio (Pr) para obtenção de materiais ternários do tipo BaCexPr1-xO3. Esse material foi sintetizado pelo método de complexação combinando EDTA/Citrato, com a razão estequiométrica do elemento praseodímio variando de x=0,1 a x=0,9, com objetivo de determinar a influência deste terra rara na morfologia e microestrutura do pó final. Em principio o material foi sintetizado com base em rota proposta na literatura (Santos, 2010), sendo em seguida caracterizado via MEV e DRX, além de serem refinados pelo método Rietveld. No material que obteve menor parâmetro residual, S, e menor tamanho médio de cristal foi feita a variação do pH da solução de síntese a fim de identificar a influência deste parâmetro na morfologia e microscopia do pó final. Os resultados mostram que a adição do elemento praseodímio não influenciou diretamente os parâmetros cristalográficos e de rede, mantendo, inclusive, a mesma estrutura ortorrômbica do material binário do tipo BaCexO3, de acordo com Yamanaka et al (2003). O material do tipo BaCe0,2Pr0,8O3 obteve menor parâmetro residual (S=1,4) e menor tamanho médio de cristalito (26,4 nm), sendo usado como referência na variação do pH da solução de síntese para 9, 7, 5 e 3, respectivamente. A variação desse parâmetro mostrou que quando foi diminuído o pH da solução de síntese para valores abaixo de 11, houve um aumento no tamanho médio dos cristais, para o pH 9, em torno de 58,3 %, para o pH7 (30,3%), para o pH2 (2,3%) e para o pH3 (42%), indicando que o pH 11 utilizado inicialmente e citado por Santos (2010) foi o mais coerente
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/15806
Aparece nas coleções:PPGEQ - Mestrado em Engenharia Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MaxwellF_DISSERT.pdf4,89 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.