Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/15895
Título: Estudo da cristalização de parafinas em sistemas solventes/tensoativos/água
Autor(es): Gomes, Erika Adriana de Santana
Palavras-chave: Parafina;temperatura;cristalização;microemulsões;tensoativo;viscosidade;modelagem;termodinâmica;método;fotoelétrico;solventes;Paraffin;temperature, crystallization, microemulsions, surfactant, viscosity, modeling, thermodynamics, method, photoelectric;solvents
Data do documento: 30-Dez-2009
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: GOMES, Erika Adriana de Santana. Estudo da cristalização de parafinas em sistemas solventes/tensoativos/água. 2009. 372 f. Tese (Doutorado em Pesquisa e Desenvolvimento de Tecnologias Regionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2009.
Resumo: The WAT is the temperature at the beginning of the appearance of wax crystals. At this temperature the first wax crystals are formed by the cooling systems paraffin / solvents. Paraffins are composed of a mixture of saturated hydrocarbons of high molecular weight. The removal of petroleum from wells and the production lines means a surcharge on produced oil, thus solubilize these deposits formed due to modifications of thermodynamics has been a constant challenge for companies of oil exploration. This study combines the paraffin solubilization by microemulsion systems, the determination of WAT systems paraffin / solvent and performance of surfactant in reducing the crystallization. We used the methods: rheological and the photoelectric signal, validating the latter which was developed to optimize the data obtained due to sensitivity of the equipment used. Methods developed for description of wax precipitation are often in poor agreement with the experimental data, they tend to underestimate the amount of wax at temperatures below the turbidity point. The Won method and the Ideal solution method were applied to the WAT data obtained in solvent systems, best represented by the second interaction of Won method using the solvents naphtha, hexane and LCO. It was observed that the results obtained by WAT photoelectric signal when compared with the viscosity occur in advance, demonstrating the greatest sensitivity of the method developed. The ionic surfactant reduced the viscosity of the solvent systems as it acted modifying the crystalline structure and, consequently, the pour point. The curves show that the WAT experimental data is, in general, closer to the modeling performed by the method of Won than to the one performed by the ideal solution method, because this method underestimates the curve predicting the onset of paraffin hydrocarbons crystallization temperature. This occurs because the actual temperature measured was the crystallization temperature and the method proposes the fusion temperature measurement.
metadata.dc.description.resumo: A TIAC é a temperatura de início do aparecimento dos cristais de parafina. Nesta temperatura os primeiros cristais de parafina são formados, pelo resfriamento de sistemas parafina/solventes. As parafinas são compostas de uma mistura de hidrocarbonetos saturados de alto peso molecular. A remoção de parafinas dos poços e das linhas de produção significa um custo adicional ao petróleo produzido, portanto solubilizar estes depósitos formados decorrentes das modificações termodinâmicas tem sido um desafio constante das empresas exploradoras de petróleo. Este estudo alia a solubilização parafínica por sistemas microemulsionados, à determinação da TIAC dos sistemas parafina/solvente e a atuação do tensoativo na redução da cristalização. Utilizaram-se os métodos: reológico e o do sinal fotoelétrico, validando este último o qual foi desenvolvido visando aperfeiçoar os dados obtidos devido a sensibilidade do equipamento utilizado. Métodos desenvolvidos para descrição da precipitação da cera estão freqüentemente em pobre concordância com os dados experimentais; eles tendem a subestimar a quantidade de cera às temperaturas abaixo do ponto de turbidez. Foram aplicados os métodos de Won e o da solução ideal aos dados de TIAC da parafina obtidos em sistemas com solventes, sendo melhor representado pela segunda interação do método de Won com os solventes: nafta, hexano e LCO. Foi observado que os resultados de TIAC obtidos pelo sinal fotoelétrico quando comparados com a viscosidade, ocorrem antecipadamente, demonstrando a maior sensibilidade do método desenvolvido. O tensoativo iônico reduziu a viscosidade dos sistemas parafínicos, pois ele atuou modificando a estrutura cristalina, conseqüentemente o ponto de fluidez. As curvas que representam os dados experimentais da TIAC estão, de maneira geral, mais próximas da modelagem realizada pelo método de Won do que da solução ideal, pois este método subestima a curva de predição do início da temperatura de cristalização da parafina com os hidrocarbonetos. Isto ocorre porque a temperatura real medida foi a de cristalização, e a proposta pelos métodos é a de fusão
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/15895
Aparece nas coleções:PPGEQ - Doutorado em Engenharia Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ErikaASG_TESE.pdf4,86 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir    Solictar uma cópia
ErikaASG_TESE_PARCIAL.pdf3,5 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.